Onde investir em 2024? Saiba como começar a investir ainda esse ano.

19/07/2023 13:31:35 • Atualizado em 13/05/2024 16:27:23
18 minuto(s) de leitura


O que é Tesouro Nacional, títulos e como funciona

Descubra o que é o Tesouro Nacional e como você pode investir nos títulos do Tesouro Direto para alcançar suas metas e objetivos nesse artigo completo!


Compartilhar:
A imagem mostra uma foto de uma pessoa com feliz porque está investindo no tesouro direto.

O Tesouro Nacional representa o caixa do Governo Brasileiro. Ele é administrado e contabilizado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), que também emite títulos da dívida pública do país.

Isso mesmo, o Tesouro Nacional também pode captar recursos através de investimentos, assim como qualquer instituição privada.

Ele gera títulos que são pequenos pedaços da sua dívida e qualquer pessoa pode comprar esse ativo e se tornar um credor do Tesouro.

Ele o faz com um programa de investimentos muito importante para o mercado financeiro: o Tesouro Direto.

Dentro desse programa existem os títulos do Tesouro Direto. Eles têm se tornado cada vez mais populares, principalmente por conta da sua rentabilidade e a impopularidade crescente da caderneta da poupança.

O que é Tesouro Nacional?

O Tesouro Nacional é o “caixa” do Brasil.

Ele é responsável por receber e administrar o capital do Estado, avaliar sua situação fiscal e fazer relatórios periódicos. Ou seja, é como se fosse o “contador” do país.

Além de administrar a dívida pública da União, essa secretaria também gerencia o saneamento financeiro dos Estados e seus municípios.

A missão da STN (Secretaria do Tesouro Nacional), segundo o seu próprio site, é:

“Gerir as contas públicas de forma eficiente e transparente, zelando pelo equilíbrio fiscal e pela qualidade do gasto público”.

O Tesouro Nacional tem um papel fundamental em orientar o equilíbrio fiscal, fiscalizar e gerenciar a conta pública.

Em outras palavras, a STN é o radar da conta pública e ele está indicando que a economia está em rota de colisão se não cortarem as despesas, uma vez que os tributos no Brasil já são elevadíssimos.

Como funcionam os títulos Tesouro Nacional

Os títulos do Tesouro Nacional, ou títulos da Dívida Pública Federal (DPF), possuem um papel importantíssimo no mercado e no Governo.

Eles são um instrumento de equilíbrio fiscal e servem para geração de recursos junto à sociedade e o principal objetivo é financiar as despesas públicas.

As duas principais razões para emissões de títulos são:

financiar o déficit orçamentário (incluindo o refinanciamento da dívida pública)

realizar operações para fins específicos, definidos em lei

Ao investir em um título público, você se torna um credor do Governo. Em troca, ele paga uma taxa de juros que pode ser fixa, indexada ou híbrida.

[E-book] Começar a investir é simples

Quer investir, mas não sabe como começar? Acesse o nosso material completo que vai te ajudar a dar os primeiros passos no mundo dos investimentos!

Preencha seus dados e baixe nosso material!

Enviando...

Ao prosseguir, seus dados podem ser usados pelo Grupo XP Inc. para promover suas atividades, incluindo o envio de ofertas de produtos/serviços. Você pode se opor a tal recebimento a qualquer momento, por meio do próprio canal de recebimento. Acesse a Política de Privacidade para mais detalhe.

envio com sucesso

Agradecemos o download!

Aproveite as informações do material e veja como começar a investir é simples.

Download

Por ser emitido pelo STN, através do sistema do Tesouro Direto, você tem total segurança de que receberá conforme combinado já que a própria economia brasileira é a sua garantia. Para que haja um calote do Estado, a situação precisaria ser muito pior do que a última crise.

Outro lado positivo de investir nos títulos públicos é que eles são uma ótima alternativa à poupança já que rendem muito mais e possuem mais liquidez (agilidade para encerrar o investimento e colocar o dinheiro no bolso).

Com a Rico você investe de um jeito simples, rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.

Títulos do Tesouro Nacional: quais são e características

A imagem mostra algumas moedas empilhadas e ícones em referência aos investimentos em tesouro direto.

