Realize suas metas em 2024! Acesse o ebook "Da meta ao investimento" e conheça os melhores investimentos para realizar seus objetivos.

06/05/2020 20:00:00 • Atualizado em 15/04/2024 17:06:10
21 minuto(s) de leitura


Comparação de fundos: como fazer?

Veja a comparação de fundos de investimento em um ranking completo e atualizado, dividido por categorias. Aprenda também como escolher um bom fundo! Veja!


Compartilhar:
Duas imagens sobrepostas. No fundo, uma pessoa operando em um tablet e, na frente, gráficos, em referência à comparação de fundos.

A comparação de fundos de investimentos é muito importante para encontrar a aplicação mais adequada para você e sua carteira, considerando seus objetivos e preferências ao investir.

Os fundos são um tipo de investimento que consiste em uma carteira de ativos, com uma estratégia bem definida, administrada por um gestor .

Existem diversos tipos de gestores e também de fundos. Por isso, é importante saber compará-los para escolher o melhor para você.

Ao fazer um comparativo de fundos, você identifica oportunidades realmente únicas, tanto para investidores conservadores, que buscam estabilidade, quanto para investidores interessados em aumentar o seu patrimônio de forma mais agressiva.

Todo investidor consciente faz uma comparação completa no mercado para encontrar o melhor investimento para a sua estratégia atual.

Na Rico, ao se tornar cliente, você terá acesso ao nosso comparador de investimentos, a partir do qual é possível simular investimentos de fundos, inclusive os de renda fixa e de renda variável.

Ao fazer essa comparação de fundos de investimentos, você pode avaliar até mesmo o rendimento dos fundos de grandes bancos de varejo, aqueles que o seu gerente oferece com insistência a você.

A partir da comparação de fundos, você conhecerá os melhores fundos de investimentos para investir agora mesmo. 

Se restar alguma dúvida ao final, é só deixar um comentário.

Boa leitura!

Importância da Comparação de Fundos de Investimentos 

Você é um investidor, certo? Um investidor busca sempre agir com a razão. Ele não aplica de acordo com “opinião”, mas com base em dados sólidos.

Se você já investiu no “achismo” ou na sorte, você não agiu como um investidor. Pode ter agido como um apostador ou até torcedor, mas não como um investidor.

O investidor tem educação financeira e planeja suas finanças enquanto estuda para fazer as melhores escolhas no mercado financeiro.

Então, como você pode comparar fundos de investimento e construir uma carteira de aplicações sólida e confiável

Em primeiro lugar, você pode avaliar a rentabilidade dele e colocar lado a lado com os principais indicadores e com outros produtos financeiros.

Ao criar a sua conta na Rico, online e de graça, você terá acesso à nossa plataforma de investimentos, onde é possível filtrar os fundos de investimento por categoria, rentabilidade, risco e outras características.

Tipos de fundos de investimento

O tipo (categoria) do fundo de investimento é definido pela Anbima, segundo uma cartilha.

Existem quatro tipos de fundos de investimentos classificados de acordo com a classe de ativos mais utilizada pelo gestor:

  • Fundos de renda fixa (mais conservador, investe em títulos privados e públicos)
  • Fundos multimercado (oscila em busca de rentabilidade e mescla diferentes classes de ativos)
  • Fundos de ações (oscila mais do que os multimercados, pois investem na Bolsa de Valores)
  • Fundos cambial (normalmente seguem o desempenho de uma moeda como dólar ou euro) 

Além da categoria de classe de ativos, você deve atentar para que tipos de investimentos o gestor do fundo prefere dentro da classe.

Em renda fixa, podem ser títulos privados (CDB, debêntures, CRA, etc.) que oscilam mais junto a títulos públicos que seguem de perto o CDI. 

Em ações, podem ser de empresas consolidadas que pagam dividendos, de small caps ou de uma respectiva empresa.

Em multimercado, você pode optar por um fundo que se exponha ao mercado internacional.

Tudo depende do objetivo do fundo de investimento.

Existem muitas estratégias e possibilidades. Avalie cada uma individualmente e como ela se encaixa em sua carteira de investimentos.

Principais características no comparativo de fundos

O principal fator a ser analisado é o risco do fundo de investimento. Ou seja, quanto ele pode oscilar negativamente.

A oscilação pode ser vista no histórico de rendimentos.

Esse risco se dá pelo objetivo da gestora e benchmark de performance.

