Realize suas metas em 2024! Acesse o ebook "Da meta ao investimento" e conheça os melhores investimentos para realizar seus objetivos.

07/06/2023 17:34:58 • Atualizado em 07/06/2023 17:36:47
13 minuto(s) de leitura


Saiba tudo sobre os Neobanks e como eles funcionam 

Entenda o funcionamento dos neobanks e porque eles são os preferidos dos consumidores!


Compartilhar:
Imagem de um rapaz em seu computador aproveitando a facilidade de um neobank.

O termo neobank é uma referência às instituições inteiramente digitais. E “digitais” nesse caso consiste em um banco que disponibiliza as suas principais funcionalidades no meio online. 

Sendo assim, saques, depósitos, transferências, pagamentos de boletos, tudo isso e muito mais, são atividades que podem ser realizadas por meio de um neobank, ou neobanco, como algumas vezes eles também são chamados.  

Os seus serviços são oferecidos via aplicativos e várias funcionalidades podem ser realizadas no modo mobile, no dispositivo móvel do cliente. Ou seja, os neobanks são 100% digitais e não possuem, por exemplo, uma rede física de agências. 

Dessa forma, hoje em dia os neobanks estão em alta. Não por acaso, você mesmo pode ser o cliente de um sem necessariamente se referir a ele por meio desse termo. 

Para saber melhor o que é neobank, como eles funcionam e quais as principais vantagens que eles oferecem, confira esse conteúdo que preparamos para você. 

O que são Neobanks? 

Os neobanks são basicamente bancos que operam no meio digital. Por essa razão, eles contam com recursos online, como, por exemplo, aplicativos, sites próprios e outros recursos digitais.  

Tais bancos não possuem uma agência física e essa ausência de espaço físico não é exatamente uma imposição, mas sim uma opção. Ou seja, o habitat natural de um neobank é mesmo o ambiente digital. 

O aparecimento e a ascensão dos neobanks faz parte do atual cenário, em que a transformação digital influencia vários setores da sociedade, tais como educação, empreendedorismo, arte e muitos outros. 

O setor bancário também é impactado. Sendo assim, os neobanks já deixaram de ser uma tendência em todo o mundo para se tornarem uma realidade, inclusive no contexto brasileiro.  

De acordo com dados da Febraban, a quantidade de transações bancárias feitas no ano passado, por meio de tecnologias móveis, apresentou um número bastante elevado. 

O fato é que essa ascensão dos neobanks estimulam uma maior competitividade na categoria. Diante disso, esse protagonismo da tecnologia no segmento bancário já fez com que muitas instituições financeiras tradicionais passassem por um processo de reinvenção. 

O impacto nos bancos tradicionais 

Diante do avanço e popularização dos neobanks, os bancos tradicionais começam a se reinventar, tentando se adaptar a essa nova realidade. 

Aderir ao “lado digital da força” é tarefa prioritária de muitos bancos já consolidados no mercado. O Bradesco é um exemplo notório disso ao criar o Next, que conta com todos os requisitos de um banco digitalizado, mas ainda conectado com o banco de origem. 

Inclusive, esse parece ser um caminho a ser trilhado por qualquer instituição financeira que queira se tornar competitiva no atual contexto. 

Clique aqui e saiba como o Open Finance funciona 

Na Europa, por exemplo, os neobanks já disputam espaço não com os bancos tradicionais, mas sim com outros neobanks surgindo a cada dia. 

No Brasil, os neobanks aos poucos estão ganhando força e conquistando espaço na preferência dos clientes. E não apenas dos mais jovens. Durante a pandemia, por exemplo, a procura por serviços mais práticos aumentou bastante

Ainda que a maioria dos bancos tradicionais já disponibilizem aplicativos para celular ou páginas na internet, não significa que eles sejam bancos totalmente digitais. 

Uma das razões para isso consiste na burocracia que tais instituições financeiras exigem para quem pretende abrir uma conta.  

Além do mais, na maioria dos casos, é necessário que o cliente realize o procedimento pessoalmente nas agências, bem como costumam exigir vários documentos de comprovação de renda, entre outros detalhes. 

Outra grande diferença é o custo para manter uma conta em um banco tradicional. Afinal, por terem agências físicas, precisam de recursos para manter os bens e funcionários e acabam repassando esses valores para os correntistas

Vale salientar que determinados bancos, mesmo possuindo internet banking, também não possibilitam que todos os procedimentos sejam realizados por meio de um dispositivo móvel tal qual ocorre nos bancos digitais. 

Como funcionam os neobanks? 

 Imagem de um rapaz sentado navegando em seu neobank com um tablet.

Os neobanks funcionam de modo digital. Isso quer dizer que eles usam tecnologia para disponibilizar soluções para os clientes. Desse modo, eles oferecem aplicativos, softwares e outras tecnologias para viabilizar serviços bancários móveis e online.  

