• Clima tenso na casa! Já imaginou como seria se os investimentos estivessem no BBB?
  • Renda Fixa, Renda Variável, Bitcoin, Fundos DNA e Poupança. Entenda nesse texto super divertido a dinâmica entre esses investimentos.
  • Antes de tirar alguém da carteira, que tal dar uma olhada no nosso “Onde Investir em 2022”?

No BBB dos investimentos, hoje é dia de ir ao confessionário para formar o paredão. Quem, afinal, os investimentos gostariam de eliminar das carteiras, ou melhor, da casa, de uma vez por todas?

Renda fixa é a líder do BBB nessa semana. Ela está com tudo nesse cenário de risco fiscal elevado, com alguns títulos batendo recorde de prêmio real recentemente.

Confira os bastidores na íntegra.

Tadeu: — Quem você coloca no paredão, Renda Fixa?

Renda Fixa: — Olha, Tadeu, vou ter que colocar a Poupança. Tem anos e anos que as pessoas acham que investir nela é a mesma coisa que investir em mim, ou até que é mais seguro!

Mas isso não é verdade. A essa altura, acho que o Brasil está vendo que ela rende menos e nem tem mais segurança, isso tudo era balela. Além de tudo, essa história de pagar juros só no dia do aniversário não dá mais. Ela está prejudicando todo o clima da casa.

Tadeu: — Poupança, então hoje você vai para o paredão. O que você quer dizer em sua defesa?

Poupança, olhando para a câmera, cínica: — Brasil, não tenho nada contra investimentos que rendem de verdade, até tenho amigos que são! Mas agora que vocês me conhecem, me deixem na casa! Eu sou diferente: rendo pouco e fico aqui, na minha. Não ajudo, mas também não atrapalho.

Tadeu: — Não foi uma defesa muito boa, heim, Poupança? Pode ir pro confessionário me contar qual é seu voto.

Poupança: — Quero colocar no paredão o Fundo DNA. Acho um absurdo ele chegar assim oferecendo diversificação e rentabilidade com investimento tão baixo, de cem reais. Isso tira todo o meu brilho de antigamente. Por isso eu quero que ele saia.

Tadeu: –– Ok, Poupança. Agora pode vir para o confessionário, Bitcoin

Bitcoin: — Eu vou votar na cesta de ações de baixa volatilidade, por afinidade mesmo. Não consigo me dar bem com esse pessoal tranquilo, que oscila pouco, previsível. Eu gosto mesmo é de volatilidade, de altos e baixos! 

Tadeu: –– Obrigado, Bitcoin. Bolsa de Valores, sua vez no confessionário.

Bolsa de Valores: — Tadeu, posso votar no risco fiscal? Não aguento mais os investidores inseguros sobre o meu desempenho por não saber os rumos das contas públicas do país.

Tadeu: — Tem que ser alguém que está na casa, Bolsa.

Bolsa de Valores: — Eu não quero votar na Renda Fixa porque a gente se dá super bem. Muita gente não entende que a nossa dinâmica funciona melhor justamente quando estamos juntas, cada uma com seus objetivos. Ela é minha melhor amiga aqui na casa, não quero que ela vá embora para não correr mais riscos. Por estratégia, então, voto no Fundo DNA, porque sei que ele não precisa de mim, vive muito bem sozinho na carteira das pessoas.

Tadeu, para o público: — Bom, esse paredão ficou muito fácil de decidir, não é mesmo? Provavelmente veremos um massacre com a maior votação da história para tirar a Poupança. Não posso torcer abertamente, mas, cá entre nós, não tem nem competição!

Tadeu muda de câmera, e fala olhando nos seus olhos — E para conhecer nossas recomendações de investimentos sem piadinhas, acesse o Onde Investir em 2022!

Elaborado por:

Paula Zogbi, CNPI 2545

1) Este relatório de análise foi elaborado pela Rico Investimentos, que é uma marca da XP Investimentos CCTVM S.A. (“Rico”) de acordo com todas as exigências previstas na Resolução CVM nº 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A Rico não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório.

2) Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor.

3) O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à Rico e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Rico.

4) O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Resolução CVM nº 20/2021 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório.

5) Os analistas da Rico estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários do Grupo XP.

6) Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor.

7) A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes.

8) Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Rico. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Rico.

9) SAC. 0800 774 0402. A Ouvidoria da Rico tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800-722-3730.

10) O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Rico: https://www.rico.com.vc/custos. 11) A Rico se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. 

12) A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. 

13) Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor.