Realize suas metas em 2024! Acesse o ebook "Da meta ao investimento" e conheça os melhores investimentos para realizar seus objetivos.

19/07/2023 12:15:13 • Atualizado em 18/01/2024 19:33:08
24 minuto(s) de leitura


Tesouro Direto Prefixado: 5 motivos para investir!

Por que o Tesouro Direto Prefixado é um dos títulos públicos mais procurados pelos investidores que desejam ter rentabilidade e segurança? Conheça a sua rentabilidade e como investir neste título público. Descubra qual aplicação é melhor para seus objetivos!


Compartilhar:
A imagem mostra uma foto de uma pessoa com feliz porque está investindo no tesouro direto.

O Tesouro Direto Prefixado é um dos títulos públicos mais procurados pelas pessoas que acabaram de sair da poupança e por investidores iniciantes no mercado financeiro.

Este investimento possui rentabilidade fixa, isto é, você sabe exatamente quanto o Tesouro Direto rende até a data do resgate.

Quer começar a investir, mas não sabe por onde começar? Neste artigo, vamos mostrar como você pode se tornar um investidor agora mesmo

É considerado o mais conservador dos títulos, pois além da taxa de rendimento fixa, é emitido pela instituição mais segura do país, o Tesouro Nacional. 

Então, mesmo sem a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), esse é um investimento com risco de crédito praticamente nulo.

O Tesouro Direto Prefixado é um excelente investimento para diversificar a sua carteira.

Continue a leitura e comece a investir no Tesouro Direto  Prefixado do seu jeito com a Rico!

Boa leitura!

O que é Tesouro Direto Prefixado?

O Tesouro Direto Prefixado é um título público emitido pelo Tesouro Nacional que se divide em: LTN e NTN-F. Ambos são semelhantes, a diferença está no repasse dos rendimentos e cobranças das taxas.

Para o governo, os títulos são empréstimos para financiar áreas como educação e saúde. Para captar e manter os investidores, ele oferece juros, que são os rendimentos.

O prefixado possui uma taxa fixa de rentabilidade, que é decidida no momento da compra. Então, você pode saber a quantia exata que precisa investir hoje para conseguir o valor desejado.

É considerado um investimento bastante conservador é indicado para médio e longo prazo.

Falando sobre cada título, começando pela LTN, as Letras do Tesouro Nacional. Também conhecida como Tesouro Prefixado, é o papel mais simples da categoria. A taxa de rendimento e a cobrança das taxas é anual.

Assim, você receberá todos os anos a mesma quantidade até o final do prazo. Independente do que acontecer, o seu dinheiro estará protegido de volatilidade.

A NTN-F ou Tesouro Prefixado com Juros Semestrais funciona da mesma maneira, a diferença é que o prazo de liquidez é a cada seis meses.

Então, semestralmente, os lucros serão adicionados no seu título, e também há a cobrança das taxas, como o IR e a taxa de custódia sobre este rendimento.

Com a Rico você investe de um jeito simples, rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.

Tipos de títulos do Tesouro Direto

Tesouro Selic ou Prefixado? Você deve escolher o título mais adequado para os seus objetivos!

[E-book] Começar a investir é simples

Quer investir, mas não sabe como começar? Acesse o nosso material completo que vai te ajudar a dar os primeiros passos no mundo dos investimentos!

Preencha seus dados e baixe nosso material!

Enviando...

Ao prosseguir, você autoriza que a Rico colete seus dados pessoais de acordo com nossa Política de Privacidade. 

envio com sucesso

Agradecemos o download!

Aproveite as informações do material e veja como começar a investir é simples.

Download

Além do Tesouro Direto Prefixado, há outras categorias oferecidas pelo Tesouro Nacional. Abaixo, vamos apresentar de forma resumida sobre estes outros títulos. Confira:

Tesouro IPCA+

Este título tem como indexador o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) ou inflação. É um dos títulos mais populares do Tesouro Nacional.