Por exemplo, se o comparador do fundo é o Ibovespa e o fundo busca uma performance sempre superior, com certeza, ele oscilará mais.

Veja a tela na Rico que resume as principais características de um fundo:

Outro aspecto importante é a taxa de administração e de performance (nem sempre há taxa de performance) do fundo.

Você precisa entender também o período de aplicação.

Quanto mais arriscado for um fundo, maior deve ser o tempo de aplicação para que você aproveite o máximo possível a lucratividade do investimento.

E na hora de resgatar o dinheiro?

Cada fundo de investimento possui uma liquidez (prazo de resgate). Pode ser D+0 (no mesmo dia), D+1 (em até 24 horas) ou D+30 (um mês útil). 

Como Fazer Comparação de Fundos de Investimento

Vamos para a prática?

Agora, você vai descobrir como fazer uma comparação correta entre fundos de investimentos.

Confira a seguir!

Comparação fundos de renda fixa

Os fundos de renda fixa tendem a ser mais estáveis. 

Ou seja, eles normalmente rendem de uma forma mais previsível. Mesmo assim, existem alguns fundos que arriscam mais e são menos previsíveis.

Lembre-se de comparar sempre com valor do CDI e de levar em conta as taxas.

Se você pretende fazer uma escolha conservadora, a taxa de administração não deve somar mais de 0,5% ao ano.

Se você busca construir uma reserva financeira voltada para emergências, escolha um fundo conservador com boa liquidez.

Comparação fundos multimercado

Os fundos multimercado são o meio termo entre renda fixa e ações.

Eles mesclam câmbio, juros, índices, ações, renda fixa e outros ativos. Tudo de acordo com uma estratégia preestabelecida.

É uma boa forma de fazer uma diversificação de investimentos automática, em diferentes mercados, de acordo com os movimentos da economia.

Comparação fundos de ações

Os fundos de ações também podem ser mais ou menos conservadores.

Por exemplo, muitos fundos de ações têm objetivos de longo prazo, investindo em grandes empresas que distribuem dividendos.

É bem diferente de um fundo que busca ganhar mais aplicando em empresas pequenas, as small caps, para ganhar em cima da maior volatilidade delas.

Para entender bem a estratégia do fundo em que deseja aplicar, não esqueça de baixar o PDF com o prospecto do fundo.

Então, não escolha um fundo apenas pela sua rentabilidade e histórico, considere também a sua estratégia de investimentos.

Comparação fundos imobiliários

Para acumular e aumentar seu capital a médio e longo prazo, os Fundos Imobiliários (FIIs) são ideais.

Eles ajudam a diversificar seus investimentos entre fundos de papéis, agências bancárias, shopping centers e galpões industriais.

Lembre-se: eles são isentos de taxas da Rico

Ao aplicar, você terá o recebimento de “aluguel” direto na sua conta da corretora.

Na Rico, você pode comparar os fundos direto pelo nosso home broker

Essa é uma análise mais complexa de ser feita. Por isso, construímos uma carteira recomendada apenas com FIIs.

[Top Melhores FIIs] Carteira de Fundos Imobiliários

Veja a lista completa dos melhores Fundos Imobiliários para investir neste mês! A análise cuidadosa feita por nossos especialistas oferece uma variedade de opções, equilibrando segurança e potencial de retorno.

Preencha o formulário ao lado e aproveite o material.

Enviando...

Ao prosseguir, você autoriza que a Rico colete seus dados pessoais de acordo com nossa Política de Privacidade. 

envio com sucesso

Agradecemos o download!

Aproveite a recomendação de nossos especialistas em FIIs.

Download

Comparação de fundos cambiais

Nesse tipo de fundo, a rentabilidade acompanha a variação de preços de uma moeda estrangeira ou a variação do cupom cambial.

Os fundos cambiais são ótimos para acompanhar a variação do dólar e de moedas estrangeiras.

Trata-se uma boa estratégia para gerenciar o risco da sua carteira de investimentos.

Dicas Para Fazer Análise de Fundos de Investimento

Aprender a comparar fundos de investimento é só a primeira parte. Você deve saber como analisar eles individualmente, para aí sim, fazer a melhor escolha.

Afinal, não basta que um fundo se destaque entre todos se ele não for o mais adequado para você.

