novembro 18, 2019

Confira as ações mais baratas do Ibovespa e suas vantagens!  

Investir nas ações mais baratas da bolsa pode ser uma ótima opção se você quer lucrar no longo prazo, principalmente por conta da ação dos juros compostos

Essa estratégia é ótima para quem acompanha os preços das cotações. A regra do investidor em ações é comprar na baixa e, se ele opera no curto e médio prazo, vender na alta.

Entretanto, como avaliar a alta e a baixa das ações e entender se é um bom negócio investir em ações mais baratas?

Existem duas formas de fazer isso: com análise fundamentalista, observando o valor intrínseco da empresa a longo prazo (ativos, fluxo de caixa, potencial no mercado), e com a análise gráfica (flutuações da cotação no curto prazo).

Você pode combinar essas estratégias ou optar por apenas um tipo.

Tornando-se capaz de analisar as ações mais lucrativas do mercado, alcançar a sua independência financeira pode ser só questão de tempo.

Neste artigo, você vai:

  • Conhecer as vantagens e desvantagens de investir nas ações mais baratas da bolsa;
  • Saber quais são as ações mais baratas da bolsa;
  • Conhecer as dicas para analisar e descobrir quais as ações mais baratas da bolsa valem a pena;
  • Saber como começar a investir nas ações mais baratas da bolsa.

Boa leitura!

Quais as vantagens e desvantagens de de investir em ações mais baratas na Bolsa de Valores?

acoes mais baratas da bolsa vantagens e desvantagens

Pra você entender melhor: quando falamos em buscar pelas ações mais baratas da bolsa, nos referimos a busca por empresas subprecific adas, ou seja, com alto potencial de valorização. 

Um exemplo na prática é a queda das ações da Petrobras no período da greve dos caminhoneiros e a mudança na política de preços, que aconteceu no ano de 2018.

Na época, o preço caiu muito abaixo do que a empresa realmente vale. Isso aconteceu devido ao medo dos investidores diante da incerteza do futuro da empresa.

Mas o que é fato nesse exemplo?

  • A Petrobras é um dos pilares da Bolsa 
  • É líder no seu mercado 
  • Tem ótimo potencial 
  • Traz lucros 

Mesmo com o curto prazo comprometido, a tendência é que esses fatos não mudem e essa desvalorização seja momentânea. Como, de fato, foi. 

A greve aconteceu entre os dias 21 de maio e 1º de junho de 2018. Já em outubro do mesmo ano, a cotação das ações da Petrobras já havia se recuperado, como mostra o gráfico:

petrobras acoes mais baratas na bolsa
Gráfico capturado dia 23/10/2019

No auge do ano, a cotação passou de R$ 27. Trinta dias depois chegou a custar menos de R$ 15. É uma perda de quase metade do valor.

O que isso significa? Liquidação de um ótimo produto. Atualmente, em 2021, a cotação já está em mais de R$ 28 e, ao que tudo indica, ainda pode subir mais.  

Mas cuidado, investir nas ações mais baratas da bolsa possui vantagens e desvantagens. E elas precisam ser pesadas por você, a fim de descobrir se vale ou não a pena comprá-las.

Vantagens

Uma das maiores vantagens de investir nas ações mais baratas da bolsa é o espaço que elas possuem para se valorizarem.

Quando uma empresa de qualidade possui uma perspectiva negativa de curto prazo, tudo o que ela precisa fazer é permanecer neutra para lucrar a longo prazo.

E se essa mesma empresa voltar a ter um lucro normalmente, ela já está diante da sua reprecificação.

Se uma empresa já estiver em alta, ela pode ainda apresentar mais espaço para um futuro crescimento. Mas, cuidado, depois de um pico histórico, pode ocorrer a correção. Então, busque se informar bem para se posicionar em um mercado já aquecido.

Outra vantagem é que as ações mais baratas da bolsa apresentam uma ótima margem de segurança. Como o valor desses papéis está baixo, é necessário que muita coisa dê errado para que você realmente perca dinheiro.

Ou seja, elas apresentam uma maior proteção ao risco de queda do que outros papéis que possuem um alto crescimento implícito.

Com isso, o investidor tem grandes chances de lucro apesar das oscilações do mercado.

Desvantagens

Uma das desvantagens de investir nas ações mais baratas da bolsa é a dificuldade em encontrar empresas que realmente valem a pena.

Existem alguns momentos importantes ao longo do ano como:

  • Período anterior à divulgação de resultados
  • Queda brusca por conta de mudanças de curto prazo

No entanto, cuidado para não identificar toda queda como oportunidade.

Muitos investidores encararam a queda das empresas de Eike Batista como oportunidade, mas foi uma queda definitiva. Se você identificar esse momento em alguma empresa, é uma oportunidade de apostar nas ações mais baratas no mercado de opções.

