Realize suas metas em 2024! Acesse o ebook "Da meta ao investimento" e conheça os melhores investimentos para realizar seus objetivos.

19/07/2023 13:47:35 • Atualizado em 22/03/2024 08:18:05
17 minuto(s) de leitura


Tesouro Direto Selic: invista de forma segura e rentável

Saiba como o Tesouro Direto Selic funciona e por que você deve aplicar nessa opção. Simule rendimentos e comece a investir hoje mesmo neste investimento seguro.


Compartilhar:
A imagem mostra uma foto de uma pessoa com feliz porque está investindo no tesouro direto.

O Tesouro Direto Selic é um dos investimentos mais recomendados para novos investidores devido à sua flexibilidade,que permite que você resgate o dinheiro quando quiser sem perda de lucro.

Essa forma de investimento é uma opção atrativa pois está diretamente relacionado à Selic, taxa básica de juros da economia brasileira.

Além disso, o Tesouro Selic é considerado uma das melhores opções para quem deseja sair da poupança ou criar uma reserva de emergência.

Neste artigo, iremos esclarecer o que é o Tesouro Direto Selic, como funciona e por que esse tipo de investimento é um dos mais seguros e rentáveis do mercado.

O que é Tesouro Direto Selic?

O Tesouro Selic é um título público emitido pelo Tesouro Nacional atrelado à Taxa Selic, taxa básica de juros da economia brasileira, que atualmente vale 10,75% ao ano (março de 2024).

É um tipo de investimento de renda fixa no qual o investidor empresta dinheiro para o Governo Federal e, em troca, recebe juros sobre o valor investido.

Características do Tesouro Selic

As características que tornam o Tesouro Selic um investimento seguro e rentável são:

  • Liquidez diária, no qual o investidor pode resgatar o valor investido a qualquer momento, atualizado com os juros proporcionais;
  • Baixo risco, uma vez que é emitido pelo Governo Federal;
  • Ideal para a construção de uma reserva de emergência.

Dicionário de Investidores

A Rico tem a missão de descomplicar o mundo dos investimentos para você! Então, aprenda os principais termos e conceitos do mercado financeiro com este dicionário de investidores que fizemos exclusivamente para você.

Preencha seus dados e faça o download!

Enviando...

Ao prosseguir, você autoriza que a Rico colete seus dados pessoais de acordo com nossa Política de Privacidade. 

envio com sucesso

Agradecemos o download!

Aproveite as informações do material e descomplique seus investimentos com a Rico.

Download

Como funciona o investimento em Tesouro Direto Selic

O investimento em Tesouro Selic funciona de forma simples: você empresta dinheiro ao Governo e recebe de volta o rendimento com juros compostos.

A rentabilidade desse título é pós-fixada, ou seja, muda de acordo com a variação da taxa Selic ao longo do período de investimento.

Como ele é emitido pela instituição mais segura do país, o Governo Federal, e ainda possui uma ótima liquidez, o seu rendimento sempre será próximo de 100% do CDI.

Qualquer investidor sabe que quanto mais arriscada é a aplicação, maior é a possibilidade de retorno.

No caso do Tesouro Selic, mesmo com um risco de perda praticamente nulo, independente do tempo de aplicação e data de resgate, os títulos podem gerar um ganho 7 vezes maior que a poupança, como aconteceu em abril de 2018.

Em outros investimentos, é necessário esperar até a data de vencimento para ter uma boa rentabilidade de acordo com o tempo de aplicação, já no Tesouro Selic você pode sacar sempre que quiser, sem perdas.

Quais são os tipos de título do Tesouro Direto?

Os tipos de títulos públicos de Tesouro Direto disponibilizados para serem negociados são: Tesouro prefixado, Tesouro Selic e Tesouro IPCA.

Tesouro Prefixado

O Tesouro Prefixado é um investimento de renda fixa, no qual sua rentabilidade é definida no momento da compra e não está diretamente vinculada à taxa Selic.

Assim, ao investir neste título, você fica sabendo qual será a taxa de rendimento durante todo o período de investimento e o quanto precisa investir para resgatar a quantia desejada no futuro.

Esse tipo de título é indicado para o médio e longo prazo, quando há a expectativa de queda da taxa de juros básica e da inflação.

No entanto, vale ressaltar que caso o investidor decida resgatar o título antes do vencimento, ele poderá sofrer variações de preço e, consequentemente, obter uma rentabilidade diferente da inicial.

Tesouro Selic

Já o Tesouro Direto Selic, como já mencionado, é indicado para quem deseja ter a liberdade de resgatar o seu investimento a qualquer momento.

Como se trata de um título de alta liquidez, você não perde dinheiro quando precisa fazer um resgate antecipado.