Ele possui as categorias: IPCA+ (NTN-B principal) e IPCA + Juros Semestrais (NTN-B). Na primeira, a rentabilidade é anual. E na segunda, ocorre de forma semestral.

O rendimento é da seguinte forma: além do IPCA do período, é acordada uma taxa fixa, caracterizando-o como um título híbrido.

De maneira simplificada, se o IPCA sobe, você ganha mais. E quando ele cai, o seu título renderá menos. Então, os rendimentos sofrem oscilações até a data do vencimento.

Tesouro Direto Prefixado ou IPCA?

Qual é melhor? Antes de definir a sua escolha, é essencial saber as diferenças entre os títulos. Assim, você saberá qual é o melhor para o seu planejamento financeiro.

O Tesouro Direto Prefixado possui maior simplicidade. Para fazer a aplicação, você escolhe a taxa de rentabilidade, que se mantém até a data do vencimento.

Ideal para médio e longo prazo, principalmente quando há tendência de queda da Selic e IPCA. Os ganhos podem superar o CDI.

Ao investir com um objetivo específico, como se aposentar em 10 anos, o Tesouro Prefixado pode ser mais vantajoso, já que você sabe o quanto tem que investir hoje para ter este valor no prazo desejado.

Se você quer assumir riscos e obter ganho real acima da inflação, o Tesouro IPCA pode ser uma boa escolha. A taxa fixa é uma forma de proteger o seu dinheiro e de obter rendimentos acima deste indexador.

Tesouro Selic

É o título que possui maior número de investidores e é o mais indicado como essencial à carteira. É uma renda fixa pós-fixada.

O Tesouro Selic, possui a rentabilidade da taxa de juros básica. Ou seja, o seu dinheiro rende exatamente o valor desta taxa.

Também é bastante conhecido pela liquidez diária, isto é, todos os dias, você receberá os lucros deste investimento. Ideal para aposentadoria e reservas de emergência.

Como a Taxa Selic pode sofrer ajustes a cada reunião do Copom, a rentabilidade oscila ao longo do tempo. Assim, se essa taxa de juros cai, o seu rendimento diminui. Há apenas uma estimativa do valor final.

5  motivos para investir no Tesouro Direto Prefixado

A imagem mostra algumas moedas empilhadas e ícones em referência aos investimentos em tesouro direto.

Como você viu nos tópicos anteriores, há três categorias de títulos do Tesouro Nacional. Cada uma com um perfil e finalidade diferente.

Tesouro Direto Prefixado ou Selic?

Para saber qual é o melhor para você, tudo depende de qual o seu objetivo ao investir. Ambos são excelentes para médio e longo prazos e possuem baixo risco.

Com o Tesouro Selic, você pode obter mais lucros se houver tendência de alta do seu indexador. Caso contrário, o Tesouro Direto Prefixado pode ser mais vantajoso.

Se você tem um valor final como meta, o título prefixado pode ser mais útil, uma vez que as oscilações do mercado não influenciam nos seus ganhos.

Caso você esteja investindo para viver de renda ou no curto prazo, o Tesouro Selic é uma excelente opção, pois possui liquidez diária e maior flexibilidade. Ao vender antes do prazo de vencimento, as perdas são menores.

O Tesouro Direto Prefixado tem maior potencial de valorização do preço do título, considerando o momento atual da nossa economia. Além disso, tem maior rentabilidade do que o Tesouro Selic.

5 motivos para investir no Tesouro Prefixado:

Agora, vamos mostrar por que você deve investir nos títulos prefixados.

1. Rentabilidade

Com o Tesouro Direto Prefixado, você não tem surpresas com os rendimentos. Ao escolher a taxa de rentabilidade, durante todo o investimento, não haverá qualquer alteração.

Para investidores iniciantes, é uma excelente opção. Você não necessita entender toda a dinâmica do mercado financeiro. Lembrando que, esta aplicação rende cerca de 10% a mais que a poupança.