Além disso, é necessário que você possua experiência, disposição e tempo para que essa tomada de decisão seja certeira.

Para isso, você precisa procurar investir nas ações mais baratas da bolsa que sejam lucrativas e que possuam um baixo endividamento.

Qualquer empresa enfrenta desafios eventualmente. Porém, se ela possuir essas duas características, com certeza, vai enfrentar os contratempos com mais facilidade.

Você também pode ficar atento ao índice preço/lucro (P/L) da ação. O P/L mostra quanto tempo você demoraria para reaver o dinheiro aplicado.

Para isso, basta dividir o preço de mercado de determinado papel pelo lucro líquido da empresa em questão.

Quanto menor o resultado, ações mais baratas serão geradas. Porém, cuidado, ela pode ter motivos para estar barata.  

Então, busque ações líquidas que estejam sendo diariamente negociadas.

Outra desvantagem é lidar com uma ação que apresenta um baixo volume de negociação.

Por conta disso, elas podem acabar sendo bastante arriscadas para o acionista que pode acabar ficando impossibilitado de resgatar seus recursos a qualquer momento.

Então, busque sempre diversificar as suas aplicações. Jamais aposte na compra de ações de uma empresa só. É interessante diversificar seus investimentos por companhias e por setores.

Entretanto, esse pode acabar sendo um outro empecilho para um acionista pequeno. Por ter pouco dinheiro, ele pode acabar tendo dificuldade nessa diversificação.

Para você ficar de olho nos principais conteúdos do setor, a Rico criou um grupo no Telegram aberto para todos aqueles que querem receber nossas análises de investimento, conteúdo e notícias úteis sobre renda variável. Quer participar? É só clicar aqui para acessar!  

Quais são as ações mais baratas na bolsa hoje?

 cadernos ao fundo, na frente dados e índices de gráficos.
As ações mais baratas da bolsa podem render ótimos lucros

Por conta da variação de mercado, o valor dos papéis de algumas empresas caem, fazendo com que eles sejam negociados abaixo do seu valor patrimonial, ou seja, se tornem ações mais baratas.

No entanto, a fim de encontrar essas ações mais baratas da bolsa, você precisa levar alguns fatores em consideração. 

Lembre-se que o valor patrimonial de uma empresa não incorpora bens intangíveis, como softwares ou patentes. Ou seja, você não pode levar apenas o P/VPA em consideração. 

Estadão divulgou uma pesquisa sobre as ações mais baratas da Bolsa de valores. Os dados são de 2021. Conheça a lista agora: 

Setor Companhia Ativo Preço-Alvo 
Indústria Embraer EMBR3 R$ 19,59 
Bancos Banco do Brasil BBAS3 R$ 50,84 
Shoppings Centers brMalls BRML3 R$ 15,10 
Varejo Alimentar Pão de Açúcar PCAR3 R$ 55,00 
Energia Transmissão Paulista TRPL4 R$ 31,81 
Varejo de Vestuário Marisa AMAR3 R$ 9,50 

Os riscos para a empresa um horizonte de tempo maior se dá principalmente pelo nível de produção de minério do mundo, além do preço da commodity.

Existem ações que custam menos de 1 Real na Bolsa? 

Sim, eventualmente, você vai encontrar algumas opções de ações na Bolsa que custam menos do que R$ 1. São as chamadas Penny Stocks. Essas são, literalmente, as ações mais baratas. 

Esse é o caso das ações da Oi (OIBR3) e Saraiva (SLED3), por exemplo, mas que também sofrem oscilações, chegando até R$1,50.  

Contudo, a Bolsa de Valores estabelece regras para inibir a negociação de ações abaixo de R$ 1. 

Ao detectar que uma ação foi negociada com valor menor do que R$ 1 por 30 pregões consecutivos, a Bolsa envia uma notificação para a empresa. 

A partir do seu recebimento, ela tem 15 dias para apresentar uma solução. 

Na maior parte das vezes, as empresas optam pelo agrupamento de ações, para reduzir o número de papéis em circulação e elevar o valor dos ativos. 

Antes de realizar essa operação, contudo, a empresa precisa comunicar formalmente o mercado sobre o seu projeto. 

E as ações abaixo de 5 Reais, quais são?

O Bolsa de Valores conta com centenas de ativos, cujos preços variam de centavos até centenas de reais. 

Nesse sentido, você pode encontrar muitas opções de ações negociadas com valor menor do que R$5. 

Confira algumas delas, segundo cotação em 25 de junho de 2021:

  • BR Brokers (BBRK3): R$ 3,00
  • AES Tietê (TIET4): R$ 3,30
  • Forjas Taurus (FJTA): R$ 4,70
  • Marcopolo (POMO3): R$ 3,30
  • Banco Pine (PINE4): R$ 3,15.

