novembro 27, 2017

O que é ser trader e quanto ganha um trader?

Você sabia que o trader ajuda a movimentar a economia brasileira?

Esse é o profissional responsável por negociar ativos financeiros, seja como contratado para uma instituição financeira ou para si mesmo.

Antes de as operações na bolsa de valores se tornarem digitais, o trader era aquele profissional que frequentava a aparente bagunça do pregão e precisava gritar ordens de compra e venda.

Você já deve ter visto essa imagem em algum filme ou fotografia antiga. Pois, hoje, tudo mudou.

Com a criação do home broker e a popularização da internet, investir em ações está ao alcance de todos que tenham um CPF válido, alguns reais para aplicar e conexão com a web. 

A atividade de trade profissional pode ser realizada 100% remotamente, de casa, ou qualquer lugar do mundo.

Hoje, existem muito mais traders do que antes. Inclusive, o acesso à informação aumentou.  

Mas não se engane: não é fácil ser um trader e viver exclusivamente disso.

Você precisa estudar, praticar e ser bom no que faz. Por isso, ser um trader profissional é um processo gradativo. 

Assim como é impossível você decidir ser piloto de Fórmula 1 em 24 horas, é muito complexo você se tornar um trader em tão pouco tempo.

Algumas pessoas vendem a imagem de que qualquer um pode se tornar trader e, assim, não ter mais chefe, horários e ainda faturar milhares de reais com pouco esforço.

Sempre desconfie de mensagens deste tipo:

“Imagine só, que tal ganhar bem e trabalhar poucas horas por dia? Você gostaria de operar da praia e ter ganhos ilimitados, apenas comprando e vendendo ativos?”

É claro que sim. Quem não quer essas coisas?

Muito cuidado com esse tipo de promessa. As coisas não são tão simples assim.

É verdade que todos podem tentar ser trader hoje, mas isso só significa que a concorrência aumentou.

E no mercado, para alguém ganhar, outra pessoa tem que perder. Significa que, se você quer viver do mercado, precisa ser melhor do que a média de pessoas que estão nele.

Neste conteúdo, você vai conferir:

Boa leitura!

Clique e abra sua conta na Rico

O Que é Trader e Como Se Tornar Um

Várias pessoas em um escritório operando, em referência ao trader
Se tornar um trader amador é bem simples e todos podem tentar.

O que é ser um trader profissional para você? E o que um trader faz? É trabalhar em tempo integral no mercado de capitais e viver disso?

Se esse é o seu objetivo, você precisa estudar e treinar bastante.

Não cometa o erro comum de pedir demissão assim que ganhar um pouco de dinheiro do mercado. Ou pior, não venda seus bens para investi-los.

A chance de você perder dinheiro no começo é muito maior do que a chance de ganhar.

Se você quer começar, recomendamos que inicie na bolsa de valores, operando apenas nas horas livres e de preferência, seguindo as nossas recomendações de investimentos na InvesTV.

Na bolsa, as ações (pequenas frações das empresas) são negociadas e existem meios de se proteger de grandes oscilações, como o stop loss e stop gain.

Diferente do mercado de derivativos, você pode começar utilizando pouco tempo para investir.

Afinal, como recomendamos, é importante que você tenha o seu emprego e carreira que forneçam o seu sustento.

Não é recomendado que você aplique 100% das suas economias também.

Reserve apenas uma pequena parte para o mercado de ações.

Aplique em outros investimentos mais seguros, como fundos de investimentos e títulos do Tesouro Direto.

Aos poucos, você passa a conhecer o mercado e se habilita a experimentar novas e promissoras estratégias.

Por exemplo, você pode operar com alguns tipos de posicionamentos:

Trader de Curtíssimo Prazo

Estes são os day traders e os scalpers. Eles são negociadores que nunca dormem posicionados.

Todos os ativos adquiridos são encerrados em menos de 24 horas.

Por trabalhar a curto prazo, esse trader faz mais negociações e, por isso, precisa operar com um valor que valha a pena o pagamento das taxas de corretagem.

