Realize suas metas em 2024! Acesse o ebook "Da meta ao investimento" e conheça os melhores investimentos para realizar seus objetivos.

28/11/2023 10:32:08 • Atualizado em 29/11/2023 16:46:04
18 minuto(s) de leitura


Trader: um guia completo sobre a profissão

Aprenda como um trader analisa o mercado financeiro para tomar decisões informadas e gerenciar os riscos das suas operações.


Compartilhar:
traders discutindo sobre dados financeiros enquanto a mulher aponta para a tela do computador, que exibe um gráfico.

Você sabia que o trader ajuda a movimentar a economia brasileira? Esse profissional é responsável por negociar ativos financeiros, gerando uma quantidade significativa de transações, aumentando a liquidez do mercado financeiro.

Antes da digitalização das operações na Bolsa de Valores, o trader era aquele profissional que frequentava o pregão e precisava gritar ordens de compra e venda.

Com a criação do home broker e a popularização da internet, investir em ações está ao alcance de todos que tenham um CPF válido, alguns reais disponíveis para aplicar e conexão com a internet.

A atividade de trade profissional pode ser realizada 100% remotamente, de casa ou qualquer lugar do mundo. No entanto, não é fácil viver exclusivamente disso. É preciso estudar, praticar e ser bom no que faz, ou seja, é um processo gradativo.

Neste conteúdo, abordaremos tudo o que você precisa saber sobre a profissão de trader, que vem ganhando destaque no mercado financeiro.

O que é trader?

O trader é o profissional que se dedica a operar na Bolsa de Valores, com foco em ganhar dinheiro pela diferença entre os valores de compra e de venda de ativos financeiros, como ações, títulos, moedas, commodities e derivativos.

Alguns traders são mais focados em análise técnica, utilizando gráficos e indicadores para tomar decisões, enquanto outros se baseiam em análise fundamentalista, considerando fatores econômicos e notícias que podem impactar o mercado.

Como se tornar um trader?

De maneira geral, qualquer pessoa pode se tornar um trader. Mas, lembre-se que operar na Bolsa de Valores de maneira profissional exige bastante estudo e prática.

Para investir no mercado financeiro, não é obrigatório investir grandes quantias, nem se dedicar exclusivamente a essa atividade.

Não cometa o erro de pedir demissão assim que ganhar um pouco de dinheiro e nem venda seus bens para investi-los. A chance de você perder dinheiro no começo é muito maior do que a chance de ganhar.

Se você quer iniciar na Bolsa de Valores, opere apenas em horários livres até ganhar confiança e conhecimento. Na Bolsa, existem diversos meios de se proteger de grandes oscilações, como o stop loss e stop gain.

Além disso, é importante que você tenha um emprego que forneça o seu sustento. Não aplique 100% das suas economias, reserve apenas uma pequena parte para o mercado de ações.

Aplique também em outros investimentos mais seguros, como fundos de investimentos e títulos do Tesouro Direto.

Tipos de traders

mulher trader segurando um tablet e explicando como funciona o gráfico de candlestick

Existem vários tipos de traders, cada um com abordagens diferentes de negociação. Confira abaixo os tipos mais comuns:

Day trader

O day trader compra e vende ativos financeiros em um mesmo dia de negociação. Ele visa aproveitar pequenos movimentos de preço ao longo do dia e geralmente fecham todas as suas posições antes do fechamento do mercado.

Eles são negociadores que nunca dormem posicionados. Todos os ativos adquiridos são encerrados em menos de 24 horas. Assim, o day trader utiliza a análise gráfica como principal modo de ler o mercado e identificar tendências e padrões.

Por trabalhar a curto prazo, esse tipo de trader faz mais negociações e, por isso, precisa operar com um valor que valha a pena o pagamento das taxas de corretagem.

Abra sua conta na Rico e aproveite a taxa zero de corretagem para investir em ações!

O day trade traz mais riscos do que as outras estratégias de negociação, mas se gerenciar os riscos, não há problema nisso. Por isso, é recomendado que você diversifique os investimentos para controlar riscos.

Swing trader

O swing trader mantém posições por vários dias até algumas semanas, buscando lucrar com movimentos de preços de curto a médio prazo. Eles geralmente buscam tendências e padrões técnicos para tomar suas decisões.

Quem trabalhava com swing trade passa por fortes emoções, pois as oscilações de preços podem ser imprevisíveis e influenciadas por fatores como notícias econômicas, eventos políticos, mudanças nas condições macroeconômicas, entre outros.

O swing trader mantém suas posições por períodos acima de 24 horas. Em comparação ao day trader, o swing trader costuma fazer menos trades, porém consegue capturar maiores movimentos de preço devido ao intervalo mais longo.

Para isso, o swing trader utiliza uma mistura de análise técnica e análise fundamentalista, buscando aproveitar os grandes movimentos de valorização do mercado, que duram mais de um dia.

Position Trader

O position traders mantém posições por semanas, meses ou até anos. Eles tendem a se concentrar em tendências e padrões de longo prazo e fundamentos econômicos subjacentes.

Esse profissional visa ganhar dinheiro pelo pagamento de dividendos da empresa e não pela venda dos papéis. É considerado o investidor mais conservador do mercado, pois sua estratégia consiste em comprar ações e segurá-las por longos anos.

Para o position trader, o gráfico não importa tanto quanto as perspectivas a longo prazo das empresas, por isso, ele utiliza a análise fundamentalista como ferramenta principal. 

Scalper trader

O scalper trader visa lucrar com pequenos movimentos de preço, geralmente em um período muito curto de tempo, muitas vezes em questão de segundos ou minutos. Eles fazem várias operações de alta frequência.

Broker

O broker é o profissional responsável por apenas executar as ordens de clientes ou empresas.

