janeiro 25, 2021

Payroll: como funciona e qual a importância desse indicador?

Principal termômetro da economia americana, o Payroll é um indicador que mexe muito com os mercados no mundo todo, inclusive no Brasil.

Em dia de divulgação do relatório, a bolsa de valores fica agitada antes e depois do resultado.

O Payroll, ou folha de pagamento, causa muita volatilidadeporque traz dados sobre a situação empregatícia americana.

Como a economia dos Estados Unidos é a mais importante do mundo, seu desempenho influencia as demais economias, principalmente de países emergentes.

Quer saber como o Payroll impacta seus investimentos aqui no Brasil? Então confira os tópicos a seguir e descubra:

  • Afinal, o que é Payroll?
  • Como funciona o Payroll?
  • Principais indicadores divulgados com o Payroll
  • Qual a importância do Payroll para o mercado financeiro?
  • Como interpretar o indicador Payroll?
  • Divulgação Payroll 2020 – 2021
  • 3 dicas para traders operarem em dias de divulgação do Payroll
  • Quais foram os impactos do Payroll nos investimentos em 2020?
  • Como lucrar no Payroll? Investimentos que tendem a ter boa rentabilidade
  • Comece a investir hoje com a Rico.

Se tiver qualquer dúvida ao final, é só deixar um comentário.

Boa leitura!

Afinal, o que é Payroll?

Payroll (Non-Farm Payroll) é o principal indicador econômico que mede o desempenho do mercado de trabalho não-agrícola dos Estados Unidos.

Ele mostra basicamente como anda a realidade dos empregos no país, desconsiderando o setor primário, principalmente relacionado à agricultura.

Se a economia está aquecida, as empresas investem em crescimento e precisam contratar. Mais empregos refletem positivamente no Payroll.

O contrário também é verdadeiro: economia estagnada ou em desaceleração resulta em empresas demitindo ou contratando menos. Os números refletem negativamente no Payroll.

Os dados são acompanhados de outras informações relevantes, como faixas salariais, setores que mais empregaram e regiões com melhores e piores índices.

Além do setor agrícola, não fazem parte do Payroll pessoas que trabalham em entidades sem fins lucrativos, profissionais liberais, militares, proprietários de empresas, dentre outros.

O indicador é divulgado mensalmente pela Bureau of Labor Statistics (Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos Estados Unidos).

É muito considerado pelo mercado por refletir cerca de 80% da força de trabalho responsável pelo PIB norte-americano.

Como funciona o Payroll?

Os dados do Payroll são usados para balizar decisões importantes de órgãos governamentais do próprio Estados Unidos, como a definição da taxa de juros.

Servem também como subsídio para o cálculo do PIB americano e como direcionamento para a política econômica do governo.

No resto do mundo, a espera pela divulgação do Payroll é envolta de expectativas. Um índice acima do esperado pelo mercado aumenta o otimismo dos investidores.

Números abaixo das expectativas resultam em cautela e pessimismo.

Devido ao interesse do mercado no desempenho econômico dos Estados Unidos, os ativos relacionados ao dólar são os mais impactados pelo indicador.

Principais indicadores divulgados com o Payroll

Junto com a folha de pagamento não-agrícola, outras informações importantes são divulgadas pela Bureau of Labor Statistics.

São elas:

Taxa de desemprego

Dado relevante para o mercado, a taxa de desemprego é calculada levando em conta o percentual de pessoas sem trabalho que procuraram emprego nos últimos 30 dias.

Média salarial

A renda do trabalhador é medida levando em conta o ganho médio por hora mensal e anual.

O dado mostra se a remuneração está em crescimento ou estagnada.

Setores que mais contrataram e demitiram

O indicador traça também um raio-x do desempenho econômico por setores, considerando os que mais empregaram e demitiram.

Os números são discriminados por segmentos, como comércio, indústria e serviços.

Outras informações específicas também constam nos relatórios, como as regiões que mais criaram ou cortaram vagas e classes sociais mais afetadas pelo desemprego.

Qual a importância do Payroll para o mercado financeiro?

O Payroll tem grande importância para o mercado financeiro devido à relevância da economia americana no mundo todo.

Trata-se de um indicador que mede a performance do mercado de trabalho dos setores que compõem 80% do PIB dos Estados Unidos.

Com base nos dados do Payroll, o Federal Reserve (FED), o banco central americano, pode, por exemplo, cortar ou aumentar a taxa de juros.

Os investidores sabem que qualquer alteração nos juros americanos impactam imediatamente os mercados globais, inclusive o brasileiro.