Então, veja algumas dicas que preparamos para você fazer a melhor escolha:

1. Compare apenas fundos da mesma categoria

Este é um erro comum.

Um fundo de renda fixa não pode ser comparado a um fundo de ações. Eles possuem estratégias diferentes e indicadores de performance diferentes.

Se você fizer isso e estiver buscando apenas rentabilidade, logicamente os fundos de ações vão se destacar.

Mas pode ser que não seja esse tipo de fundo o mais recomendado para você e sua carteira.

2. Tenha uma estratégia de investimentos

Isso é muito importante para sempre escolher o investimento mais adequado.

Imagine errar na quantidade de cotas adquiridas e acabar expondo a sua carteira além do necessário ao dólar.

Isso pode fazer você ter sérios prejuízos.

Então, saiba exatamente qual percentual do seu dinheiro você quer expor a cada tipo de mercado e de investimento. 

3. Sempre leia o prospecto

É no prospecto do fundo que você terá todos os detalhes do investimento.

Então, para entender o fundo de forma completa, é importante ler o prospecto com calma e atenção.

Nunca invista em um fundo sem saber exatamente o que ele fará com o seu dinheiro.

4. Compare o histórico de rentabilidade

Existe uma forma de comparar o histórico de rentabilidade de todos os fundos e investimentos, lado a lado, em gráfico.

É só usar o simulador da Rico. Você pode acessá-lo aqui e aproveitar essa nova funcionalidade.

Com esse comparador, é simples identificar se um fundo de renda fixa, por exemplo, rende mais que uma debênture específica.

Passo a Passo para Usar o Novo Comparador de Investimentos da Rico

O simulador da Rico permite comparar investimentos de categorias diferentes.

Além disso, ele é inteligente e dá sugestões ao perceber que você está selecionando investimentos pouco rentáveis.

Veja como o comparador funciona passo a passo:

1) Acesse o comparador na área logada

Basta clicar em ‘Acesse’.

2) Configure o gráfico

Um gráfico aparecerá e você poderá fazer três configurações: escolher índices de comparação, período de análise e adicionar investimentos (é possível inserir vários simulando uma carteira de aplicações).

3) Pesquise pelo produto

Você pode fazer isso pelo nome ou pelo CNPJ do ativo.

4) Avalie o gráfico

Se você não simular valores de investimento em cada produto, não aparecerá a carteira de investimentos no gráfico e na tabela.

5) Simule uma carteira real

Basta inserir os valores no campo em branco e confere como será a rentabilidade média da carteira.

6) Compare a carteira com índices

Com essas informações, fica muito mais fácil investir com segurança e encontrar o ativo que melhor combina com seus objetivos e preferências, não é mesmo?

Conclusão 

Investir em fundos de investimentos é uma escolha muito sábia. Principalmente em momentos em que o mercado está instável ou, então, quando a taxa básica de juros, a Selic, está em queda.

O gestor do fundo de investimento é um profissional experiente, que entende muito bem o mercado.

Então, é ótimo poder confiar parte do seu patrimônio a uma empresa profissional, que fará uma gestão estratégica, trazendo mais rendimento e segurança para você.

Imagine só, se não existissem fundos de investimentos em ações, você teria que estudar o mercado de capitais a fundo para entrar em um home broker e investir por conta própria.

Ao contar com um fundo de investimento, toda a parte analítica, de acompanhamento de mercado e investimentos fica por conta do gestor do fundo.

Afinal, sua recompensa está atrelada aos resultados obtidos em seus investimentos.

É diferente do gerente do seu banco, que é recompensado de acordo com as vendas de produtos.

Naturalmente, a intenção do gerente é vender produtos financeiros, mesmo que não sejam de qualidade, para bater metas e ganhar dinheiro.

E acredite, a maioria dos investimentos oferecidos por grandes bancos são de baixa qualidade: poupança, títulos de capitalização, entre outros.

Ou você achou que o banco existe para deixar você rico? Com certeza, não. Esse é o trabalho da sua corretora de investimentos. Esse é o trabalho da Rico.

Abra a sua conta agora mesmo!

Quer continuar aprendendo tudo sobre fundos de investimentos? Leia esses outros textos do nosso blog:

Tem dúvidas ou sugestões sobre nossa comparação de fundos? Deixe o seu comentário logo abaixo!

Obrigado por ler até aqui e bons investimentos!

Nova call to action
Clique e abra sua conta na Rico