Além disso, há neobanks que se especializam em produtos financeiros específicos, como, por exemplo, contas correntes e poupança. Devido a essa característica, muitos desses neobanks atraíram, inicialmente, clientes jovens, muitos deles universitários.  

No entanto, por disponibilizarem vários benefícios e facilidades, tais instituições também aparecem como uma alternativa viável para todas as faixas etárias

Nesse sentido, vale destacar que em um neobank, todos os procedimentos, típicos de uma instituição financeira, são realizados digitalmente. Isso inclui desde a abertura de uma conta, até mesmo a realização de um empréstimo, por exemplo. 

Na hora de realizar o cadastro em um neobank, o cliente pode obter recursos importantes, como: 

  • Serviços de pagamentos 
  • Acesso a contas correntes e poupanças
  • Dicas para gerenciar as suas finanças 
  • Possibilidades de investimentos 
  • Transferências com taxas mais baixas em comparação com alguns bancos tradicionais 

Qual é a diferença entre as fintechs e os neobanks? 

Ainda que sejam semelhantes, é possível detectar sim algumas diferenças entre as fintechs e os neobanks. Para uma melhor compreensão disso, basta você ter em mente primeiro o que são e como as fintechs funcionam no atual cenário. 

O termo fintech vem do inglês. Ele é uma união das palavras “financial” e “technology”. Em suma, fintechs são empresas que oferecem soluções financeiras por meio de tecnologias. 

Para isso, uma fintech não precisa ser necessariamente um banco. Uma fintech pode atuar apenas no segmento de empréstimos, por exemplo. 

Sendo assim, um neobank pode ser uma fintech, ou seja, uma empresa que une finanças com soluções tecnológicas, porém disponibilizando todos os serviços básicos que um banco tradicional pode oferecer. 

O Nubank, o Banco Neon e o Banco Inter são dois exemplos de neobanks que são bastante conhecidos dos brasileiros hoje em dia.  

Quais as vantagens de usar um neobank? 

Os neobanks representam várias vantagens para os usuários. A razão disso se deve pelo fato de que eles operam basicamente por meio digital, facilitando muito a vida dos clientes por meio de várias atividades e procedimentos desburocratizados.  

Nesse contexto, vamos ver a seguir alguns dos principais benefícios que eles oferecem. 

Menos burocracia 

Para realizar a abertura de uma conta em um neobank, o processo é menos lento e também é bastante intuitivo. 

Para isso, o cliente deve fazer o download do aplicativo da instituição, preencher os dados básicos, enviar fotos e, em poucos dias, estará apto a usar a conta. 

Facilidade para quem quer investir 

Para aqueles clientes que pretendem investir o seu dinheiro ou já possuem algumas aplicações no mercado financeiro, os neobanks aparecem como uma alternativa interessante.  

Inclusive, em alguns casos é possível se deparar com plataformas de investimentos bastante completas, especialmente para quem já tem experiência nesses procedimentos. 

Você sabe a diferença entre investir por corretoras e por bancos? Clique aqui e confira! 

Suporte completamente online 

Com os neobanks não há a necessidade dos clientes frequentarem agências lotadas. Todos os procedimentos e atendimentos podem ser sanados por meio de aplicativos e demais recursos, como chat e e-mail, por exemplo.  

Otimização de tempo 

A interação online que um neobank oferece também é uma maneira prática de agilizar as atividades do dia a dia dos clientes, visto que a realização de tarefas como transferências bancárias, empréstimos e pagamentos de boletos podem ser feitas sem sair de casa. 

De certa forma, não é um equívoco afirmar que os neobanks estão 24h à disposição dos clientes, pois graças às evoluções tecnológicas, qualquer empresa atualmente está pronta a realizar atendimentos sempre que for necessário. 

Segurança 

Do mesmo modo que os bancos tradicionais, os neobanks também são devidamente regulamentados pelo Banco Central. Além disso, eles contam com métodos avançados de segurança digital, sempre levando em conta a segurança dos dados dos clientes. 

Por essa razão, os neobanks também são uma alternativa considerada segura quando se trata de investimentos e de cuidado com o seu dinheiro. 

Hoje em dia, tecnologias como criptografia, bem como métodos de pagamento, como TED, DOC e Pix, podem ser realizados facilmente, e de modo bastante seguro, por meio de um neobank. 

Diante de todas essas vantagens, é comum que os neobanks se consolidem de vez como opções mais versáteis em se tratando de gestão financeira e de investimentos.   

Para você que quer novidades no segmento dos neobanks, saiba que a Rico já faz parte desse universo cada vez mais digital, oferecendo várias vantagens e serviços da mais alta qualidade, tudo para facilitar ao máximo o seu dia a dia. 

Abra uma conta na Rico e não esqueça também de acompanhar os nossos canais na internet. Aqui em nosso blog e no canal do Youtube trazemos para você conteúdos cheios de dicas e curiosidades sobre investimentos e gestão financeira.  

Clique e abra sua conta na Rico