Onde investir em junho? Faça o download gratuito do relatório com as recomendações do Time Rico.

16/11/2023 18:52:43 • Atualizado em 29/11/2023 16:50:18
18 minuto(s) de leitura


Mercado futuro: o que é, como funciona e como operar?

O Mercado Futuro é uma boa opção para quem deseja se proteger de oscilações de preços, bem como especular com base na cotação do mercado.


Compartilhar:
 investidor tomando notas enquanto verifica as negociações de ativos do mercado futuro

O mercado futuro vem ganhando cada vez mais destaque no cenário financeiro global nos últimos anos, principalmente pelas oportunidades oferecidas aos investidores.

Esse ambiente surgiu da necessidade de mitigar os riscos financeiros, permitindo que os participantes se protejam das flutuações de preços e especulem com base em movimentos futuros dos ativos.

Investir no mercado futuro é muito simples, pois, assim como no mercado de ações, as operações oferecem ganhos e riscos, além de representar uma forma de diversificação de investimentos.

Neste conteúdo, abordaremos tudo o que você precisa saber sobre Mercado Futuro para tornar seus investimentos ainda mais seguros.

O que é e como funciona o mercado futuro?

O mercado futuro é um ambiente de compra e venda de diversos ativos com uma data de vencimento predeterminada.

Existe uma ampla variedade de ativos que podem ser negociados no mercado futuro, como: commodities (café, milho, açúcar, boi gordo), moedas estrangeiras, índices de ações, títulos e até mesmo criptomoedas.

Qualquer pessoa pode investir no mercado futuro, pois não é necessário ofertar ou comprar nenhum produto. Ao adquirir um contrato futuro, você compra apenas o direito sobre as oscilações do valor que incidem sobre ele.

No entanto, é recomendável conhecer sobre o mercado financeiro antes de realizar qualquer negociação.

Assim como em qualquer título de investimento, o preço de um ativo oscila segundo a relação entre oferta e demanda. A diferença é que em contratos futuros, você pode negociar ativos com valores maiores do que o investido, devido à forte alavancagem.

Nas negociações do mercado futuro, cada produto é especificado por um código de três letras, conforme mostra a tabela abaixo:

ProdutoCódigo
Boi GordoBGI
MilhoCCM
SojaSOY
Café arábicaICF
Índice S&P 500ISP
DólarDOL
Mini-dólarWDO
Índice BovespaIND
Mini-índice BovespaWIN
Juros DIDI1
Fonte: B3

Já a data de vencimento é identificada por uma letra que corresponde ao mês, como mostra na tabela a seguir:

CódigoMês
FJaneiro
GFevereiro
HMarço
JAbril
KMaio
MJunho
NJulho
QAgosto
USetembro
VOutubro
XNovembro
ZDezembro
Fonte: B3

Por fim, acrescenta-se o número do ano ao produto. Por exemplo, o código BGIJ23 corresponde a um contrato de boi gordo que vence em abril de 2023.

Quais as características do mercado futuro?

As principais características do mercado futuro são:

  • Padronização dos contratos: cada ativo negociado possui especificações em relação ao tamanho do contrato, ativo subjacente, data de vencimento, entre outras, tornando as negociações na Bolsa de Valores mais rápidas e acessíveis;
  • Alavancagem: permite que os investidores negociem um volume maior de ativos subjacentes do que o capital disponível em conta, ampliando tanto os potenciais lucros quanto os riscos;
  • Margem de garantia: para operar no mercado futuro, é necessário depositar uma margem inicial, permitindo que os investidores negociem um valor maior do saldo em conta, aumentando a alavancagem;
  • Hedge: o mercado futuro possibilita que os participantes se protejam contra riscos financeiros, mitigando os efeitos das flutuações de preços de modo a garantir um preço fixo para uma compra ou venda futura;
  • Liquidez: com muitos participantes negociando constantemente, há uma ampla quantidade de vendedores e compradores disponíveis, facilitando a entrada e saída de posições no mercado;
  • Diversificação: o contrato futuro pode ser uma ótima chance de diversificar investimentos e aproveitar novas oportunidades do mercado.

Essas características tornam o mercado futuro um ambiente atrativo para investidores, traders e hedgers, proporcionando uma maneira única de gerenciar riscos, especular sobre movimentos de preços e acessar uma ampla variedade de ativos financeiros.

Quais os tipos de mercado futuro?

sacos contendo grãos diversos negociados como commodities no mercado futuro

Existem vários tipos de mercado futuro, cada um focado em ativos com características específicas. Confira abaixo os principais tipos:

Commodities

Commodities são produtos ou matérias-prima amplamente negociados em mercados financeiros. Geralmente são extraídos, cultivados ou produzidos em larga escala e possuem características uniformes, permitindo que sejam facilmente negociados.

Algumas das commodities negociadas no mercado futuro são:

  • Boi Gordo (BGI): possui o lote mínimo de 1 contrato de 330 arrobas (4.950 kg) de carne bovina, com data de vencimento todo último dia útil do mês;
  • Café Arábica (ICF): um contrato equivale a 100 sacas de 60 kg (6 toneladas),  negociado até o sexto dia útil anterior ao último dia útil do mês do vencimento. Essa commodity possui 2 variáveis: cotação da saca e cotação do dólar.
  • Milho (CCM): o contrato equivale a 450 sacas de 60 kg (27 toneladas), com o vencimento no 15º dia útil.
  • Soja (SOY): o contrato equivale a 34 toneladas métricas, com data de vencimento no 16º dia do mês anterior ao de referência.

