Realize suas metas em 2024! Acesse o ebook "Da meta ao investimento" e conheça os melhores investimentos para realizar seus objetivos.

18/07/2023 18:26:47 • Atualizado em 01/02/2024 08:31:53
20 minuto(s) de leitura


Conheça os melhores investimentos de curto prazo

Investimentos de curto prazo são boas alternativas para investidores que buscam resultados rápidos e são mais tolerantes ao assumir riscos — e há diferentes opções, de acordo com o perfil do investidor. Confira aqui as vantagens, desvantagens e os melhores tipos de investimento de curto prazo.


Compartilhar:
Um homem segura dois cofres no formato de porquinho cor de rosa: um menor na mão direita e o maior na esquerda. Ele está feliz olhando para o cofre maior, considerando o bom desempenho dos seus investimentos de curto prazo.

Os investimentos de curto prazo são uma alternativa interessante tanto para aqueles investidores iniciantes quanto para os mais experientes. Por meio desse tipo de investimento, a possibilidade de obter resultados satisfatórios é bastante plausível.

Os motivos para isso residem no fato de que as aplicações de curto prazo representam uma boa oportunidade para quem deseja diversificar a carteira, pois elas disponibilizam rápido retorno e uma liquidez consideravelmente baixa.

Apesar dos evidentes benefícios, não dá para ignorar que investir a curto prazo também apresenta alguns riscos, assim como qualquer tipo de investimento.

Para você realizar um investimento seguro a curto prazo, é preciso saber quando essa é a melhor opção, assim como é importante entender quais são os melhores investimentos de curto prazo.

Para conhecer esses e mais outros detalhes acerca desse tema, não deixe de conferir esse artigo que preparamos para você.

O que são os investimentos de curto prazo?

As aplicações de curto prazo consistem em operações financeiras que abrangem um período reduzido de tempo. De uma forma geral, elas duram entre 1 e 90 dias. Entre as principais características desse tipo de aplicação é válido destacar alguns conceitos como:

Quando o assunto é investir a curto prazo, você vai se deparar com diferentes possibilidades. Um exemplo disso é o investimento em renda fixa, ideal para investidores mais conservadores. Há também a alternativa de procurar por estratégias mais ousadas e arriscadas, como realizar a compra de ações.

Contudo, especialmente por causa do curto período das aplicações, ele deve ser muito bem planejado, levando em conta os seus objetivos e estratégias certeiras.

Ao conhecer melhor as possibilidades e contar com um bom planejamento, levando em conta os seus objetivos e o perfil de investidor, é possível se deparar com boas oportunidades e excelentes resultados.

Quem deve optar por investimentos de curto prazo?

Quem deve se aventurar no universo dos investimentos de curto prazo são aqueles investidores que não estão dispostos a correr grandes riscos, que almejam segurança e proteção ao seu patrimônio e sabem que necessitam de uma liquidez bastante alta.

Além do mais, investir a curto prazo é uma solução para quem precisa também de retornos rápidos. Isso ocorre porque os seus objetivos são considerados curtos e a urgência de reaver o valor investido pode ocorrer a qualquer instante.

Portanto, é possível afirmar que os investimentos de curto prazo são ideais para investidores iniciantes. Contudo, é sempre bom lembrar que, independentemente do seu conhecimento e experiência como um investidor, é fundamental ter objetivos previamente determinados.

Desse modo, torna-se muito mais fácil assegurar êxito e minimizar ao máximo qualquer tipo de risco.

Começou o ano! Em dúvida sobre onde investir?

Confira as melhores recomendações de investimento em nosso guia completo gratuito para você começar a investir em 2024.

Preencha seus dados e faça o download!

Enviando...

Ao prosseguir, você autoriza que a Rico colete seus dados pessoais de acordo com nossa Política de Privacidade. 

envio com sucesso

Agradecemos o download!

Aproveite as informações do material e descomplique a sua vida financeira com a Rico.

 

Download

Qual é a diferença entre investimentos de curto, médio e longo prazo?

Os investimentos de curto prazo não são a única alternativa. Quando se trata do tempo, há a possibilidade de optar por investimentos de médio ou, em alguns casos, de longo prazo. A opção ideal, como sempre, vai variar conforme o seu perfil, objetivos e necessidades.