Caso você esteja investindo para comprar um imóvel ou conseguir o primeiro milhão, este prefixado é um bom investimento. Você pode estimar o tempo exato para obter o valor desejado.

Também é indicado, se você tem perfil conservador, mas não abre mão de lucratividade. Além de possuir baixo risco, você pode encontrar taxas de rentabilidade acima do CDI.

Com a Rico você investe de um jeito simples, rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.

2. Segurança

Ao contar com a rentabilidade fixa, você protege o seu investimento de volatilidade. Não importa se a Selic ou o IPCA cair. Os seus rendimentos serão os mesmos.

Por ser título público, o risco de quebra do estado é o nível mais baixo do mercado.

3. Prazo

Para obter ganhos consolidados maiores em relação aos demais títulos, o Tesouro Direto prefixado é indicado para médio e longo prazo.

Se você está planejando uma reserva para aposentadoria, os estudos dos seus filhos ou o seu casamento, este título pode ser uma ótima alternativa.

Ao investir em prazo maior, você se protege das flutuações do mercado e o seu título tende a se valorizar.

4. Diversificação

Mesmo sendo um investimento conservador, você pode adquirir o Tesouro Direto Prefixado com uma forma aumentar a rentabilidade da sua carteira com baixo risco.

O último relatório do Tesouro Nacional mostra que o Tesouro Prefixado já rendeu mais de 24% nos últimos doze meses. Excelente oportunidade, não é?

Em tempos de queda da taxa Selic e IPCA, você pode se beneficiar com este título fazendo a marcação a mercado.

E vender antes do prazo de vencimento, obtendo lucros por conta da valorização do título em relação a estes índices econômicos.

5. Acessibilidade

Este título prefixado é acessível a todos os públicos, seja você um pequeno ou grande investidor. A partir de R$ 33,00, você pode adquirir o Tesouro Direto Prefixado. São vários motivos irrecusáveis para você começar a investir, concorda?

Rendimento do Título do Tesouro Direto:

Tesouro Prefixado (LTN)

Escolhendo o título prefixado com vencimento em 2026 com taxa de 9,69% ao ano. Aplicando R$ 1.000 em um ano, basta multiplicar 1.000*0,0969 = R$ 96,90 de rendimento bruto.

Descontando as taxas, como o IR (20%) e a taxa de custódia (0,25%), o valor líquido será de R$ 1.074,40.

Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F)

Você adquiriu uma NTN-F que paga 10,64% ao ano. Investindo R$ 1.000, é possível calcular o valor dos cupons semestrais: Cupom = (1 + 0,1064)^0,5 – 1.

O resultado traz rentabilidades bem parecidas. A vantagem da NTN-F são os cupons de liquidez pagos a cada seis meses.

Ao compará-los, note que ambos são excelentes opções de renda fixa. Porém, ao vender antes do vencimento, você terá que vender a preço de mercado, podendo ter perdas ou lucros.

Taxas e custos

IOF

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) incide sobre a sua aplicação durante os primeiros trinta dias de investimento. Ao solicitar o resgate nesse período, haverá a cobrança desta taxa.

Taxa de custódia

A BM&FBovespa faz a cobrança de 0,15% a cada semestre sobre os rendimentos. Esta taxa é cobrada para financiar a guarda dos títulos e dos seus dados como investidor. Totalizando 0,25% ao ano.

Imposto de Renda

O IR é cobrado de maneira regressiva, ou seja, quanto mais tempo de investimento, menor a alíquota. Confira na tabela abaixo:

Taxa de administração

A taxa de administração é cobrada, de forma anual, pela instituição de onde você comprou o título. Assim, o percentual varia conforme a administradora.

Lembrando que há instituições que não cobram esta taxa sobre os seus rendimentos, como aqui na Rico. Mais dinheiro no seu bolso, não é?