Isso ocorre porque a economia americana é uma das mais seguras e desenvolvidas do mundo.

Se houver uma elevação nas taxas de juros lá, os títulos americanos passam a remunerar melhor, o que provoca fuga de capital das economias emergentes.

Mesmo que os juros americanos sejam menores do que de outros países, a relação risco-retorno se torna favorável.

Investidores do mundo todo avaliam constantemente os riscos e oportunidades antes de decidir onde investir.

Se mais dinheiro sai de países emergentes, como o Brasil, e entra nos Estados Unidos, há impacto no câmbio, o que pode elevar a cotação do dólar.

Aspectos como esses mexem com os preços dos ativos, inclusive no curto prazo, considerando que o mercado busca sempre antecipar tendências e precificar expectativas.

Como interpretar o indicador Payroll?

Como todo indicador, o Payroll é um retrato do passado.

Os dados são divulgados mensalmente com base em levantamentos que trazem um desempenho histórico.

O mercado, como sabemos, busca projetar e antecipar o futuro com base nos dados disponíveis.

Antes mesmo da divulgação do relatório oficial, o mercado embute no preço dos ativos as expectativas considerando, por exemplo, informações extra-oficiais.

De maneira geral, dados positivos, com aumento de postos de trabalho, indicam que a economia americana está aquecida.

Dados fracos, com aumento da taxa de desemprego, dizem o contrário: que a economia está esfriando.

No caso da bolsa brasileira, os ativos que costumam variar bastante em dia de divulgação de Payroll são os contratos futuros de dólar e de índice.

Quando o relatório destoa das expectativas do mercado, a volatilidade tende a ser ainda maior.

Divulgação Payroll 2020 – 2021

A divulgação do Payroll é feita pela Bureau of Labor Statistics mensalmente.

Os dados vêm a público toda primeira sexta-feira do mês.

Em casos de feriado ou eventos extraordinários, a divulgação é adiada para a sexta-feira seguinte.

O evento ocorre sempre às 8h30, horário de Washington D.C, geralmente às 9h30 horário de Brasília.

Mas mudanças podem ocorrer dependendo da época do ano e do horário de verão no Brasil e nos Estados Unidos.

Há situações em que os dados são divulgados no Brasil às 9h30, 10h30 ou 11h30.

A seguir, confira o histórico das datas e horários dos últimos relatórios.

  • 08/01/2021: 10h30
  • 04/12/2020: 10h30
  • 06/11/2020: 10h30
  • 02/10/2020: 09h30
  • 04/09/2020: 09h30.

3 dicas para traders operarem em dias de divulgação do Payroll

Operar em dias de Payroll é lidar com alta volatilidade do mercado.

As oscilações são bruscas principalmente nos contratos futuros de dólar e índice.

Para quem busca lucro no curtíssimo prazo em operações day trade, as oportunidades são proporcionais aos riscos.

É preciso cautela para não potencializar prejuízos ao invés de lucros.

Se você gosta de volatilidade intensa, confira algumas dicas para operar com sucesso em dia de Payroll:

1. Domine as técnicas

Em ocasiões de volatilidade acentuada, os riscos também são maiores para quem faz day trade.

O primeiro passo é dominar as ferramentas da análise técnica, que ajudam o trader a entender o comportamento dos preços com base em padrões e indicadores gráficos.

Operar rompimentos de suporte e resistência, seguir tendências ou buscar pontos de entrada nos retornos às médias móveis podem ser estratégias adotadas.

Os gráficos geralmente têm intervalos curtos de tempo, o que exige ainda mais habilidade do trader.

2. Treine antes

Antes de operar efetivamente, é importante entender como o mercado se comporta durante a divulgação do Payroll.

Simuladores e replays são ferramentas úteis que ajudam o iniciante a aprender observando o comportamento de outros traders.

Geralmente, há uma redução significativa de liquidezminutos antes da divulgação do relatório, com os investidores à espera dos dados.

Em seguida, muitas ordens são enviadas, aumentando abruptamente o volume de negociação.

É preciso experiência e domínio da análise gráfica para aumentar as chances de sucesso.

Caso contrário, melhor não operar.

3. Se decidir operar, seja moderado

Contratos futuros de dólar são os preferidos em dia de Payroll.

Isso ocorre devido à correlação entre a moeda e os dados divulgados.

Para operar no mercado futuro, o investidor não precisa ter dinheiro em conta, apenas uma margem de garantia.

