Onde investir em 2024? Saiba como começar a investir ainda esse ano.

22/08/2023 12:58:10 • Atualizado em 24/06/2024 14:14:17
19 minuto(s) de leitura


Como juntar dinheiro para intercâmbio? Comece a se planejar já!

Saber como juntar dinheiro para intercâmbio faz toda a diferença na realização desse sonho. Para isso, é necessário criar um bom planejamento financeiro. Investir nas melhores aplicações é o caminho mais fácil e rápido para alcançar esse objetivo. Siga essas dicas e tenha a melhor experiência!


Compartilhar:
Consórcio - Jovem moça com expressão de dúvida sobre como juntar dinheiro para intercâmbio faz anotações em seu caderno. Há uma mala de rodinhas ao seu lado.

Fazer um intercâmbio é o sonho de muita gente. Conhecer um novo país, aprender coisas diferentes e entrar em contato com uma outra cultura é uma experiência muito enriquecedora. Mas como juntar dinheiro para intercâmbio?

Como esse objetivo exige um bom aporte financeiro, você precisa fazer um planejamento financeiro com antecedência.

Neste ponto, os investimentos são grandes aliados para você fazer o tão sonhado intercâmbio dentro do prazo estimado.

Porém, é importante saber quais são os mais indicados em todas as fases do seu planejamento.

Tenha em mente que se você fizer as escolhas certas e tiver disciplina, será possível desfrutar desta experiência e até acumular além do esperado.

Preparamos um artigo completo para você aprender como juntar dinheiro para intercâmbio de forma segura e rentável e começar o seu planejamento agora.

O que é preciso para se fazer um intercâmbio?

Fazer um intercâmbio é o sonho de muitas pessoas. Essa experiência traz diversos benefícios, como independência, conhecer pessoas novas e aprender um idioma diferente.

O lado profissional também é privilegiado, por exemplo, obter novos contatos ou trabalhar em uma companhia do país escolhido.

Porém, antes de fazer um intercâmbio, é fundamental se planejar financeiramente. Afinal, ele exige recursos financeiros que variam conforme o programa desejado.

Tenha em mente que se planejar com antecedência, isto é, acima de seis meses, faz toda a diferença para conseguir as melhores opções e tornar essa experiência bastante enriquecedora.

Com a Rico você faz tudo em um lugar só! É rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.

Quanto é preciso para fazer um intercâmbio?

Hoje, há uma infinidade de destinos, tempos de permanência e roteiros. Tudo depende dos seus objetivos quanto a essa experiência. E, claro, a depender desses objetivos, o valor para fazer um intercâmbio pode mudar.

Se você quer usufruir desta experiência com qualidade e sem preocupações, o planejamento financeiro deve ser feito com antecedência. Afinal, de forma geral um intercâmbio pode custar entre R$ 20.000 e R$ 45.000, segundo informações de agências especializadas nesses programas.

Caso contrário, você poderá ter que adiar este sonho ou passar por apertos fora do país. Como sabemos que isso não é nada agradável, ao longo deste artigo, vamos mostrar como você deve fazer isso.

É possível fazer intercâmbio de graça?

Se seu objetivo é fazer intercâmbio para estudar fora, saiba que há diversos países com programas que oferecem bolsas de estudo. Embora uma vaga para garantir uma dessas bolsas seja bastante concorrida, vale a tentativa, já que todos os custos são cobertos. Alguns programas, inclusive, arcam até com despesas como moradia, alimentação e passagens.

Para participar, vale pesquisar bastante sobre as instituições que oferecem intercâmbio de graça, manter seu currículo acadêmico atualizado e se atentar aos prazos de inscrição para as bolsas.

[Ebook] Como ficar rico

É possível ficar rico do zero? Posso ficar rico sem trabalhar? Como ficar rico no Brasil? Respondemos essas e outras perguntas nesse guia completo que vai revelar os passos essenciais para você multiplicar sua renda.

Preencha seus dados e faça o download!

Enviando...

Ao prosseguir, seus dados podem ser usados pelo Grupo XP Inc. para promover suas atividades, incluindo o envio de ofertas de produtos/serviços. Você pode se opor a tal recebimento a qualquer momento, por meio do próprio canal de recebimento. Acesse a Política de Privacidade para mais detalhe.

envio com sucesso

Agradecemos o download!

Aproveite as informações do material e descomplique a sua vida financeira com a Rico.

 

Baixar Ebook

Como juntar dinheiro para intercâmbio?

Juntar dinheiro para o intercâmbio deve ser visto como um planejamento, assim como qualquer outro objetivo de vida que você queira realizar, ou seja, você deve montar a estratégia e segui-la à risca.