Por exemplo, operar day trade com apenas R$ 1.000 dificilmente dará lucro. Principalmente porque é recomendado que você diversifique investimentos para controlar riscos.

O day trade traz mais risco do que as outras estratégias (se houver gerenciamento de risco, não há problema nisso).

Como os olhos desses profissionais estão no curto prazo, as notícias a respeito das empresas têm menos peso. A sua atenção está sempre na cotação do mercado e nos gráficos.

É por isso que ele utiliza a análise gráfica como principal modo de ler o mercado.

O benefício de trabalhar assim é que você não sofre o risco das “notícias noturnas”, momento em que você não pode ajustar a sua carteira porque o pregão está fechado.

Como exemplo, vale lembrar a noite de 17 de maio de 2017. Foi quando vazou o áudio do então presidente Michel Temer e outras pessoas importantes supostamente negociando com o empresário Joesley Batista.

O mercado entrou em uma crise de confiança. Nesse caso, os day traders não sofreram com a notícia, pelo contrário. No outro dia, eles tinham todo o capital em mãos para comprar ativos em liquidação.  

Swing traders

No entanto, quem trabalhava com swing trade passa por fortes emoções em situações como a que acabamos de descrever.

Nesses cenários, ações oscilam forte, ativando até o circuit breaker (mecanismo que trava o mercado quando há variações acima de 10%).

O swing trader é todo negociador que adquire um ativo hoje e encerra sua posição em prazos acima de 24 horas. Ele costuma fazer menos trades do que o day trader.

Essa estratégia busca se aproveitar de grande movimentos de valorização do mercado, que duram mais de um dia.

Para isso, o swing trader se vale da mistura de análise técnica e análise fundamentalista (que lê as empresas de acordo com características e resultados do seu negócio).

Position Trader

Esse é o investidor mais conservador do mercado.

Sua estratégia é comprar ações e segurá-las por longos anos.

Para o position trader, o gráfico não importa tanto quanto as perspectivas a longo prazo das empresas.

O position trader visa ganhar dinheiro pelo pagamento de dividendos da empresa e não pela venda dos papéis.

É raro um position trader vender suas ações de uma empresa por notícias cotidianas.

Isso acontece porque ele já as seleciona com base em fundamentos sólidos.

Por isso, o position trader utiliza a análise fundamentalista como ferramenta principal.  


Tipos de Traders do Mercado

Zoom em uma plataforma de investimentos em referência ao trader
Fique atento aos tipos de traders que existem no mercado.

Um trader pode trabalhar de diversas formas. Para si mesmo, para bancos e para corretoras. Conheça os tipos mais comuns a seguir:

Trader Autônomo

Assim é como você começará no mercado financeiro.

O trader autônomo é o que opera com recursos próprios. Ele pode seguir recomendações e carteiras recomendadas, mas ele mesmo executa as suas ordens pelo home broker.

Traders Institucionais

Eles não trabalham para si próprios, mas como contratados.

Normalmente, são limitados pela estratégia da instituição, que pode ser um banco, financeira, fundos, corretora ou seguradoras.

Assim, a exposição ao mercado, prazo, volume de negociação não são decididos unicamente por ele, mas sim pela estratégia institucional.

Traders que executam ordens (Brokers)

Eles não criam estratégias na maioria dos casos, mas apenas executam ordens de clientes ou empresas.

O nome correto para esse profissional é broker.

Sales Trader

É um vendedor e broker.

Ele mantém um relacionamento comercial com os clientes para oferecer oportunidades e executar as operações quando o cliente deseja comprar.

Prop Trade

Para ser um prop trader, o profissional precisa estar vinculado a uma mesa proprietária, também conhecida como Proprietary Trading Firm.

Na prática, isso significa estar associado a uma firma que lucra com o mercado financeiro a partir de seus próprios recursos, apoiada por outros investidores individuais.


E o que é preciso para se tornar um trader profissional e trabalhar em uma mesa de operações?