Cuidados ao investir no Tesouro Prefixado:

Antes de investir no Tesouro Direto Prefixado, você deve tomar alguns cuidados essenciais. Confira a listagem abaixo:

  • Rendimento: observe a taxa de rentabilidade do título. Será o quanto você receberá por ano na aplicação.
  • Tributos: saiba todos os tributos que são cobrados sobre o seu investimento, como o IR e taxa de custódia.
  • Data de vencimento: conheça o prazo de vencimento do título, de acordo com seu planejamento financeiro. Recomenda-se que você mantenha este título até o final do prazo, para evitar perdas.
  • Instituição: escolha uma corretora habilitada para intermediar o título e que proporcione segurança, como a Rico.
  • Valor do aporte: calcule o quanto precisará investir, você pode fazer isso através dos nossos simuladores. A compra mínima é de 1% do título.
  • Operação: confirme pela CETIP se o título prefixado está, de fato, registrado em seu nome e na quantidade correta.
  • Benchmark: para um investimento ser rentável, ele deve render, pelo menos, o CDI.

Invista no Tesouro Direto com a Rico:

Siga o passo a passo para abrir sua conta e começar a investir no Tesouro Direto Prefixado do seu jeito com a Rico:

01. Como abrir uma conta na Rico?

A imagem mostra algumas moedas caindo, em referencia aos investimentos em Tesouro Direto.

O primeiro passo para começar a investir no Tesouro Direto consiste na abertura de uma conta em uma instituição financeira.

Recomendamos a Rico, pois aqui você investe com taxa de corretagem ZERO, de modo prático e do seu jeito.

A seguir, você confere o que é preciso para abrir sua conta na Rico e começar a investir:

1. Entre no site da Rico

Para criar sua conta, você precisa acessar o site da Rico e clicar em “Criar minha conta”. Depois disso, comece a preencher o formulário.

Você pode encurtar o caminho clicando aqui e caindo direto no formulário.

2. Preencha o formulário

Você deve preencher seus dados nas telas seguintes. Todas as informações solicitadas são importantes para criar sua conta com segurança.

Após isso, os seus dados vão para análise.

Quando sua conta for liberada, é só aproveitar e começar a investir para alcançar suas metas!

3. Transfira o seu dinheiro

Para fazer a transferência do dinheiro a ser aplicado, você só precisa fazer uma transferência entre contas do mesmo titular, no formato TED.

Com a Rico você investe de um jeito simples, rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.

 

2. Acesse a área do Tesouro Direto na Rico

Depois de criar a sua conta, você só precisa logar na sua conta Rico e acessar a opção Tesouro Direto no menu lateral direito.

Escolha o melhor título para você

Tome essa decisão com calma e atenção. Uma boa dica para você não errar ao investir é sempre ter um objetivo. Assim, você terá mais clareza quanto ao prazo de investimento que está procurando, assim como rentabilidade, risco e etc.

Não se esqueça de sempre escolher investimentos que estejam alinhados com o seu perfil de investidor e focar na diversificação.

3. Escolha a melhor opção de Tesouro Direto que mais combina com você

Simule o investimento

Você ainda pode simular o investimento. Basta clicar e arrastar o ativo até a aba ‘Simular Investimento’. Nesta aba, você pode escolher o valor da aplicação a ser simulada.

Clique em comprar

Se tiver qualquer dúvida, você pode entrar em contato com a equipe da Rico.

Mas se estiver decidido, clique no botão azul ao lado do investimento listado. Após esse passo, uma janela será aberta com mais detalhes do investimento.

Nesta janela, você definirá o valor a ser investido. Ele deve estar disponível em sua conta na corretora. Depois, basta inserir a sua assinatura eletrônica e clicar em ‘Comprar’.

Pronto! Agora você é um investidor do Tesouro Direto!

Para continuar investindo de maneira descomplicada e saber tudo o que acontece no mercado e quais movimentações impactam seus investimentos, acompanhe nosso portal de conteúdos Riconnect e nosso canal no Youtube!

Clique e abra sua conta na Rico