O primeiro passo é ir em busca do programa desejado. Para isso, você pode procurar uma agência de viagens confiável ou pesquisar na internet.

Esta escolha depende dos seus objetivos diante da experiência, como país, se você vai estudar um idioma ou uma área em específico, a hospedagem e os roteiros.

Assim, você terá o custo total do intercâmbio, isto é, o valor que você terá que juntar para desfrutar desta experiência.

Para ajudá-lo no seu planejamento, montamos um passo a passo com todos os detalhes. Confira:

1 – Faça um planejamento financeiro

O planejamento financeiro é importante não só para saber como juntar dinheiro para intercâmbio, ele serve também para administrar melhor os seus recursos durante a viagem.

Faça o levantamento de todas as entradas e saídas do seu orçamento. Considere até gastos pequenos, como o cafezinho do dia a dia.

Para isso, você pode utilizar planilhas ou aplicativos de celular. Eles facilitam a visualização dos dados e são de fácil manuseio.

Clique aqui e baixe a Planilha Financeira da Rico. É 100% digital e gratuita. Dê o primeiro passo para organizar sua vida financeira!

2 – Analise o seu planejamento

Uma das etapas fundamentais de qualquer planejamento financeiro é a análise das suas informações.

Primeiro você deve saber o quanto você tem disponível por mês para guardar versus o quanto você precisa poupar por mês para o seu intercâmbio.

Lembre-se de que juntar apenas o estritamente necessário não é uma boa ideia, deixe sempre uma “gordurinha”, isto é, uma quantia a mais para compras, imprevistos ou mudanças de preços.

Com essa informação, verifique o que pode ser cortado do seu orçamento para obter o montante de forma mais rápida, por exemplo, se você possui R$ 500,00 por mês e o programa custa R$ 15 mil, levará dois anos e meio para ter este valor.

Caso você passe a economizar R$ 800,00, o tempo cai para um ano e meio, ou seja, você conseguirá reduzir em um ano de espera até atingir esse objetivo.

Tenha em mente que estes cortes são reduções sutis, como gastar menos com saídas de final de semana, optar por um restaurante mais barato ou controlar os gastos no supermercado.

3 – Tenha disciplina

Ao definir o valor que deverá ser economizado, tenha disciplina de separá-lo todos os meses como se ele fosse uma despesa essencial.

Se você encarar desta maneira, ficará mais fácil de evitar tentações, por exemplo, promoções e gastos supérfluos.

Separe esse dinheiro e guarde-o em um local seguro e longe da sua vista. Uma dica é fazer isso assim que receber o seu pagamento, antes mesmo de pagar as suas contas. Caso contrário, é possível que você gaste ou esqueça de cumprir essa tarefa.

4 – Junte mais dinheiro

Outra forma de juntar dinheiro para intercâmbio é ter mais rendimentos.

Para isso, há diversas alternativas, entre elas, investir essa quantia mensal dentro do prazo que você estipulou para fazer o intercâmbio.

Por que é tão difícil juntar dinheiro para intercâmbio?

Todos sabemos que juntar dinheiro para intercâmbio não é uma tarefa fácil. Geralmente, as pessoas levam entre um a três anos para conseguir o montante que precisam.

Entre os fatores que levam a isso estão:

  • Flutuações de câmbio
  • Inflação dos preços dos produtos e serviços
  • Falta de disciplina 

Ao mesmo tempo, você sabia que há uma maneira de driblar estes pontos e conseguir juntar dinheiro para intercâmbio de forma mais rápida e segura?

Isso é possível com os investimentos. Com eles, o seu montante vai receber rendimentos periódicos que acrescentam no todo.

Sem contar que as aplicações podem manter o seu poder de compra no futuro, ou seja, você protege o seu dinheiro da inflação.

Digamos que você precisa economizar R$ 20 mil e tem disponível R$ 700,00 por mês. Então, isso vai levar cerca de dois anos e meio para se concretizar.

Ao investir esse valor com rendimento de 100% do CDI, o tempo será reduzido para menos de dois anos.

Viu só como os investimentos fazem total diferença?

Jovem rapaz com uma mochila nas costas anota um planejamento financeiro em sua caderneta para começar a juntar dinheiro para intercâmbio.

Como investir para fazer intercâmbio?

Agora que você já sabe como juntar dinheiro para intercâmbio de forma mais rápida investindo, você precisa conhecer sobre investimentos. Basicamente, há duas categorias, que é a renda fixa e a renda variável.