As aplicações de curto prazo, como já mencionamos, consistem em operações de poucos dias, que contam com alta rentabilidade e uma liquidez bastante curta, sendo ideais para projetos que envolvem compras de baixo custo ou até o financiamento de um curso, por exemplo.

Já os investimentos de médio prazo são perfeitos quando envolve um planejamento um pouco maior, variando geralmente entre dois e cinco anos. Trata-se de uma solução perfeita para projetos como, por exemplo, pagar as mensalidades de um curso.

Por outro lado, os investimentos considerados de longo prazo já envolvem décadas, sendo alternativas viáveis para objetivos como compra de uma casa ou, em muitos casos, o planejamento da aposentadoria.

Quais são os melhores investimentos de curto prazo?

Na hora de realizar um investimento de curto prazo, você vai contar com várias possibilidades. Cada uma delas conta com características e vantagens próprias. Conheça as melhores e veja como elas podem se adaptar ao seu perfil e estratégias.

LCI

Também conhecida como Letras de Crédito Imobiliário, esse tipo de investimento permite que empresas que atuam no setor imobiliário possam solicitar empréstimos ao mercado.

Um dos grandes benefícios que essa solução apresenta, é o fato de que ele proporciona isenção de incidência do Imposto de Renda. Ele também é considerado bastante seguro, pois conta com a proteção do FGC, o chamado Fundo Garantidor de Créditos.

Isso quer dizer que, caso a instituição financeira com a qual você investiu em LCI entre em falência, não haverá prejuízos.

LCA

É a sigla para Letras de Crédito do Agronegócio. Esse investimento é semelhante ao Letras de Crédito Imobiliário, porém voltado para o segmento do agronegócio.

A LCA também é protegida pelo Fundo Garantidor de Créditos, é um investimento de renda fixa e apresenta isenção da incidência do Imposto de Renda.

O valor captado na LCA é voltado para os empréstimos a produtores rurais que necessitam de recursos para aquisição de maquinário e materiais de plantio e pecuária.

Na prática, esse tipo de investimento permite que o investidor tenha bons resultados, ao mesmo tempo em que permite otimizar um setor essencial para o funcionamento e desenvolvimento do país.

CDB

Também conhecido como Certificado de Depósito Bancário, consiste em uma aplicação de renda fixa em que as instituições financeiras pagam juros sobre esse empréstimo que o investidor concedeu para elas.

Trata-se ainda de um tipo de investimento bastante realizado hoje em dia, sendo disponibilizado pela maioria dos bancos.

Outro aspecto que vale salientar acerca do CDB é que eles apresentam diferentes tipos, que podem ser opré-fixado, o pós-fixado e o atrelado à inflação.

Ainda assim, quando se fala em aplicações a curto prazo, muitos Créditos de Depósito Bancário apresentam uma liquidez diária, possibilitando o resgate a qualquer momento.

Tesouro Selic

Como o próprio nome aponta, ele está atrelado à taxa Selic, que é um dos principais indicadores econômicos do Brasil.

Para quem quer investir a curto prazo, é bom ter em mente que esse tipo de investimento demonstra uma boa rentabilidade quando a taxa Selic estiver elevada.

A respeito do momento ideal para a realização de resgate, o Tesouro Selic não exige pagamento de IOF quando a solicitação é efetuada depois de 30 dias da transação. Contudo, caso seja realizada antes desse período, é necessário efetuar o pagamento.

Fundos DI

OsFundos Referenciados DI permitem que um investidor invista quase 100% do total acumulado nesse fundo que estejam atrelados à taxa Selic. Por essa razão, esse é um investimento ideal para quem apresenta um perfil mais conservador.

Por ser formado essencialmente por títulos públicos, o Fundo DI apresenta uma boa liquidez e um risco baixo, demonstrando ser um investimento seguro a curto prazo.

Fundos multimercado

Consistem em fundos administrados por especialistas do mercado financeiro que aplicam o dinheiro de vários investidores em diferentes segmentos, como, por exemplo, aplicações de renda fixa e, caso necessário, de renda variável.

Esse é um investimento de curto prazo bastante interessante para quem tem um perfil mais ousado e disposto a correr alguns riscos.

