Onde investir em junho? Faça o download gratuito do relatório com as recomendações do Time Rico.

16/07/2018 00:09:00 • Atualizado em 22/03/2024 08:24:34
15 minuto(s) de leitura


Entenda o efeito do custo de oportunidade nos investimentos!

Custo de oportunidade é o valor que uma pessoa perde ao escolher entre dois ou mais tipos de investimentos. Acompanhe o conteúdo e veja como calculá-lo e qual o impacto dessa decisão nos seus investimentos.


Compartilhar:
duas mulheres analisando custo de oportunidade de um investimento

Você provavelmente lida com o custo de oportunidade em todas as escolhas do seu cotidiano. Por exemplo, o que é mais vantajoso para você em um dia de sol: estudar ou ir à praia? E quais são os os prós e contras envolvidos em cada uma dessas opções?

O custo de oportunidade não se refere somente a questões financeiras, mas também aos diferentes aspectos da vida, como tempo, energia e recursos.

Toda escolha implica na renúncia de algo. Logo, ao decidir entre duas ou mais opções, é necessário considerar todos os aspectos que poderiam ter sido obtidos caso outra opção tivesse sido escolhida.

No caso de investimentos, as decisões costumam ser difíceis de serem tomadas, pois podem envolver altos riscos e muito planejamento.

Nesse artigo você vai entender melhor sobre como o custo de oportunidade pode te ajudar a começar investir com segurança e rentabilidade.

Boa leitura!

O que é custo de oportunidade?

O custo de oportunidade se refere ao valor perdido devido a uma determinada escolha realizada. Ou seja, ao escolher uma determinada ação ou investimento, há um custo associado à renúncia das oportunidades que poderiam ter sido aproveitadas.

Esse custo não é necessariamente definido em termos monetários, podendo ser medido por benefícios, satisfação, tempo ou qualquer outra métrica relevante.

É uma forma de avaliar o valor relativo das escolhas disponíveis e considerar as consequências de longo prazo de uma decisão específica.

Por exemplo, ao optar por uma viagem, você estará abrindo mão de um investimento, por exemplo, e vice-versa.

Quais são os tipos de custo de oportunidade?

Os tipos de custo de oportunidade são: escondido, aberto, ambiental e contábil.

Confira abaixo como funciona cada um.

Custo de oportunidade escondido

O custo de oportunidade escondido é aquele que está camuflado. Ou seja, não é possível saber exatamente o que será perdido na tomada de decisão.

Por exemplo, ao escolher por um entre dois tipos de investimento, fica fácil saber qual é o custo envolvido através de uma análise de juros e ganhos na operação preterida.

Conheça quais são os melhores tipos de investimentos para seu perfil!

No entanto, há custos que não podem ser mensurados como: efeitos sobre a saúde e bem-estar, impactos nas relações sociais, oportunidades de desenvolvimento profissional, entre outros.

Esse tipo de custo permite uma análise mais abrangente das alternativas e uma tomada de decisão mais precisa, pois nos leva a considerar implicações indiretas ou de longo prazo.

Custo de oportunidade aberto

O custo de oportunidade aberto é ser explicitamente identificado e mensurável, para que seja calculado o seu custo real.

Esse tipo de custo está relacionado à alternativa mais óbvia e imediata que está sendo “sacrificada” ao tomar uma decisão específica. É utilizada, principalmente, em análises de custo-benefício para a tomada de decisão.

Assim, o custo de oportunidade aberto permite que você avalie as alternativas disponíveis e considere qual o ganho potencial que está sendo perdido ao escolher uma outra opção.

Custo de oportunidade ambiental

O custo de oportunidade ambiental é baseado no valor máximo que pode ser obtido pelo usufruto de algum recurso natural.

Por exemplo, a queima de petróleo, para a produção de combustível inviabiliza o seu uso em outros negócios, como a fabricação de copos plásticos.

Esse tipo de custo de oportunidade pode incluir: poluição, degradação ambiental, mudanças climáticas, entre outros. Principalmente em decisões econômicas, é muito importante considerar os custos ambientais relacionados às opções disponíveis.

Ao considerar o custo de oportunidade ambiental, a tomada de decisão pode ser mais consciente e sustentável,  a fim de reduzir os impactos negativos no meio ambiente.

Custo de oportunidade contábil

O custo de oportunidade contábil está relacionado ao lucro disposto por uma decisão econômica ou de investimento, com base nos princípios contábeis.

Consiste em avaliar os recursos financeiros utilizados em uma determinada atividade em relação às melhores alternativas disponíveis. Assim, o objetivo é determinar o valor financeiro das alternativas enunciadas em relação à escolha feita.

Assim, o custo de oportunidade contábil é essencial na tomada de decisão de investimentos, pois permite que sejam avaliadas as implicações financeiras das alternativas disponíveis.

Banner Campanha EuIndicoRico: Indique Rico aos seus amigos e tenha acesso ao CDB 400% e/ou CDB 150% do CDI! Clique para indicar agora!

Por que o custo de oportunidade é importante?

