Recentemente, um novo fundo de investimento surgiu no mercado com uma proposta inovadora: oferecer rendimentos mensais com isenção de Imposto de Renda. Uma opção para quem busca uma renda mensal extra.

Não, nós não estamos falando de fundos de investimentos imobiliários (FIIs). E sim de uma outra modalidade de fundo de investimento que também tem benefícios fiscais: um fundo que investe em debêntures incentivadas.

O que são debêntures incentivadas?

As debêntures incentivadas são um tipo de aplicação financeira de renda fixa em que o investidor empresta dinheiro para grandes empresas privadas financiarem suas operações e investimentos. Em troca, o investidor é remunerado com juros.

A principal diferença das debêntures incentivadas para outros tipos de debêntures é que o valor investido nelas é direcionado para obras ou serviços de infraestrutura no país. Como forma de incentivar o investimento nessas empresas, que desempenham um papel estratégico para a economia, o governo opta por isentar esses títulos de dívida do Imposto de Renda para pessoas físicas.

Conheça o novo fundo da Capitânia, que é voltado para investidores que buscam pagamentos mensais isentos de impostos sem precisar investir na bolsa de valores.

Os fundos de investimentos pagam rendimentos?

Os fundos de investimento são ferramentas do mercado financeiro que permitem que investidores deleguem a gestão de seu dinheiro a uma equipe profissional em troca de uma taxa de administração.

Esses fundos podem investir em diferentes classes de ativos, como ações, renda fixa, criptoativos, entre outros. Também podem ser do tipo abertos, que permitem aplicação e resgate a qualquer momento, ou fechados, que só permite que o investidor resgate no vencimento ou negociando no mercado secundário.

O objetivo principal de um fundo de investimento é fazer com que o valor investido cresça ao longo do tempo, reinvestindo os rendimentos gerados pelos ativos para se beneficiar dos juros compostos.

Dessa forma, é comum que o valor investido fique aplicado até que o investidor solicite o resgate em algum momento futuro.

No entanto, para atender aos investidores que necessitam de uma renda mensal, a Capitânia lançou um fundo com uma proposta inovadora: um fundo aberto, com a possibilidade de receber ganhos mensais por meio da distribuição de rendimentos, algo novo para um fundo não listado em bolsa.

Como funciona esse fundo?

O Capitânia Infra Renda 90 Incentivado Infraestrutura terá como foco o investimento majoritariamente em Debêntures Incentivas.

O objetivo do fundo é distribuir mensalmente um montante equivalente a 110% do CDI, proporcionando aos cotistas uma renda isenta e previsível. No entanto, esse objetivo de distribuição pode ser revisto periodicamente, dependendo das condições de mercado.

Assim, o fundo possui os seguintes benefícios:

  1. Isenção de Imposto de Renda nos rendimentos e no ganho de capital mensal para o cotista pessoa física – desde que residente no Brasil.
  2. Pagamento periódico de rendimentos, com o objetivo de gerar renda por meio da compra de ativos que pagam rendimentos periódicos, semelhante aos fundos imobiliários e fundos de infraestrutura listados, mas com a diferença de não ser listado em bolsa. Ou seja, menor volatilidade esperada no valor aplicado.
  3. Acesso a ativos exclusivos por meio da seleção ativa de ativos de infraestrutura.

Distribuição de dividendos e resgate

Os rendimentos mensais serão pagos aos cotistas que mantiverem posição no fundo até o 10º dia útil de cada mês, com o pagamento sendo efetuado no 3º dia útil subsequente.

Portanto, os cotistas que não tiverem direito ao rendimento do mês em questão terão alocado no fundo uma cota já descontada do rendimento a ser distribuído. Assim, o dia em que o cotista ingressa no fundo é indiferente.

Caso o investidor queira resgatar seu investimento — ou seja, sacar total ou parcialmente sua aplicação — os resgates podem ser feitos com base no valor patrimonial das cotas após 90 dias corridos a partir da solicitação.

Ou seja, ao investir nesse fundo, o investidor que quiser resgatar seu dinheiro terá uma janela de três meses entre a solicitação e o recebimento do valor resgatado.

Essa estratégia visa reduzir a volatilidade em comparação aos fundos de infraestrutura listados em bolsa que sofrem variações constantes com a negociação de suas cotas.

Onde encontrar esse investimento?

O fundo Capitânia Infra Renda 90 FI-INFRA Renda Fixa Crédito está disponível na plataforma de investimentos da Rico, em sua aba de “Fundos de investimento”. Antes de investir, confira com atenção as características do fundo.

Características do fundo:

  • Nome: Capitânia Infra Renda 90 FI-INFRA Renda Fixa Crédito Privado
  • CNPJ: 52.248.139/0001-52
  • Início do fundo: 29 de Setembro de 2023
  • Público-alvo: Investidores em geral
  • Taxa de Administração máxima: 1% ao ano
  • Taxa de Performance: 20% do que exceder 100% do CDI + 1% ao ano
  • Prazo de cotização para resgates: 89 dias corridos após a solicitação
  • Pagamento de resgates: 1 dia útil após a cotização
  • Aplicação Inicial Mínima: R$ 500,00
  • Movimentação Mínima: R$ 100,00

Finalmente, vale destacar que, antes de realizar qualquer investimento, certifique-se que a estratégia desse fundo esteja alinhada com os seus objetivos e horizonte de investimentos.

Confira nossas recomendações de alocação atualizadas mensalmente para cada perfil de investidor em nossas carteiras Precavida, Cautelosa, Estrategista, Energética e Destemida.

Elaborado por:

Júlia Aquino, CNPI 3607

1) Este relatório de análise foi elaborado pela Rico Investimentos, que é uma marca da XP Investimentos CCTVM S.A. (“Rico”) de acordo com todas as exigências previstas na Resolução CVM nº 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A Rico não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório.

2) Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor.

3) O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à Rico e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Rico.

4) O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Resolução CVM nº 20/2021 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório.

5) Os analistas da Rico estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários do Grupo XP.

6) Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor.

7) A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes.

8) Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Rico. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Rico.

9) SAC. 0800 774 0402. A Ouvidoria da Rico tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800-722-3730.

10) O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Rico: https://www.rico.com.vc/custos. 11) A Rico se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. 

12) A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. 

13) Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor.