29/12/2022 09:00:00 • Atualizado em 29/12/2022 15:47:00
16 minuto(s) de leitura


13º salário: quando é pago e como calcular?

Confira as respostas paras todas suas dúvidas sobre o 13º salário. Descubra, também, quais são os melhores investimentos para seu décimo terceiro salário!


Compartilhar:
Mulher sentada em um café em frente ao computador aprendendo sobre o décimo terceiro salário (13º salário)

O 13º salário (décimo terceiro salário) é pago todos os anos no segundo semestre e gera muitas expectativas. O dinheiro extra é sempre bem-vindo, mas desperta muitas dúvidas sobre o destino a ser dado a esses recursos.  

Seja para colocar as contas em dia, cumprir metas financeiras ou investir, cada um tem planos particulares para o valor.  

Mas, afinal, qual será a quantia que você irá receber? Quem tem direito ao 13º salário? Quando ocorre o pagamento?  
 
Descubra todas as nuances da gratificação e saiba onde investir o seu 13º salário.  

13º salário: O que é o décimo terceiro salário?

O 13° salário é uma espécie de salário extra, concedida a todo trabalhador formal que atua com carteira assinada, no período final do ano. O benefício foi implementado no Brasil em 1962, através da Lei 4.090/62, durante o mandato do então presidente João Goulart.  

A gratificação de Natal garante que, a cada mês trabalhado, o empregado tenha direito ao recebimento extra correspondente a 1/12 (um doze avos) do seu salário.   

Dessa maneira, o valor do décimo terceiro é o mesmo valor do salário mensal do empregado, caso ele tenha mantido vínculo com a empresa por, pelo menos, 12 meses.  

Importância do valor do décimo terceiro salário

No Brasil, todos os trabalhadores com carteira assinada têm direito a receber uma remuneração extra no final do ano, popularmente conhecida como décimo terceiro salário.  

Mas a sua importância não é apenas legal, como também aparece na organização financeira de cada cidadão beneficiado.  

Afinal, muitos são aqueles que aguardam pelo 13º salário para realizar as mais variadas metas que dependem de dinheiro.  

Vai desde sair das dívidas, até comprar um item de grande necessidade individual ou familiar.  

Por isso, já é tradição que o planejamento financeiro do trabalhador brasileiro contemple o décimo terceiro salário.  

Baixe a Planilha Financeira da Rico. É 100% digital e gratuita. Dê o primeiro passo para organizar sua vida financeira! 

Como calcular o décimo terceiro salário?  

O cálculo do valor de direito ao 13º salário considera a quantidade de meses trabalhados em determinada empresa.  

Assim, o salário base é dividido em 12 e multiplicado pela quantidade de meses que aquele trabalhador esteve vinculado à fonte pagadora.  

No caso de contratações que aconteceram no meio do mês, é preciso ainda calcular o valor proporcional por cada dia trabalhado para fazer a conta com exatidão.  

Quando vai ser pago o 13º salário?

Qual a data da primeira parcela do décimo terceiro salário?

A primeira parcela (ou parcela única) deve ser paga até 30 de novembro.  

Qual a data da segunda parcela do décimo terceiro salário?

Ao optar pelo pagamento em duas parcelas, o empregador precisa quitar o valor restante até 20 de dezembro.  

Informações importantes sobre o 13º salário  

Mulher sentada em frente ao computador aprendendo sobre o décimo terceiro salário (13º salário)

Como fica o 13º salário após a reforma trabalhista?

A Reforma Trabalhista de 2017 não alterou as regras básicas do 13° salário.  

No entanto, como estabeleceu que os acordos negociados entre empregadores e empregados passam a se sobrepor à legislação, isso abre margens para que as partes possam negociar o pagamento do benefício em mais parcelas, por exemplo.  

Imposto de Renda sobre o décimo terceiro salário

O Imposto de Renda sobre o décimo terceiro salário é descontado automaticamente.  

Contudo, estão isentos os trabalhadores que recebem um salário mensal de até R $1.903,98.   

Antecipação das parcelas do 13º salário

O adiantamento do 13º salário pode ser solicitado para o mesmo mês no qual o trabalhador vai tirar férias.   

Isso deve ocorrer por escrito entre os dias 1º e 31 de janeiro do ano em que o benefício será usufruído.  

Por exemplo, se você planeja tirar férias em agosto de 2024, deve solicitar o adiantamento do décimo terceiro até 31 de janeiro de 2024.  

O que é descontado do 13º salário?

O décimo terceiro salário é pago ao trabalhador com descontos do Imposto de Renda (para quem recebe acima de R $1.903,98), Previdência Social e pensão alimentícia – se houver.   

Os descontos ocorrem na segunda parcela, paga até 20 de dezembro.   