Os brokers costumam atuar como intermediários, permitindo que investidores, traders e instituições financeiras realizem transações de compra e venda de diversos tipos de ativos, como ações, títulos, moedas, commodities e derivativos.

Sales trader

O sales trader é considerado um vendedor e um broker. Ele atua como intermédio, oferecendo oportunidades e executando as operações quando o cliente desejar.

Seu principal objetivo é facilitar as transações financeiras em nome dos clientes, oferecendo insights de mercado, recomendações e informações sobre produtos financeiros.

Prop trader

Um prop trader, abreviação de “proprietary trader”, é um profissional vinculado a uma mesa proprietária, também conhecida como Proprietary Trading Firm.

Na prática, isso significa estar associado a uma instituição financeira que visa lucrar com o mercado financeiro a partir de seus próprios recursos, apoiada por outros investidores individuais.

O prop trader visa obter lucro a partir das flutuações de preços dos ativos, aproveitando oportunidades de curto prazo por meio de estratégias de negociação, tais como arbitragem, day trading, swing trading, entre outras.

Cada tipo de trader possui suas próprias estratégias de negociação, prazos e níveis de risco. A escolha do tipo dependerá dos seus objetivos financeiros, perfil de investidor e tolerância ao risco.

Como se tornar um trader profissional?

trader profissional olhando para as telas de negociações de ativos da Bolsa de Valores

O primeiro requisito para se tornar um trader profissional e trabalhar em uma mesa de operações é ser graduado em finanças, economia ou administração.

Em 2003, por intermédio do Banco Central, o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou uma resolução para que profissionais comprovem um mínimo de conhecimento sobre o mercado de valores.

A ANBIMA é o principal órgão responsável por oferecer programas de treinamento e certificação para profissionais do mercado financeiro. Veja a seguir as principais provas e certificações requeridas pelos bancos e corretoras de valores:

  • CPA-10: voltada para os profissionais que atuam na distribuição de produtos de investimento para clientes de varejo;
  • CPA-20: voltada para os profissionais que atuam na distribuição de produtos de investimento para clientes dos segmentos: varejo de alta renda, private, corporate e investidores institucionais;
  • ANCORD: visa certificar os profissionais que possuem conhecimentos adequados sobre os produtos que oferecem aos clientes e compreendam os regulamentos e práticas éticas do mercado;
  • APIMEC: voltada para profissionais que desejam demonstrar um alto nível de conhecimento e habilidades em análise de investimentos e avaliação de empresas;
  • Certified Financial Planner (CFP®): destinada a profissionais que buscam demonstrar um alto nível de conhecimento, habilidades e ética na prestação de serviços de planejamento financeiro;
  • CNPI: voltada para profissionais do mercado financeiro que possuem um nível adequado de conhecimento e habilidades para realizar análises de investimento de alta qualidade.

Qual é o salário de um trader?

O salário de um trader varia de acordo com seu desempenho e, também, se o seu trabalho é autônomo ou vinculado a uma empresa.

Caso você opte por ser vinculado a uma empresa, vale consultar a forma de remuneração oferecida.

Agora, se a sua dúvida é se dá para viver de trade, a resposta é “sim”. No entanto, não é um caminho fácil, é preciso estudar, se preparar e se dedicar a essa atividade.

Vale sempre lembrar que o trader não é um mágico, mas sim opera baseado em estratégias de negociação que ele cria e otimiza ao longo do tempo.

Você pode começar a operar no mercado com pouco dinheiro, negociando ativos nas suas horas livres. Para isso, existe a opção de swing trader, que não demanda que você esteja na frente do computador o tempo todo. Você pode adaptar a atividade à sua rotina.

Como ser um trader de sucesso?

Cada pessoa tem o seu modo de trabalhar no mercado financeiro. Mas os traders de sucesso possuem alguns pontos em comum, como:

  • São dinâmicos e sabem se adaptar às mudanças do mercado, evitando deixar suas emoções tomarem conta em momentos críticos;
  • Entendem profundamente o mercado e sabem que a derrota de hoje não significa a obrigação de vencer amanhã;
  • Sempre entram em operações com fortes indícios de ganho e baixo risco de perda;
  • Persistência, principalmente quando parece que nenhum trade está encaixando. É preciso ter uma estratégia e ser fiel a ela, independente do que aconteça;
  • Sabe quando admitir uma derrota, pois é comum ver traders segurarem as ações por mais tempo do que deveriam por acreditarem que elas ainda podem reagir;
  • Agir apenas segundo os gráficos do mercado e fundamentos das empresas, sem espaço para “achismos”.

Resumidamente, um trader de sucesso precisa:

  • Ser disciplinado;
  • Ser estrategista;
  • Ser objetivo;
  • Ser racional;
  • Gerenciar riscos;
  • Estar sempre buscando conhecimento;
  • Não operam por tédio;
  • Aproveitam uma oportunidade por vez;
  • Ser persistente e confiante na medida certa.

A profissão de trader vem atraindo uma ampla gama de pessoas que buscam por oportunidades de ganhos financeiros significativos.

No entanto, é importante ressaltar que a profissão requer tempo, energia e recursos para alcançar o sucesso consistente, demandando diversas estratégias de negociação, análises, bem como a capacidade de controlar as emoções.

Além disso, as plataformas de negociação avançadas, algoritmos sofisticados e ascensão digital remodelaram a formas de negociações e tomada de decisões, que se tornaram muito mais assertivas e informadas.

Aqueles que buscam entrar no mundo trading devem estar preparados para investir em conhecimentos, desenvolver habilidades sólidas, adotar uma abordagem disciplinada e principalmente, manter expectativas realistas.

Clique e abra sua conta na Rico