Ao tomar decisões, é sempre importante avaliar todo o cenário, pois apenas arriscar é uma estratégia que não funciona bem na maioria das situações.

Na área de investimentos, o custo de oportunidade está diretamente ligado às vantagens e desvantagens de cada aplicação e como elas se encaixam no seu perfil de investidor e objetivos de vida.

O custo de oportunidade ajuda a identificar as melhores oportunidades de investimento, pois você precisa avaliar todos os riscos envolvidos, o potencial de valorização e como isso tudo refletirá nos seus ganhos futuros.

Saiba quais são os principais tipos de riscos nos investimentos!

Avalie sempre os prós e os contras de aplicar o seu dinheiro em um título mais ou menos líquido, seguro e rentável, pois ao calcular os custos de oportunidade, também deve ser considerada as oportunidades perdidas.

Mas é primordial que você entenda como uma decisão vai influenciar todos os âmbitos envolvidos.

Como calcular o custo de oportunidade

O cálculo do custo de oportunidade varia de acordo com cada circunstância. Na área de investimentos, existem indicadores bastante seguros para avaliar uma decisão financeira.

As métricas mais utilizadas são a taxa Selic e o CDI, que ajudam a descobrir se retorno de investimento é maior do que os custos de oportunidades a serem avaliados.

Para consultar os valores atualizados da Selic e do CDI, basta acessar o site do Banco Central. Com isso, você poderá definir se o investimento desejado é ou não vantajoso.

Com isso, ela acaba sendo referência na remuneração de investimentos bastante conhecidos da renda fixa, como a Letra de Câmbio e o CDB.

Vamos supor que alguém escolha manter todo o seu dinheiro na poupança com um retorno médio de investimento de 0,5% ao mês, além da taxa referencial. Para saber o custo de oportunidade dessa decisão, é preciso comparar o rendimento da poupança com um título de renda fixa, como o CDB.

Alguns CDBs pagam mais de 110% do CDI, enquanto a poupança não chega perto desse valor. Com esses valores, já é possível saber qual o custo de oportunidade envolvido.

Saiba como investir em CDB 200% com o máximo de rentabilidade e segurança.

O que significa custo de oportunidade zero?

O custo de oportunidade zero se refere a um cenário em que não há perda de vantagens ao escolher uma opção em vez de outra, ou seja, não há renúncia a um benefício ao tomar uma decisão.

Na teoria, esse termo assume que não há perdas envolvidas na tomada de decisões. No entanto, na realidade, o custo de oportunidade está sempre presente, pois todas as escolhas envolvem a renúncia de algo.

Conhecer sobre custo de oportunidade te permite estar mais apto para a escolha mais adequada ao seu perfil. Isso precisa fazer parte de todos os âmbitos da sua vida, como por exemplo, escolher o melhor investimento para você.

Exemplos de custo de oportunidade nos investimentos

casal sorridente com a chave do imóvel após analisar custo de oportunidade

Confira a seguir alguns exemplos de custo de oportunidade nos investimentos:

Compra de um imóvel à vista

Digamos que você juntou dinheiro durante um tempo para realizar o seu sonho da casa própria. Mas você terá que avaliar duas situações: comprar a casa e ficar sem dinheiro depois de quitá-la ou optar por financiar tal imóvel.

Optando pelo financiamento do imóvel, você poderá investir o valor restante, a fim de pagar as parcelas seguintes com o rendimento mensal de tal aplicação.

Assim, você estaria adquirindo uma dívida e ao mesmo tempo gerando renda para pagar todas as parcelas restantes. Ao final da dívida você teria uma casa e o montante investido inicialmente.

Se você tivesse optado por comprar a casa à vista, você não teria uma dívida e seria o proprietário do imóvel, mas sem capital restante.

Ou seja, existem vantagens e desvantagens nas duas operações. A única pessoa que vai poder definir a opção que vai se encaixar melhor no seu perfil é você mesmo.

Uma dica é sempre analisar o que não está presente no contrato. Ou seja, sempre se pergunte o que você poderia perder ao realizar determinada transação e que você ganharia ao não decidir por ela.

Renda fixa e renda variável

Na escolha entre renda fixa e renda variável, é preciso entender o custo de oportunidade existente entre elas. Ou seja, saber o que cada uma delas tem a oferecer.

Ao escolher por um ativo de renda fixa, você sentirá maior segurança em relação ao retorno de investimento. Porém, o custo de oportunidade dessa escolha é abrir mão de ver o seu dinheiro render muito mais na renda variável.

Quanto mais tolerante à volatilidade você for, maior será a sua sensibilidade ao custo de oportunidade. Pois você poderá se perguntar o que poderia ter acontecido se você tivesse arriscado um pouco mais.

Independente do tipo de investimento, escolha instituições financeiras que ofereçam segurança em primeiro lugar aos seus clientes, pois existem ativos que não possuem garantias, como as debêntures.

Abra a sua conta na Rico e comece a investir com segurança para alcançar seus objetivos.

Confira também o nosso blog e o canal Rico para aprender as melhores dicas de investimento e alcançar a tão sonhada liberdade financeira!

Clique e abra sua conta na Rico