O primeiro requisito é ser graduado em finanças, economia ou administração.

Esse é o primeiro passo para você ter o básico e iniciar a carreira.

Conselho Monetário Nacional (CMN), em 2003, aprovou por intermédio do Banco Central, uma resolução para que profissionais comprovem um mínimo de conhecimento sobre o mercado de valores.

ANBIMA é o principal órgão certificador. 

Veja a seguir as principais provas e certificações requisitadas pelos bancos e corretoras de valores:

  • ANBIMA CPA-10
  • ANBIMA CPA-20
  • ANCORD
  • APIMEC
  • CFP®
  • CNPI

O trader profissional possui um salário que varia bastante de acordo com o seu contrato de trabalho e empresa contratante.

No entanto, normalmente, ele é bem recompensado pelo seu sucesso em negociações.

Quer saber mais sobre cada certificação? Leia esse outro artigo completo sobre como trabalhar no mercado financeiro.


Perfil do Trader De Sucesso

Um homem e uma mulher lado a lado analisando monitores, em referência ao trader
Descubra o que é trader segundo suas características principais.

Cada pessoa tem o seu modo de trabalhar no mercado financeiro. Mas os traders de sucesso possuem algumas coisas em comum.

Eles são dinâmicos e sabem se adaptar às mudanças do mercado. Para isso, evitam deixar suas emoções tomarem conta em momentos críticos.

Entendem o mercado profundamente e sabem que a derrota de hoje não significa que amanhã possuem a obrigação de vencer.

Afinal, entrar no mercado com pressa por lucro pode ser fatal. Muitas vezes, se o mercado está frio, o melhor a se fazer é pegar um bom café e não operar nada.

O trader de sucesso sempre entra em operações com fortes indícios de ganho e baixo risco de perda.

Normalmente, o possível ganho equivale a muitas vezes a possível perda.

Persistência é outro fator importante. Principalmente quando parecer que nenhum trade está encaixando.

Momentos assim vêm e vão. Você precisa ter uma estratégia de negócios e ser fiel a ela, independente do que aconteça.

Não significa que ela não deve ser mudada, mas que você não vai alterá-la enquanto está trabalhando.

Fazer isso é como “trocar o pneu do carro com ele andando”. Ou seja, é muito difícil dar certo.

O trader de sucesso também sabe quando admitir uma derrota.

É comum ver profissionais que seguram ações por mais tempo do que deveriam por acreditarem que elas ainda podem reagir.

As emoções nunca devem estar à frente da razão. O trader age apenas segundo os gráficos do mercado e fundamentos das empresas. Não há lugar para ‘achismos’.

Veja algumas características resumidas do trader de sucesso: 

  • Disciplinado
  • Estrategista
  • Objetivo
  • Racional
  • Gerenciador de risco
  • Está sempre buscando conhecimento
  • Não operam por tédio
  • Aproveitam uma oportunidade por vez
  • Persistente
  • Confiante na medida certa.

Então, como ser um trader de sucesso?

Simples. Opere na medida certa.

É melhor operar pouco e fazer bons negócios do que dar ordens apenas por tédio ou falta de oportunidades reais.

Um bom trader sabe quanto e quando vender os ativos no mercado financeiro.


Afinal, quanto ganha um trader?

É difícil dizer com exatidão quanto ganha um trader, pois isso depende de diversas variáveis como seu modelo de trabalho.

Por exemplo, você deseja ser autônomo ou vinculado a uma empresa? Essa escolha já vai impactar na remuneração.

Caso a resposta seja a última opção, vale consultar a forma de remuneração oferecida por essa empresa.

Agora, se a sua dúvida é se dá para viver de trade, a resposta é “sim”. Mas não é um caminho fácil, como explicamos antes.

Com a leitura deste artigo, você já dá um passo importante rumo a esse objetivo.

Agora, é o momento de seguir se aprimorando e começar a investir.

Abra sua conta na Rico e aproveite a taxa zero de corretagem para investir em ações!