Se você está começando a investir agora, o Tesouro Direto é o investimento mais recomendado para você.

Os papéis do Tesouro são muito seguros e versáteis. Ou seja, existem opções com prazos e rentabilidades que atendem diversos objetivos.

Você pode desde construir a sua reserva de emergência de curtíssimo prazo até investir para a faculdade dos seus filhos. Tudo depende dos seus planos e claro, dos títulos que escolher.

Conheça a seguir cada um deles a fundo:

Tesouro Selic (LFT)

O Tesouro Selic ou Letra Financeira do Tesouro (LFT) é o investimento que todos podem ter em carteira.

Apesar de ter um vencimento longo, ele pode ser revendido a qualquer momento para o Tesouro Nacional sem perda de rentabilidade. Por isso, é considerado um ativo de curto prazo.

Muitos investidores guardam seu fundo de emergência no Tesouro Selic.

A sua rentabilidade é pós-fixada e varia de acordo com a Selic, que atualmente está em 13,75%.

Tesouro Prefixado (LTN)

O Tesouro Prefixado ou Letra do Tesouro Nacional é um título da dívida pública que tem uma taxa fixa de rendimento.

Ou seja, você sabe desde o início qual será a sua rentabilidade. A sua taxa não varia sobre nenhum índice, como acontece no Tesouro Selic.

Esse é um ótimo investimento de médio prazo, principalmente com a Selic em baixa.

O Tesouro Prefixado pode trazer um ótimo retorno se você fizer uma venda antecipada no momento certo, assim como outros títulos públicos com rentabilidade parcialmente fixada.

Sabe como? Se a Selic continuar em queda, o Tesouro Prefixado é valorizado pelo mercado, já que a sua taxa de rentabilidade será superior à praticada no mercado.

Por isso, ao revender, você pode ganhar um prêmio maior do que o combinado.

O inverso também é verdade. Se você vender antecipadamente esse título em um momento em que a Selic está subindo, você pode perder dinheiro.

Por isso, é recomendado que você sempre invista nos títulos de longo prazo com o intuito de levar a aplicação até a data de vencimento.

Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F)

Esse título é mais recomendado para quem quer receber os rendimentos constantemente em sua conta, para complementar sua renda.

O Tesouro Prefixado com Juros Semestrais paga cupons de juros a cada seis meses. Os pagamentos semestrais, nesse caso, representam uma antecipação da rentabilidade contratada.

Os cupons pagos possuem incidência do Imposto de Renda. Então, conforme o tempo passar, você pagará menos impostos.

Tesouro IPCA+ (NTN-B Princ)

O Tesouro IPCA+ mistura dois tipos de rentabilidade: uma indexada à inflação e outra prefixada.

Ele também é um investimento de longo prazo e é recomendado para quem deseja manter o poder de compra por longos anos. Ao investir neste título, você tem a garantia de que receberá uma rentabilidade superior à inflação.

Ou seja, é o único título do Tesouro que pode garantir uma rentabilidade real, acima da inflação.

Assim, ele é indicado para quem deseja poupar para a aposentadoria, compra de casa e estudo dos filhos, dentre outros objetivos de longo prazo.

Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B)

Semelhante ao Tesouro IPCA+ principal, este título paga cupons semestrais, como o Tesouro Prefixado com Juros Semestrais. Ele também é recomendado para quem quer ter uma rentabilidade acima da inflação, e complementar a sua renda.

Está com dúvidas sobre qual título escolher? Confira as dicas deste vídeo:

Qual o rendimento do investimento no Tesouro Nacional

Como dito, os títulos do Tesouro Nacional possuem uma ótima rentabilidade. Se forem levados até a data de vencimento, todos eles vencem da poupança.

É possível ganhar até 3,2 vezes mais investindo no Tesouro Direto do que na poupança.

Trata-se de uma boa diferença, certo?

Para entender melhor sobre o rendimento dos títulos do Tesouro Nacional, é importante entender os indicadores que são atrelados a esse tipo de investimento, como o IPCA e a taxa Selic.

Além disso, em nosso site, você pode acessar o nosso simulador do Tesouro Direto para entender qual o rendimento específico baseado em seus objetivos e metas específicas.

