Realize suas metas em 2024! Acesse o ebook "Da meta ao investimento" e conheça os melhores investimentos para realizar seus objetivos.

23/02/2024 08:00:00 • Atualizado em 13/03/2024 16:06:46
14 minuto(s) de leitura


Quanto rende 100 reais em Fundos Imobiliários? Entenda

Fundos Imobiliários (FIIs) são considerados um dos melhores ativos para começar a investir com pouco. Se você tem 100 reais e vai aplicar nesse investimento, saiba que o rendimento de um Fundo Imobiliário tem duas fontes principais: valorização e dividendos. Neste post vamos explicar melhor como funciona sua rentabilidade.


Compartilhar:
Homem busca quanto rende 100 reais em Fundos Imobiliários em seu smartphone para começar a investir.

Você está buscando diversificar sua carteira de investimentos e quer saber quanto rende 100 reais em Fundos Imobiliários?

Fundos Imobiliários são considerados um dos melhores ativos para iniciar no mercado de renda variável e as razões são diversas: volatilidade menor em relação a outros tipos de investimentos, proventos constantes, liquidez e muito mais!

Nesse artigo, você vai descobrir quanto rende 100 reais em Fundos Imobiliários e outras informações importantes para começar a investir nessa modalidade. Boa leitura!

O que são FIIs?

Os Fundos de Investimento Imobiliários (FIIS) são fundos de investimentos que aplicam o dinheiro em ativos imobiliários, como prédios comerciais, hospitais, shoppings, hotéis, Certificado de Recebível Imobiliário, entre outros.

Dessa forma, investindo em FIIs, os investidores compram participações daquele bem e passam a lucrar com a sua valorização e receitas desses ativos.

Tipos de FIIs

Os Fundos Imobiliários são divididos em alguns tipos, portanto, você pode escolher uma entre diversas opções disponíveis.

Os principais tipos de FIIs e suas características são:

  • Fundos de papel: investimentos que representam direitos de créditos imobiliários, compostos por títulos de renda fixa como os CRIs, LCIs, LHs, debêntures e outros;
  • Fundos de tijolo: os investidores aplicam capital diretamente em imóveis comerciais, residenciais ou rurais, e recebem parte das receitas geradas por eles sob a forma de dividendos;
  • Fundos de fundos: os ativos dos investidores são usados para comprar cotas de outros Fundos Imobiliários, tendo como rendimento a valorização e proventos dessas cotas;
  • Fundos de desenvolvimento: essa modalidade investe em imóveis ainda na fase de construção, para, após a finalização do projeto, poder lucrar com a venda ou aluguel dessas propriedades;
  • Fundos híbridos: combinam diferentes ativos, especialmente os fundos de papel e os fundos de tijolos, proporcionando uma carteira mais diversificada para o investidor.

Em relação a essa escolha, é importante sempre considerar o seu perfil de investidor e seus objetivos no mercado de investimentos.

Clique aqui e acesse o Simulador de Investimentos da Rico. Descubra o rendimento das suas aplicações e invista do seu jeito. É 100% digital e gratuito.

Por que investir em FIIs?

O investimento no mercado imobiliário é uma das melhores opções para investir em imóveis, ganhar uma fonte de renda passiva e aumentar o patrimônio.

Tradicionalmente, para investir em um imóvel, você precisaria desembolsar uma alta quantia para comprar a propriedade, reformar e, posteriormente, alugar ou vender com a valorização do mercado,

Embora seja a opção mais comum, além do alto investimento, você precisa lidar com toda a transação e outras burocracias por meses.

Por outro lado, com os Fundos Imobiliários, é possível investir nesse setor com apenas R$ 100,00 em poucos segundos e ainda obter excelentes resultados!

A facilidade de investimento não é a única vantagem dos FIIs, que também garantem benefícios como:

  • Pagamento de dividendos: são ativos que pagam proventos com constância todo mês na mesma data, então, é como se você realmente recebesse um aluguel pelo seu “imóvel”.
  • Efeito bola de neve: supondo que você descobriu quanto rende 100 reais em Fundos Imobiliários por mês e resolveu reinvestir esse valor todos os meses, é como se os rendimentos gerados produzissem mais rendimentos.
  • Volatilidade: mesmo sendo um investimento de renda variável, os preços dos FIIs variam menos do que as ações, proporcionando uma melhor estabilidade para o seu patrimônio
  • Liquidez: diferente dos imóveis, que podem demorar meses para serem vendidos, os Fundos Imobiliários são negociados na Bolsa de Valores, cuja transação pode ocorrer rapidamente.
  • Diversificação: em uma única cota, você pode conseguir investir em mais de um imóvel ou papéis, garantindo uma boa diversificação dos seus ativos e maior estabilidade de rendimentos.

Para que essas vantagens sejam aproveitadas ao máximo, é importante saber escolher qual dos tipos de FIIs é mais adequado para os seus objetivos e perfil de investidor.