Dica bônus: os melhores cursos de trader

Quase pronto para operar no mercado financeiro?

Para dar o próximo passo, vale conhecer os melhores cursos de trader, estudar, se especializar e se sentir mais seguro para operar com rentabilidade.

Entre as opções, estão capacitações que você encontra na Rico Educacional.

É o caso do curso Day Trade Avançado – Interpretando os gráficos para ganhar dinheiro.

Ele é indicado para quem já conhece a análise técnica, mas quer ganhar consistência nela.

Se você está dando os primeiros passos, pode se interessar pelo curso Análise Técnica de Ações 2.0.

Aborda a dinâmica da bolsa de valores, tipos de gráficos, padrões de comportamento dos ativos e os movimentos do mercado.

Já no curso Tudo que Aprendi em 12 Anos de Day Trade, você amplia conhecimentos com um dos analistas mais consagrados do Brasil: André Moraes, da Rico Corretora.


Perguntas frequentes sobre trader

Depois de ler todas as informações do artigo, você agora está mais informado sobre o que é e o que faz um trader.

Mas, como algumas dúvidas podem ter ficado para trás, respondemos abaixo as perguntas mais frequentes sobre o tema.

O que é ser um trader?

O trader é o profissional que se dedica a comprar e vender ações da bolsa com foco em ganhar dinheiro pela diferença entre os valores de compra e de venda.

Para operar no mercado financeiro, não é obrigatório investir grandes quantias, nem se dedicar exclusivamente a essa atividade.

Quem pode ser trader?

De maneira geral, qualquer pessoa pode se tornar um trader.

É claro que essa mudança de profissão não vai acontecer de um dia para o outro, pois operar na bolsa de maneira profissional exige bastante estudo e prática.

A nossa dica sempre é começar aos poucos, operando em suas horas vagas até ganhar confiança e conhecimento sobre a bolsa.

Quanto ganha por mês um trader?

O valor de remuneração de um trader varia de acordo com seu desempenho e, também, se ele trabalha sozinho ou está vinculado a uma firma.


Conclusão

Uma mulher sentada à mesa com uma pasta nas mãos fala ao telefone e olha para um monitor em que opera trader
Animado para se tornar um trade de sucesso? Comece agora mesmo!

Se você tem o desejo de se tornar um trader, este conteúdo abordou as principais etapas para isso.

Resumidamente, é preciso estudar, se preparar e se dedicar a essa atividade.

Vale também entender o que não é um trader.

Ele não é um mágico ou gênio que tira dinheiro do mercado com um truque fácil.

O trader também não é um apostador.

Acredite: se você investir baseado na sorte, logo perderá dinheiro.

O trader opera com base em estratégias de investimento que ele cria e otimiza ao longo do tempo. 

Esse profissional não é perito em ganhar muito dinheiro. Isso é um mito. No entanto, o bom trader é o que sabe perder pouco. 

É na média das vitórias e pequenas derrotas que o trader tem o seu lucro com negociações de ativos. 

Você pode começar a operar no mercado com pouco dinheiro, negociando ativos nas suas horas livres.

Como swing trader, você não precisa estar à frente do computador o tempo todo.

Essa é a beleza de descobrir o que é ser trader de verdade. Você pode adaptar a atividade à sua rotina.

No entanto, esqueça a ideia de ficar milionário em pouco tempo.

Investir em ações está na categoria ‘renda variável’ por um motivo óbvio: a rentabilidade varia e não é previsível.

Se você tiver 1% ao dia de lucro, no final do ano, terá pelo menos 240% de ganhos. Não estamos dizendo que é impossível, mas que é um resultado difícil de conseguir sendo iniciante e operando sozinho. 

Siga o seu aprendizado e comece a investir.

Abra sua conta na Rico. Zeramos a taxa de corretagem para você!

Continue lendo os artigos do nosso blog para aprender mais sobre o mercado de ações:

Obrigado por ler até aqui!

Clique e abra sua conta na Rico