Investimento a curto prazo em renda variável

As aplicações de curto prazo em renda variável também são uma possibilidade. Nesse caso, há estratégias usadas nas operações de Bolsa de Valores que permitem essas iniciativas e apresentam prazos curtíssimos.

Day Trade

Consistem em operações na Bolsa de Valores que iniciam e terminam no mesmo dia, inclusive algumas duram apenas alguns minutos. Por causa disso, esse tipo de investimento é ideal para investidores com perfil mais ousado.

Além disso, é importante conhecer muito bem a dinâmica do mercado financeiro, pautas econômicas e Bolsa de Valores para obter resultados positivos.

Swing Trade

Não é uma estratégia tão ousada quanto o Day Trade, mas também demanda por parte do investidor um bom conhecimento acerca das tendências e oscilações de mercado.

Position Trade

É uma modalidade operacional que visa resultados a médio e longo prazo, sendo uma interessante alternativa para quem não possui tempo disponível para acompanhar diariamente os movimentos da Bolsa de Valores.

um casal está sentado à mesa da cozinha fazendo alguns cálculos para identificar quais são os melhores de investimentos de curto prazo. Á frente da imagem há um vasinho de planta e algunas laranjas desfocadas.

Como fazer um bom investimento a curto prazo?

Para quem quer realizar investimento seguro a curto prazo, deve estar atento a algumas dicas importantes. Confira mais sobre os processos.

Elabore um planejamento

Não dá para efetuar investimento às cegas, sem nenhum tipo de planejamento prévio, sem saber quais são os seus propósitos. Realizar investimentos de curto prazo dessa maneira é como se aventurar em um jogo de apostas e isso é um erro.

Conheça o seu perfil investidor

Na hora de fazer investimentos, você gosta de correr riscos ou prefere adotar estratégias mais moderadas e seguras? Conhecer o seu perfil de investidor também faz parte de um bom planejamento, pois isso orienta as escolhas e facilita traçar objetivos mais claros.

Conte com uma instituição financeira de confiança

Investimentos de curto prazo demandam planejamento, mas também exigem um suporte confiável. É aí que uma instituição financeira dotada de credibilidade e experiência no mercado se torna tão necessária.

Vantagens e desvantagens de investimentos de curto prazo

Investir a curto prazo proporciona uma série de benefícios, por outro lado, também oferece algumas desvantagens. É importante ficar a par dos aspectos positivos e negativos que constituem esse tipo de investimento, evitando assim resultados adversos.

Vantagens

Entre os benefícios mais evidentes que as aplicações de curto prazo apresentam normalmente são:

  • Velocidade
  • Rentabilidade
  • Possibilidade de ganhar com a queda das ações
  • Alternativas de diferentes ativos

O investimento de curto prazo também pode auxiliar o investidor a construir um patrimônio mais robusto em pouco tempo, sendo uma solução viável para aqueles que almejam obter resultados duradouros de investimentos.

Banner EuIndicoRico: Indique Rico aos seus amigos e tenha acesso ao CDB 400% e/ou CDB 130% do CDI

Isso ocorre porque muitos dos investimentos de curto prazo apresentam uma taxa de rentabilidade mais elevada, inclusive quando comparados com alguns investimentos a longo prazo, por exemplo.

 Desvantagens

Ainda que sejam opções capazes de proporcionar um retorno rápido, os investimentos de curto prazo também são arriscados. Outras desvantagens são:

  • Presença de golpistas
  • Demanda acompanhamento
  • Rentabilidade menor

Conclusão

Os investimentos de curto prazo são operações financeiras caracterizadas por um risco mais elevado, porém com bastante vantagens para investidores que necessitam de um retorno mais rápido.

LCI, LCA, CDB e Tesouro Selic são alguns exemplos que possibilitam investimentos seguros de curto prazo. Há também outras alternativas, como, por exemplo, position trade, swing trade e day trade. Conhecer essas opções disponíveis torna o investimento ainda mais seguro.

Portanto, com planejamento, uma instituição financeira de confiança e conhecendo bem o seu próprio perfil de investidor, os investimentos de curto prazo se tornam excelentes alternativas.

Clique e abra sua conta na Rico