Onde investir em 2024? Saiba como começar a investir ainda esse ano.

29/11/2023 18:38:22 • Atualizado em 06/05/2024 13:50:56
7 minuto(s) de leitura


Um 2024 sem dívidas: Guia prático para a sua liberdade financeira


Compartilhar:

O ano está chegando ao fim. Passou rápido, não é mesmo?
Como foi o seu ano, financeiramente falando? Conseguiu poupar e investir, chegando um pouco mais próximo dos seus objetivos? Ou foi um ano difícil e você acumulou dívidas?

Se a segunda resposta diz respeito à sua realidade, não se desespere. Ainda dá tempo de se organizar para sanar as dívidas e começar 2024 com um plano real para eliminar suas pendências financeiras.
Afinal de contas, começar o ano seguinte no caos não é nada fácil.

Conquistar um novo ano sem dívidas se torna não apenas um objetivo financeiro, mas um passo crucial para construir um futuro financeiramente saudável.

Então, para alcançar esse objetivo, vamos trazer estratégias práticas que podem transformar sua relação com o dinheiro.

Aqui estão alguns passos para guiar sua jornada:

1. Raio-X Financeiro: Entenda suas dívidas

Se você não sabe onde está, é impossível saber onde quer chegar. O primeiro passo então é fazer um raio-x completo das suas finanças.

Liste todas as suas dívidas, desde empréstimos até parcelamentos. Classifique-as por taxa de juros e valor pendente. Divida maior e mais cara em juros precisa ser paga primeiro.

Ter uma visão clara do quadro ajudará a estabelecer prioridades e criar um plano de ação

2. Planejamento Estratégico: Desenvolva metas realistas

É importante ser realista para não se frustrar. Para isso, divida suas dívidas em metas alcançáveis. Criar um plano estratégico distribuindo os pagamentos ao longo do ano tornará o processo menos avassalador.

Ao definir metas realistas, você estará mais propenso a manter o foco e a disciplina necessária.

3. Renegociação Inteligente: Busque condições favoráveis

Talvez você ainda não saiba, mas está cada vez mais fácil obter uma boa negociação para sanar suas dívidas. Não tenha vergonha de buscar negociar com seus credores.

Muitas vezes, eles estão dispostos a discutir condições de pagamento muito mais vantajosas. Você pode tanto renegociar taxas de juros e estabelecer novos prazos pode aliviar a pressão financeira.
Para quem está em uma condição financeira ainda mais desafiadora, no Brasil hoje temos um programa totalmente dedicado à renegociação de dívidas, chamado Desenrola Brasil, que foi criado pelo Governo Federal com o objetivo de recuperar as condições de crédito de devedores que possuam dívidas negativadas.

Pessoas com renda bruta mensal de até 2 (dois) salários-mínimos ou que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderão negociar suas dívidas com desconto.

Atualmente elas podem renegociar as dívidas que tenham sido negativadas de 2019 a 2022, e cujo valor atualizado seja inferior a R$ 20 mil.

A Plataforma do Desenrola Brasil disponibiliza a lista de dívidas que poderão ser negociadas no Programa, o desconto ofertado pelo Credor e a respectiva situação de cada uma delas. Tudo acessado de forma rápida e segura com sua conta do gov.br.

As negociações são feitas totalmente por meio digital, com uma navegação intuitiva e rápida, garantindo agilidade, comodidade e conveniência para a regularização dos seus débitos.

Se você se enquadra nessas condições, não pode perder essa oportunidade, não é mesmo?

4. Renda Extra Inteligente: Direcione recursos extras

Qualquer renda extra, seja um bônus, uma restituição de impostos ou mesmo um trabalho extra no fim de semana precisa ser direcionado esses recursos para o pagamento de suas dívidas.

Essa estratégia acelera o processo de quitação e reduz a pressão financeira ao longo do tempo.

5. Orçamento Consciente: Conheça suas despesas

Renegociou as dívidas? Excelente! Agora é hora de sair do zero e começar o plano para começar a investir!
E para isso é essencial entender o fluxo do seu dinheiro. Para isso, crie um orçamento detalhado que destaque despesas essenciais e evite gastos desnecessários. Fique atento aos pequenos luxos que podem se acumular. Esteja sempre em busca de maneiras de otimizar seu orçamento. Sempre há espaço para poupar, onde você menos imagina.

6. Poupar com Disciplina: Construa uma reserva de emergência

Após zerar as suas pendência, é essencial criar uma reserva de emergência. Essa é a reserva que te salvará em momentos imprevistos (e sim, eles vão acontecer). Você não quer precisar pegar um empréstimo e pagar altos juros por falta de disciplina, não é mesmo?

Por isso, destine uma porcentagem fixa do seu salário para poupar e investir em ativos com liquidez diária. O Tesouro Selic e um bom CDB com liquidez diária (e rentabilidade próxima a 100% do CDI) são duas opções.

Isso garantirá que, em caso de imprevistos, você não precise recorrer a novas dívidas.

7. Autoconhecimento Financeiro: Aprenda com seu passado

Refletir sobre as decisões financeiras do passado é crucial. Identifique padrões que levaram ao endividamento e ajuste-os. Eduque-se financeiramente, buscando recursos online, livros e cursos que fortaleçam seu conhecimento sobre investimentos e gestão financeira. Aqui na Riconnect você já sabe, temos um conteúdo completo e totalmente gratuito para você!

Conclusão: Rumo a uma vida financeira plena

Iniciar o próximo ano implementando um plano para quitar duas dívidas exige comprometimento, mas os benefícios são imensuráveis. Ao adotar essas práticas e cultivar hábitos financeiros sólidos, você estará no caminho para conquistar estabilidade e paz financeira.

Lembre-se, pequenos passos levam a grandes resultados. Sua jornada para a liberdade financeira começa agora!

Clique e abra sua conta na Rico