São operações alavancadas que podem trazer lucros extraordinários, mas também perdas exponenciais.

Se você decidir operar, a dica é reduzir a quantidade de contratos, evitando se expor a riscos que possam resultar em prejuízos irreparáveis.

Quais foram os impactos do Payroll nos investimentos em 2020?

Os dados do Payroll ao longo dos meses de 2020 refletiram o impacto da pandemia do novo coronavírus na economia americana.

O relatório de dezembro, por exemplo, revelou dados abaixo das expectativas do mercado. No total, 140 mil empregos foram perdidos.

Os impactos sobre os investimentos são imediatos, mas em geral duram pouco. A volatilidade é forte apenas no curto prazo.

Para traders que lucram com operações rápidas, o efeito do indicador sobre os ativos tem relevância maior.

A forte oscilação é motivada principalmente pelas especulações em torno do dólar.

Para os investidores de longo prazo, o impacto tende a ser diluído à medida que o mercado assimila as informações.

Como lucrar no Payroll? Investimentos que tendem a ter boa rentabilidade

Para lucrar no curto prazo com a volatilidade dos ativos, o trader precisa ter experiência, controle emocional e uma boa estratégia de trading.

Como vimos nos tópicos anteriores, o mercado praticamente para minutos antes da divulgação dos dados.

Em seguida, ocorre uma explosão no volume negociado, com disparos em massa de ordens de compra e venda.

Dólar futuro

Os contratos futuros de dólar são os preferidos dos traders em dia de Payroll.

O derivativo da moeda tem correlação direta com o desempenho da economia americana.

Em contratos futuros, o trader pode operar tanto comprado (quando aposta na valorização) quanto vendido (quando aposta na queda).

Quando o relatório supera as expectativas, a cotação dos contratos futuros de dólar tende a subir.

Dados aquém das expectativas podem provocar efeito contrário.

Índice futuro

Contratos futuros do Ibovespa também são derivativos bastante negociados em dia de Payroll.

Em dia de Payroll, tanto os contratos futuros de dólar quanto os de índice oscilam bastante, o que pode proporcionar ótimos trades, dependendo da expertise do investidor.

Comece a investir hoje com a Rico

Para aproveitar as oportunidades que surgem em ocasiões aguardadas pelo mercado, como a divulgação do Payroll, você precisa de uma corretora de valores.

Na Rico, não há taxa de corretagem para comprar e vender ações e nem custo para investir em renda fixa.

Pelo computador ou celular, você acessa diversos ativos de renda fixa e variável, envia quantas ordens precisar e acompanha o mercado em tempo real.

A Rico tem uma plataforma completa, intuitiva e de fácil utilização, feita para reunir todos os seus investimentos em um só lugar.

Abra sua conta gratuitamente pela internet e tenha à disposição uma infinidade de ativos para compor seu portfólio.

Conclusão: recapitulando sobre o Payroll

Apesar de ser um indicador da economia americana, o Payroll influencia o comportamento do mercado global como um todo.

Toda primeira sexta-feira do mês, a Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos Estados Unidos (Bureau of Labor Statistics) divulga o relatório.

Nos casos de feriados, a divulgação passa para a sexta-feira seguinte.

Os dados trazem o desempenho do mercado de trabalho dos Estados Unidos, desconsiderando o setor primário, principalmente agrícola.

Mesmo assim, o Payroll representa 80% da força de trabalho responsável pelo PIB do país.

Como a economia dos Estados Unidos está entre as mais importantes do mundo, a divulgação do indicador é de grande interesse de investidores dos demais países.

Se os dados apresentados estiverem abaixo das expectativas, o mercado entende como sinal negativo para a economia americana.

Se estiverem acima do esperado, indicam que a economia está aquecida ou em recuperação.

Em dia de divulgação de Payroll, as bolsas mundiais vivem momentos de grande volatilidade, principalmente os ativos atrelados ao dólar.

As oscilações são mais bruscas momentos antes e depois da divulgação dos dados.

Assim que as informações são assimiladas, os mercados tendem a voltar à normalidade.

Fazer day trade em dias de Payroll requer conhecimento e muita experiência.

Há oportunidades, mas também riscos. Na dúvida, melhor não operar.

Agora que você aprendeu mais sobre a importância do Payroll para a economia e seus investimentos, comente e compartilhe com seus amigos este conteúdo.

Aproveite para ler outros artigos sobre o mercado financeiro no blog da Rico e fique por dentro das melhores oportunidades.

Obrigado por ler até aqui!