Moedas

É possível negociar o dólar na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). Nesse caso, os contratos vencem sempre no primeiro dia útil do mês de vencimento. No seu home broker, você visualizará quanto US$1.000 está custando em reais.

Existem duas opções para negociação do dólar: o dólar cheio (DOL) e o mini dólar (WDO). O dólar cheio apresenta o lote mínimo de 5 contratos e cada um vale US$ 50.000.

Já o mini-dólar é uma opção para pequenos investidores, pois demanda de um capital inicial menor. O lote mínimo é de 1 contrato com valor de US$ 10.000, ou seja, 20% do dólar cheio.

Índice

O índice representa os pontos de alta ou baixa de mercados como o Ibovespa. Assim como o mercado futuro de dólar, o índice opera em: índice cheio (IND) e mini-índice (WIN).

O índice cheio possui lote mínimo de 5 contratos, no qual cada um equivale a R$1 multiplicado pelos pontos do Ibovespa. Seu vencimento ocorre nos meses pares na quarta-feira mais próxima do dia 15.

No min-índice, cada lote mínimo possui 1 contrato, no qual cada um equivale a R$0,20 multiplicado pelos pontos do Ibovespa. O mini-índice corresponde a 20% do índice cheio.

S&P 500

O S&P 500 é o índice mais importante do mundo, composto pelas 500 maiores empresas negociadas publicamente nos mercados de ações dos Estados Unidos.

Não é possível investir diretamente no S&P 500, uma vez que não se trata de um produto financeiro, mas de uma carteira teórica de ações.

No entanto, você pode investir em ações que compõem o índice ou replicar o retorno do mesmo através de Exchange Traded Fund (ETF) ou Certificado de Operações Estruturadas (COEs).

Como investir no mercado futuro?

Para investir no mercado futuro, é necessário ter uma conta em uma  instituição financeira de confiança, como a Rico.

Abra a sua conta na Rico e comece a investir de um jeito simples, rápido e descomplicado.

Após o cadastro, basta transferir o valor desejado do seu banco para a conta da corretora através de TED para adquirir os contratos. Lembre-se de que é preciso dispor uma margem de garantia, seja em dinheiro ou ativos, como CDB, ações ou títulos públicos.

Essa margem gira em torno de 3 a 16%, dependendo do contrato futuro. Ela serve como garantia de pagamento caso as oscilações do mercado sejam negativas.

A partir de agora, acesse o seu home broker e escolha em quais contratos você investirá. Lembre-se de que a escolha do contrato futuro se dará conforme os seus objetivos.

O momento certo para compra será encontrado pela análise técnica e gráfica. Observe atentamente os gráficos buscando sinais de tendência de alta ou queda.

Considere também os seguintes pontos:

  • Margem de garantia;
  • Capital alavancado;
  • Liquidez dos ativos;
  • Rentabilidade;
  • Riscos oferecidos.

Já escolheu? Então basta inserir a quantidade de papéis desejada e enviar a ordem. Agora é só acompanhar o desempenho dos ativos. Simples, não é?

Quais são os riscos do mercado futuro?

dois investidores analisando os riscos de investir em mercado futuro.

O mercado futuro também possui riscos, logo, antes de começar, é importante conhecer cada um e confrontar com a sua tolerância, segundo o seu perfil de investidor. Confira os principais riscos do mercado futuro:

  • Risco de alteração de margem de garantia: a qualquer momento, a BM&F Bovespa pode alterar as margens acertadas no contrato sem aviso prévio. Então você terá que diminuir as suas posições ou até mesmo deixar os papéis;
  • Risco de oscilação: a negociação dos ativos ocorre diariamente, logo, a margem de garantia também é alterada em valor e a possibilidade de prejuízos e ganhos oscila no tempo;
  • Alto poder de alavancagem: ao passo que a alavancagem amplia os potenciais lucros, ela também pode ampliar os riscos. Nunca arrisque nada que você não possa perder, então, aprenda a operar com uma alavancagem controlada.

Qual a diferença entre mercado futuro e mercado de ações?

A principal diferença é que no mercado futuro, a análise fundamentalista não possui valor algum.

Enquanto o mercado de ações trata da compra e venda de participações acionárias em empresas, o mercado futuro lida com a negociação de produtos a um preço acordado em uma data futura.

Os contratos também não rendem dividendos. No entanto, como os gráficos e o conceito de oferta e procura são muito parecidos, a análise técnica pode ser utilizada no mercado de futuros.

O custo por operação também é muito parecido em ambos para os investidores iniciantes. Além disso, no mercado futuro, a quantidade de produtos é menor comparado ao mercado de ações. No entanto, é mais fácil operar contratos alavancados.

Ambos são importantes componentes do mercado financeiro, pois oferecem oportunidades para diferentes tipos de investidores. Antes de qualquer decisão, é fundamental compreender as particularidades de cada um para a melhor escolha.

O mercado futuro é uma ótima opção para investidores que buscam diversificação, liquidez, flexibilidade e oportunidade de lucro potencial. Além disso, sua padronização, transparente e regulado, aumenta a segurança e a confiabilidade das negociações.

Clique e abra sua conta na Rico