Quem recebe o 13º salário?

O 13° salário é garantido para todo trabalhador urbano, doméstico, rural ou avulso que trabalha sob o regime da CLT e que tenha um vínculo em carteira de, pelo menos, 15 dias.  

Também recebe o trabalhador no ato de encerramento do seu contrato de trabalho, como pagamento proporcional aos meses trabalhados, desde que a demissão não tenha ocorrido por justa causa.  

Quem trabalha sem carteira assinada tem direito ao 13º salário?

A legislação obriga o registro em carteira de trabalho em até 48 horas após a contratação.  

Quando isso não acontece, mas o vínculo de emprego existe, o trabalhador faz jus aos mesmos direitos, o que inclui o 13º salário.  

O problema é que o empregador pode se negar ao pagamento, o que, não raro, dá origem a um processo judicial.  

Quem recebe auxílio do INSS ou Bolsa Família tem direito ao 13º salário?

Todos os beneficiários de pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão, salário-maternidade ou Bolsa Família têm direito ao décimo terceiro salário.  

13º salário para aposentados

Quem é aposentado também tem direito ao 13º salário, que é chamado de abono anual.  O prazo do pagamento pelo INSS pode variar.   

O que fazer com o 13º salário?

Veja as principais aplicações para fazer bom uso do seu décimo terceiro.  

Tesouro Direto   

O Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional, em parceria com a Bolsa de Valores (B3) , que negocia títulos públicos federais.   

Esse tipo de investimento é seguro e permite aplicações por valores abaixo de R$100.   

LCI e LCA 

Outra opção a avaliar são as LCIs e LCAs  (Letras de Crédito Imobiliário e Letras de Crédito do Agronegócio).   

São títulos emitidos por bancos e outras instituições financeiras com o objetivo de levantar capital para investimento nos setores imobiliário e do agronegócio.   

Esse tipo de título também é bastante seguro, já que conta com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até o limite de R$250 mil por CPF ou CNPJ.   

Por conjunto de depósitos e investimentos em cada instituição ou conglomerado financeiro, limitado ao teto de R $1 milhão, a cada período de 4 anos, para garantias pagas para cada CPF ou CNPJ.  

Além da segurança, as LCIs e LCAs ainda possuem isenção do Imposto de Renda.   

CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um dos investimentos preferidos dos brasileiros em renda fixa.   

Esse é um título de dívida emitido por bancos com o intuito de levantar capital para o financiamento de suas próprias atividades.  

Assim, ao investir em um CDB, é como se você estivesse emprestando dinheiro para o banco que, em troca, ao final do prazo de vencimento, vai devolver a quantia acrescida de juros.  

Os CDBs também são protegidos pelo FGC.  

Acesse o simulador de investimentos da Rico. Descubra o rendimento das suas aplicações e invista do seu jeito. É 100% digital e gratuito. 

Vantagens de investir seu 13°salário

Em vez de gastar, construir um futuro melhor. Não parece uma boa ideia?  

Conheça vantagens que você tem ao investir seu 13º salário:  

  • Você se prepara para os gastos de janeiro 
  • Tem mais liberdade para pedir demissão e se reposicionar no mercado 
  • Está mais preparado para gastos emergenciais 
  • Evita de exagerar pelo impulso nas compras de fim de ano 
  • Você tem uma chance de fazer um aporte maior nos seus investimentos com o salário “extra” 

Como começar a investir?

Se você concorda com a ideia de investir o valor do seu décimo terceiro salário, vai gostar de saber que esse é um processo muito fácil.  

Confira quais são as etapas:  

  1. Primeiro, você precisa escolher uma corretora de valores de confiança e que ofereça produtos financeiros alinhados ao seu perfil. Essa corretora é a Rico – abra sua conta agora.  
  1. Com a conta aberta, é preciso transferir os valores da sua conta bancária a partir de uma TED de mesma titularidade.  
  1. Com o dinheiro na conta, observe seu perfil de investidor e avalie cada uma das aplicações sugeridas entre ativos de renda fixa e variável.  
  1. Escolhido o tipo de investimento a fazer, é só confirmar a ação e acompanhar o seu desempenho.  

Pronto! Você se tornou um investidor e vai fazer seu 13º salário render muito mais!  

O papel da Rico é mostrar que investir é para você e aqui você aplica seu dinheiro de um jeito simples, rápido e descomplicado.      

Na Riconnect, nossa plataforma de conteúdos, você encontra relatórios e análises     

exclusivas dos nossos analistas financeiros e tem acesso a diversos conteúdos educativos que vão te ajudar a expandir os seus conhecimentos.      

Comece a investir na Rico e alcance suas metas financeiras 😉    

Agradecemos a leitura!      

Com a Rico você investe de um jeito simples, rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.