A primeira é composta por aplicações que pagam rendimentos periódicos e estáveis. Já a segunda possui retornos que variam conforme as condições do mercado financeiro.

Para você, que está começando e precisa atingir um determinado valor no futuro, a renda fixa é o mais indicado.

A escolha dos investimentos deve considerar seu perfil de investidor e outros fatores, como prazo disponível, aportes mensais e rentabilidade esperada.

Entre as opções que costumam ser indicadas para quem quer saber como juntar dinheiro para intercâmbio, temos:

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é compreendido em títulos públicos, que se subdividem em: indexado à taxa Selic, prefixados e atrelados à inflação. Então, a taxa de rentabilidade é determinada pela categoria escolhida.

Para juntar dinheiro para intercâmbio, um dos mais indicados é o Tesouro Selic. Ele paga remunerações estáveis e em torno de 100% do CDI.

Se você precisa conseguir o montante no curto ou médio prazo, a venda antecipada não causa perdas de rentabilidade, bem como o preço dele varia pouco.

Outra opção é o Tesouro Prefixado. Ele possui taxa de rendimento fixa, que é ideal para quem quer atingir um determinado valor no futuro.

Ao investir nele, não há surpresas no dia do resgate. Porém, você deve mantê-lo até a data do vencimento para evitar perdas.

Se você quer investir para manter o seu poder de comprar no futuro, os títulos atrelados ao IPCA podem ser uma boa escolha. Com eles, você tem ganhos reais acima da inflação, isto é, o seu dinheiro não desvaloriza e ainda rende mais.

Com a Rico você investe de um jeito simples, rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.

CDB

O CDB é um título de renda fixa privado emitido pelos bancos. A taxa de rentabilidade pode ser: prefixada ou pós-fixada. A primeira consiste em um rendimento fixo até a data do vencimento.

Já a segunda é atrelada a um indexador da economia. Então, as remunerações variam até o prazo de resgate.

Este ativo pode ser uma boa alternativa para juntar dinheiro para intercâmbio porque possui baixo risco e é de simples aplicação.

Além disso, o CDB conta com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para valores de até R$ 250 mil. Caso o emissor quebre, você não perde o que investiu.

LCI/LCA

A LCI e a LCA funcionam da mesma forma que o CDB. A principal diferença e também mais atrativa é a isenção de taxas. Isso mesmo, você investe o seu dinheiro e os rendimentos vêm diretamente para o seu bolso.

Além disso, esses títulos servem para financiar setores importantes para a economia brasileira, que são o imobiliário e o do agronegócio.

Então, se você quer juntar dinheiro para intercâmbio e diversificar, eles podem ser excelentes alternativas.

Fundos de investimentos

Com a queda dos juros, os Fundos de Investimentos entraram no radar dos investidores.

Para juntar dinheiro para o intercâmbio, os Fundos de Renda Fixa e os Multimercado podem ser boas alternativas. Muitos deles conseguem rendimentos acima do CDI, o que ajuda a atingir o seu objetivo de forma mais rápida.

Sem contar que os Fundos Multimercado possuem carteiras diversificadas, que tendem a obter retornos ainda mais atrativos.

Lembre-se que os Fundos de Investimentos não possuem a cobertura do FGC. Para minimizar o risco do emissor, priorize aqueles que possuem alta nota de rating.

Como investir para fazer intercâmbio com a Rico?

Primeiro, abra a sua conta. Basta inserir os seus dados pessoais, criar um login e senha.

Depois disso, transfira o valor a ser investido da sua conta do banco para a conta da Rico através de TED de mesma titularidade. Por fim, escolha o investimento que mais faz sentido para você juntar dinheiro para o intercâmbio e invista.

Conclusão

Em síntese, juntar dinheiro para intercâmbio não é uma tarefa fácil.

Porém, com disciplina, esforço e foco você pode atingir esse objetivo antes do que imagina.

Os investimentos são grandes aliados para conseguir esse montante de forma mais rápida. As opções recomendadas são as aplicações de renda fixa como Tesouro Direto, CDB e os Fundos de Investimentos.

A escolha deles deve ser feita com base na quantia que você precisa juntar para o intercâmbio, o prazo estimado e o seu perfil de investidor.

Para economizar o seu montante, faça uma pesquisa sobre o custo de vida do país desejado, se há bolsas de estudos e opções de hospedagem econômicas para estrangeiros.

Para começar a juntar o dinheiro para o seu intercâmbio e fazê-lo render mais, o primeiro passo é abrir a sua conta na Rico. Aproveite que você já está aqui e dê esse grande passo na sua vida!

Clique e abra sua conta na Rico