Taxas e tributação do Tesouro Nacional

Apesar da taxa de corretagem ser ZERO na Rico, existem outras taxas e tributos que você paga ao investir no Tesouro e como bom investidor, deve estar ciente de cada uma delas.

Taxa de custódia

Essa é a taxa cobrada pela B3 para custodiar e intermediar a negociação entre você e o Tesouro.

A taxa de custódia do Tesouro Direto é equivalente a 0,25% ao ano. Essa taxa incide sobre o total aplicado e não somente sobre a rentabilidade.

Imposto de Renda

Esse é o maior custo de investir no Tesouro Direto. Ele diminui de acordo com o tempo que você deixa seu dinheiro aplicado. Ou seja, a tabela é regressiva:

  • Até 180 dias = alíquota de 22,5%;
  • De 181 a 360 dias = alíquota de 20%;
  • De 361 a 720 dias = alíquota de 17,5%;
  • Acima de 720 dias = alíquota de 15%.

IOF

Ele começa em 96% do rendimento no primeiro dia de investimento e 0% ao fazer o resgate com 30 dias de aplicação. Então, evite resgatar no primeiro mês.

Nº DiasAlíquotaNº DiasAlíquotaNº DiasAlíquota
196%1163%2130%
293%1260%2226%
390%1356%2323%
486%1453%2420%
583%1550%2516%
680%1646%2613%
776%1743%2710%
873%1840%286%
970%1936%29 3%
1066%2033%300%

Spread do Tesouro Direto

O Spread do Tesouro Selic incide apenas sobre o rendimento e apenas se você resgatar antecipadamente.

Ele é a diferença entre a taxa de investimento combinada no momento da aplicação e a taxa praticada no momento do resgate.

Ou seja, no Tesouro Nacional, se você comprar um título e revender alguns minutos depois, o título desvaloriza em 0,01%.

Como investir no Tesouro Nacional? 

A imagem mostra algumas moedas caindo, em referencia aos investimentos em Tesouro Direto.

Você só precisa de um CPF válido, internet e uma conta em uma instituição financeira que faz esse tipo de aplicação – que pode ser aberta agora mesmo em alguns minutos.

Com a Rico você investe de um jeito simples, rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.

Acesse a área do Tesouro Direto na Rico

Depois de criar a sua conta, você só precisa logar na sua conta Rico e acessar a opção Tesouro Direto no menu lateral direito.

Escolha o melhor título para você

Tome essa decisão com calma e atenção. Uma boa dica para você não errar ao investir é sempre ter um objetivo. Assim, você terá mais clareza quanto ao prazo de investimento que está procurando, assim como rentabilidade, risco e etc.

Não se esqueça de sempre escolher investimentos que estejam alinhados com o seu perfil de investidor e focar na diversificação.

Simule o investimento

Você ainda pode simular o investimento. Basta clicar e arrastar o ativo até a aba ‘Simular Investimento’. Nesta aba, você pode escolher o valor da aplicação a ser simulada.

Clique em comprar

Se tiver qualquer dúvida, você pode entrar em contato com a equipe da Rico.

Mas se estiver decidido, clique no botão azul ao lado do investimento listado. Após esse passo, uma janela será aberta com mais detalhes do investimento.

Nesta janela, você definirá o valor a ser investido. Ele deve estar disponível em sua conta na corretora. Depois, basta inserir a sua assinatura eletrônica e clicar em ‘Comprar’.

Pronto! Agora você é um investidor do Tesouro Direto.

Em síntese, como vimos ao longo do conteúdo, a Secretaria do Tesouro Nacional é um importante órgão do Ministério da Economia. Ela é encarregada de administrar e contabilizar a dívida pública da União, manter equilíbrio nas contas públicas e emitir títulos de dívida do Tesouro.

Esses títulos são comercializados através do sistema do Tesouro Direto.

Se você está começando a investir agora, é recomendado que você inicie sua carteira de aplicações pelo Tesouro Selic.

Para continuar investindo de maneira descomplicada e saber tudo o que acontece no mercado e quais movimentações impactam seus investimentos, acompanhe nosso portal de conteúdos Riconnect e nosso canal no Youtube!

Clique e abra sua conta na Rico