A combinação da rentabilidade diária com a praticidade e liquidez do Tesouro Direto confere a este título como uma das formas mais seguras e rentáveis do mercado.

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA é um tipo de título pós-fixado, no qual sua rentabilidade está vinculada à variação do IPCA, índice oficial de inflação do país. Além disso, é adicionado ao rendimento uma taxa de juros prefixada no momento da compra.

Dessa forma, o Tesouro IPCA oferece proteção contra a inflação e oferece uma rentabilidade real, ou seja, acima da variação dos preços.

O Tesouro IPCA é dividido em dois tipos: IPCA+ e IPCA+juros semestrais.

O IPCA+ paga a rentabilidade total na data de vencimento e o IPCA+juros semestrais paga o rendimento em parcelas semestrais, sem precisar esperar a data final de vencimento do título.

Esse título público é ideal para quem tem objetivos de longo prazo e para quem busca proteger o seu dinheiro da inflação ao longo do tempo.

Banner Campanha EuIndicoRico: Indique Rico aos seus amigos e tenha acesso ao CDB 400% e/ou CDB 150% do CDI! Clique para indicar agora!

Quais taxas e custos são cobrados do Tesouro Direto Selic?

Os títulos públicos não são isentos de taxas e tributos, o que inclui o Tesouro Selic.

Porém,os custos são baixos quando considerada a rentabilidade desse título.

Confira os possíveis custos relacionados ao seu investimento no momento da compra:

IOF

O IOF (Impostos sobre Operações Financeiras) incide sobre o investimento apenas no primeiro mês de aplicação.

Mesmo que o Tesouro Selic tenha liquidez diária, evite o saque nos primeiros 30 dias. Caso você resgate a sua aplicação dentro desse período, a alíquota cobrada será regressiva, ou seja, diminui conforme os dias em que o dinheiro permaneceu aplicado.

Veja a relação exata de acordo com o número de dias na tabela a seguir:

Nº DiasAlíquotaNº DiasAlíquotaNº DiasAlíquota
196%1163%2130%
293%1260%2226%
390%1356%2323%
486%1453%2420%
583%1550%2516%
680%1646%2613%
776%1743%2710%
873%1840%286%
970%1936%29 3%
1066%2033%300%
Fonte: Receita Federal.

Imposto de Renda

Já o Imposto de Renda, funciona da mesma forma do que em diversos outros ativos da renda fixa  e incide de forma regressiva sobre os rendimentos da seguinte forma:

  • 22,5% até 180 dias de aplicação;
  • 20% até 360 dias de aplicação;
  • 17,5% até 720 dias de aplicação;
  • 15% acima de 720 dias de aplicação.

Além disso, você só é obrigado a realizar a declaração de ajuste anual (IRPF) se estiver enquadrado em um dos seguintes casos:

  • Tenha rendimento de investimentos superior a R$40.000 no ano de referência;
  • Possui valor total superior a R$300.000 em bens ou direitos, incluindo aplicações.

Vale a pena investir no Tesouro Direto Selic?

Investir no Tesouro Direto Selic sempre vale a pena, pois é indexado pela taxa básica de juros. Além disso, é proveniente do emissor mais seguro do mercado: o Governo Federal.

O Tesouro Direto Selic é uma ótima opção para montar uma reserva de emergência devido à sua liquidez diária, baixa volatilidade e segurança. Além disso, seu rendimento nunca será negativo e pode ser resgatado com agilidade em casos de emergência.

Você precisa considerar a inflação, pois de nada adianta ter uma taxa Selic alta elevando o rendimento dos produtos de renda fixa, se a inflação está acompanhando essa taxa.

No entanto, existem muitos ativos que por contarem com menor liquidez e/ou segurança, podem pagar uma taxa de juros superior ao Tesouro Selic. Este é o caso do CDB, LC, LCI e LCA, Debêntures, CRI e CRA, COE, fundos de investimentos e outros ativos.

Essa carteira deve ser construída com aplicações de qualidade e preferencialmente utilizando-se da diversificação de investimentos para garantir uma boa rentabilidade enquanto os riscos são mantidos sob controle.

Como investir no Tesouro Direto Selic?

Investir em Tesouro com a Rico é muito simples e prático de aprender. Você pode até fazer esse passo a passo pelo seu celular:

  1. Abra a sua conta: basta inserir os seus dados pessoais, criar um login e senha;
  2. Transfira o valor a ser investido da sua conta bancária para a conta da Rico através de TED de mesma titularidade.
  3. Selecione o valor, a recorrência ou não, e inserir sua assinatura eletrônica para comprar o seu título público e pronto!

Prontinho! Você está garantindo o seu futuro, além de estar cada dia mais perto de alcançar os seus objetivos financeiros.

Clique e abra sua conta na Rico