Quais as ações que mais oscilam na bolsa? 

No mercado de renda variável, as oscilações são bastante comuns, seja nas ações mais baratas ou não. Porém, em alguns casos, pode haver oscilações muito acima do normal, tanto de alta quanto de baixa.  

Confira algumas das ações que mais subiram em 2021 e outras que mais caíram.  

Maiores Altas em 2021

  • Eneva (ENEV3): R$ 18,46, +25,84% 
  • BRF (BRFS): R$ 25,76, +23,91%
  • Cielo (CIEL3): R$ 4,21, +23,10%
  • Ambev ([ABEV3]): R$ 17,95, +20,15%
  • Cia. Hering (HGTX3): R$ 32,90, +19,99%

Maiores Baixas em 2021

  • Suzano (SUZB3): R$ 60,73, -11,56%
  • Banco Inter (BIDI11): R$ 68,33, -11,53%
  • Usiminas (USIM5): R$ 19,86, -11,49%
  • B2W (BTOW3): R$ 59,75, -11,24%
  • Locaweb (LWSA): R$ 26,16, -9,07%

Qual o atual cenário de investimentos?

O ano de 2021 vem se mostrando positivo para a Bolsa de Valores e, assim como todos os anos, possui ações bem voláteis, no entanto, possui suas ações mais baratas e mais caras. Mas qual as mais promissoras na bolsa? 

Desde 2019, o mundo encara a pandemia do COVID-19 e esse fato tem causado grandes impactos nos investimentos

No entanto, com a chegada das vacinas, o cenário mostrou-se mais positivo. 

Em junho de 2021, a B3 bateu 130 mil pontos, acumulando oito altas, essa é a maior série desde 2018. 

De março a junho, houve um avanço de 1,2% no PIB do 1º semestre do ano, mas ainda num cenário negativo frente ao desemprego e à inflação. O G1 indica a seguinte variação: 

Gráfico-ibovespa-2021-G1
Fonte: B3 

Além do avanço das vacinas, há a influência do mercado externo, que após crises devido a desaceleração da China e a guerra comercial com os EUA, em 2019, cresce em detrimento ao pacote trilionário e ajuda econômica. Desta forma, o mercado dos EUA presencia um cenário otimista,  que reflete no Brasil. 

Sobre as taxas de juros no Brasil e exterior, em junho, foi atingido a taxa de 4,25%, com tendência de novas altas. 

A evolução da taxa selic, por exemplo, apresenta-se da seguinte forma: 

Evolução taxa selic
Fonte G1 e Banco do Brasil 

Segundo  Claudia Yoshinaga, coordenadora do Centro de Estudos em Finanças da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV), “A evolução da vacinação começa a dar uma perspectiva positiva para o país e cria uma luz no fim do túnel para a gente”. No entanto, a projeção é conservadora. 

No mais, se o seu objetivo principal é lucrar com a cotação da ação, deve buscar por ações mais baratas que estejam avaliadas e que realmente valem e, portanto, têm maior potencial de valorização.  

Você pode começar estudando melhor as ações que citamos anteriormente neste texto. 

6 dicas para analisar e descobrir ações baratas que valem a pena

cadernos sob a mesa e homem mexendo no notebook.
 
Analisar uma empresa antes de comprar uma ação é fundamental, principalmente em ações mais baratas. 

Descobrir ações baratas na bolsa e que valem a pena não é uma tarefa tão simples assim. Ainda mais porque é muito difícil investir quando todo mundo está vendendo.  

Com isso, muitas pessoas acham um pouco estranho entrar no mercado quando todo mundo parece estar fugindo dele. 

Porém, existem diversas empresas com ótimos registros de rentabilidade e que são inovadoras ou pioneiras em seus nichos de atuação. 

Não esqueça que, quando um papel apresenta um preço baixo, ele possui um ótimo potencial de valorização futura

Então, é preciso que você saiba analisar bem o mercado, a fim de descobrir quais são as ações baratas que realmente valem a pena. Conheça 6 dicas para não errar nessa análise: 

1. Conheça bem qual o cenário do mercado atual e projeções para o futuro

Comprar as ações mais baratas da bolsa não é sinônimo de lucro. Você precisa ter paciência para conseguir esperar que os preços subam. E tenha em mente que isso não acontece da noite para o dia.

A uma primeira vista, pode parecer fácil comprar uma ação quando os seus preços se encontram próximos ao fundo do gráfico.

Porém, esses fundos normalmente se formam em meio a crises econômicas e, com elas, vêm as piores rentabilidades da bolsa de valores, as piores previsões do mercado e as piores notícias no geral.

Com isso, um clima de tensão é gerado constantemente e quem tem ações luta para vendê-las a qualquer custo, a fim de não perder tudo. Desta forma, quase ninguém quer comprar com medo do incerto.