Inclusive, por isso é importante contar com a orientação de um especialista na área, bem como escolher uma carteira de investimentos que te ofereça acesso aos melhores ativos disponíveis no mercado.

Com a Rico você faz tudo em um lugar só! É rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico.

Quais os riscos de investir em FIIs?

Assim como todo investimento, os Fundos Imobiliários possuem alguns riscos, que você deve estar atento no momento de contratar esse ativo.

O principal desafio de quem investe no mercado imobiliário é a possibilidade de vacância, isto é, do imóvel ficar desocupado por alguns meses, o que gera uma queda ou interrompimentos na distribuição dos lucros.

Além disso, tem a questão da oscilação do mercado. Em períodos de crise ou especulação, por exemplo, os valores dos fundos imobiliários podem variar para cima ou para baixo— o já conhecido risco de mercado.

Assim, ao investir em FIIs você corre o risco de desvalorização do bem, que pode ocorrer em razão de diversos fatores, como o problemas estruturais ou ligados a localização daquele imóvel.

Portanto, quanto rende 100 reais em Fundos Imobiliários pode variar conforme diversos fatores do mercado. Por isso, você precisa analisar bem antes de escolher os ativos da sua carteira!

Quais os FIIs mais recomendados?

Os Fundos Imobiliários mais procurados e recomendados pelos especialistas atualmente são:

  • Capitânia Securities FII (CPTS11)
  • Kinea Rendimentos (KNCR11)
  • VBI Prime Offices (PVBI11)
  • VBI Logístico (LVBI11)
  • XP Malls (XPML11)
  • Entre outros

Os especialistas da Riconnect atualizam essa lista mensalmente, incluindo a seleção dos melhores Fundos Imobiliários do momento.

Dessa forma, nossos clientes podem ter acesso aos melhores rendimentos do mercado, otimizando seus patrimônios de forma inteligente.

Fundos Imobiliários

Aprenda o que são FIIs, conheça seus benefícios, qual seu rendimento e muitas outras informações exclusivas para você investir em fundos imobiliários e sair na vantagem!

Preencha o formulário ao lado e aproveite o material.

Enviando...

Ao prosseguir, você autoriza que a Rico colete seus dados pessoais de acordo com nossa Política de Privacidade. 

envio com sucesso

Agradecemos o download!

Aproveite as informações do nosso Guia completo sobre FIIs.

Download

Quanto rende R$100 em Fundos Imobiliários?

Primeiro, você precisa entender que o rendimento de um Fundo Imobiliário tem duas fontes principais: valorização e dividendos.

Nesse caso, os dividendos funcionam como o principal indicador, visto que a grande vantagem dessa modalidade de investimentos é o pagamento de proventos mensais.

Consideramos o dividend yield, que é o indicador responsável por mostrar quanto o investidor recebe em dividendos em relação ao preço de suas cotas, expresso em porcentagem.

Então, para saber quanto rende 100 reais em Fundos Imobiliários, é preciso calcular essa medida financeira através dessa fórmula:

DY é igual ao total recebido em dividendos dividido pelo valor total investido, multiplicado por 100%

Em resumo: se você tem um dividend yield anual de 12%, significa que, a cada R$100 investido, você recebe R$12 de pagamento de dividendos no ano — cerca de R$1 por mês.

E como seria isso ao longo do tempo?

Rendimento mensal em dividendos
Período Valor total
1 mês R$ 101,00
6 meses R$ 105,83
1 ano R$ 112,00
2 anos R$ 125,44
5 anos R$ 176,23
10 anos R$ 310,58
*Valores desconsideram a incidência de impostos, variações e outros custos.

Sabemos o que você está pensando: é muito pouco. No entanto, esse é o valor apenas investindo uma vez. Por exemplo, se você investir R$100 por mês e reaplicar os dividendos, vai ter:

Período Valor total
1 mês R$ 201,00
6 meses R$ 721,35
1 ano R$ 1.380,93
2 anos R$ 2.824,32
5 anos R$ 8.348,63
10 anos R$ 23.333,89
*Valores desconsideram a incidência de impostos, variações e outros custos.

Vale lembrar que ainda tem valorização. Você pode encontrar valorizações de 5% ao ano, por exemplo. Então, seria 12% + 5% = 17%.

Lembrando que esses valores não são fixos, visto que os FIIs são rendimentos variáveis.

Descobriu quanto rende R$100 em fundos imobiliários? Se quiser saber melhor, vale a pena abrir a sua conta na corretora e conhecer na prática.

Você pode começar com valores baixos, como R$100, receber seus primeiros proventos e aumentar os aportes com o tempo!

Inclusive, você sempre pode contar com as recomendações dos nossos especialistas para investir nos melhores FIIs do mercado e aumentar as chances de ter os melhores retornos financeiros.

Clique e abra sua conta na Rico