Assim, os preços costumam cair junto com a procura. E isso potencializa cada vez mais o pessimismo gerado e a tendência de baixa da ação.

Normalmente, esse é o cenário que você vai encontrar durante momentos difíceis, nos quais há ações baratas no mercado.

Então, para não sofrer com as incertezas e nem com a oscilação emocional, conheça bem o cenário atual do mercado e pesquise sobre as projeções daquela ação para o futuro.

2. Tome medidas que deixem seu investimento mais seguro

Uma das formas mais simples e eficientes que existem para diminuir o risco de perda de dinheiro é a diversificação.

Você precisa diversificar os seus investimentos e as empresas em sua carteira.

Ou seja, invista no máximo 50% do seu capital em ações ou em renda variável no geral. Direcione o restante para a renda fixa, onde a segurança é maior e os lucros mais previsíveis.

Além disso, é fundamental que você invista em alguns setores de empresas diferentes.

Com isso, você fica bem mais tranquilo se algo der errado no meio do caminho. Agir dessa maneira também vai proporcionar um maior controle emocional a você, evitando que você venda ações cedo demais, mesmo as que se apresentam como ações mais baratas.

3. Foque nas ações de longo prazo

A bolsa oscila diariamente e isso é completamente normal. Então, é importante que você encare as quedas dos preços das ações como um ótimo momento para comprá-las por um preço mais baixo.

Faça uma análise desses papéis. Nunca esqueça que bons ativos apresentam facilidade em sua recuperação, uma vez que dispõem de recursos financeiros e estratégia para isso.

4. Faça as simulações com base nos seus objetivos

É importante que você fique atento às projeções futuras das ações mais baratas da bolsa.

Para isso, faça simulações de preço para esses papéis baseadas nos seus objetivos.

Leve em consideração todos os fatores que julgar importantes, como o poder de recuperação da empresa, indicadores de eficiência e rentabilidade.

5. Opte por empresas consolidadas e com bom histórico

A fim de ter uma maior segurança, é essencial que você opte por investir em empresas que possuem no mínimo 10 anos de participação na bolsa de valores.

Quanto maior esse tempo for, melhor.

Isso mostra se a empresa em questão tem ou não capacidade e experiência para continuar sendo rentável depois de crises e baixas nos preços de suas ações.

Se seguir esse padrão, comprar ações mais baratas será um processo mais tranquilo, principalmente para o perfil conservador

6. Conte com o apoio de especialistas como a equipe da Rico

É essencial que você conte com o apoio de experts no momento de tomar alguma decisão de compra de ações.

Rico possui uma equipe de especialistas que está à sua disposição, a fim de ajudar você a fazer sempre as melhores escolhas para a sua vida financeira.

Então, não perca tempo e abra agora mesmo uma conta totalmente gratuita na Rico.

Você terá acesso gratuito à InvesTV – esse é um ambiente onde nossos analistas dão dicas de investimento de segunda a sexta, durante o horário comercial.

Comece a investir em ações mais baratas e lucrativas!

O primeiro passo para investir nas ações mais baratas da bolsa é entender que o mercado de ações não é um jogo. Então, você não pode apenas jogar o seu dinheiro lá esperando que dê certo.

Por isso, você precisa estudar bem cada companhia antes de decidir investir em alguma delas.

Se uma empresa for boa, suas ações serão valorizadas. Porém, pode ser que ela esteja passando por um momento ruim por conta de uma influência interna ou externa.

Para isso, é importante que você fique atento a alguns aspectos, como:

  • Fluxo de caixa
  • Projetos no longo prazo
  • Endividamento

Ao comprar uma ação, você precisa considerar que essa empresa vai voltar a prosperar.

Além disso, o quanto antes você começar a investir, mais cedo conseguirá alcançar os seus objetivos e a sua liberdade financeira.

Então, não perca mais tempo e comece a investir hoje mesmo!

Conclusão

acoes mais baratas da bolsa conclusao
As ações baratas precisam ser estudadas antes da compra.

Investir nas ações mais baratas da bolsa de valores pode render ótimos lucros. 

Mas, para isso, você precisa seguir as dicas e lembrar das importantes informações deste conteúdo. 

Por fim, é muito importante que você pratique a diversificação em seus investimentos. Jamais coloque todo o seu dinheiro em uma única operação. 

Foque no longo prazo. Ações mais baratas dificilmente vão se valorizar em um curto espaço de tempo.  

Opte por empresas consolidadas e que possuam um bom histórico de recuperação após momentos de baixa. 

Então, se você quiser ver o seu dinheiro crescer e entrar com o pé direito na bolsa de valores hoje, o primeiro passo é abrir a sua conta na Rico. Comece agora mesmo e acelere a realização dos seus sonhos! 

Este artigo foi útil para você? Então, deixe um comentário. 

Obrigado por ler até aqui!