março 4, 2021

Sugestão de Alocação de Ativos para perfil conservador – março/2021  

A sugestão de alocação da Rico é feita pelos nossos especialistas e é uma oportunidade para você, que tem dúvidas sobre onde investir, diversificar sua carteira!

Ela é feita visando maiores retornos de acordo com o risco da carteira com a nossa leitura atual do cenário macroeconômico.

Ressaltamos que a sugestão tem o propósito de dar direcionamento para o investidor, porém, não recomendamos a venda dos ativos atuais para o enquadramento da sugestão sem antes conversar com um especialista.

Com o que se preocupar em março?

Existem 4 fatores de grande importância para nos preocuparmos em março:

1. Superciclo das commodities.

O rali das commodities continua ganhando força. Enquanto isso, os chineses não ficam parados: em pleno ano do centésimo aniversário do partido comunista chinês, e com Xi Jinping nos preparativos para buscar sua reeleição em 2022, a China está num momento de investir fortemente em infraestrutura e aumentar a presença do estado na economia.

2. Inflação mais alta.

No Brasil, a aceleração da Covid-19, a discussão desordenada da prorrogação dos estímulos fiscais e as questões políticas que agitaram a Petrobras neste mês elevaram os prêmios de risco, fazendo com que o dólar subisse ainda mais.

Neste ambiente, o Banco Central do Brasil passou a sinalizar o início de aperto monetário já no primeiro semestre. Após a última reunião do Copom (20/jan), revisamos a projeção de início do ciclo de alta de juros de agosto para maio. Esperamos fechar o ano com a Selic em 3,5%.

3. Questão fiscal

Apesar de resultados marginalmente melhores em 2020, os riscos fiscais de curto prazo (pandemia) e médio prazo (gerir uma dívida que se aproxima dos 90% do PIB) seguem a principal fonte de preocupação com a economia brasileira.

4. Reflation Trade

O avanço da vacinação no mundo e os fortes estímulos governamentais mantiveram o “reflation trade” (busca de ativos que se beneficiam do cenário de estímulos e consequentemente, maior inflação) vivo nos mercados.

Porém, se os estímulos – passados e futuros – se mostrarem fortes demais, é possível que uma ressaca venha mais adiante.

Sugestão de Alocação de Ativos: Perfil Conservador

No caso do perfil conservador, a busca por ativos com menor risco, sobressai a busca por retornos, sendo prioridade a preservação de capital.

Dividimos o perfil conservador em 3 categorias: 

  • Precavida – é o perfil mais conservador, que não quer arriscar sua segurança.
  • Cautelosa – para quem é bastante conservador e não abre mão da segurança.
  • Defensiva – para quem está começando a se arriscar um pouco mais, mas ainda tem a segurança como um valor importante.

Perfil Precavido

Para quem é precavido, recomendamos investir 100% em títulos pós-fixados.

E, dentro dessa porcentagem, recomendamos os produtos da tabela abaixo: 

Investidor Precavido Alocação
Pós Fixado100.00%
ARX Denali FIC RF CP15.00%
XP Top FI RF CP LP15.00%
Augme 45 Advisory FIC RF CP15.00%
Polo Crédito Corporativo Adv FI RF CP LP15.00%
Selection FIC RF CP LP15.00%
CDB Rodobens 135% CDI 2 anos5.00%
CDB Rendimento 115% CDI 1 ano5.00%
Tesouro Selic 202515.00%

Perfil Cauteloso

Para quem é cauteloso, recomendamos investir 85% em títulos pós-fixados, 10% em inflação e 5% em Renda Fixa Global.

E, dentro dessa porcentagem, recomendamos os produtos da tabela abaixo:

Investidor Cauteloso Público Alocação
Pós Fixado85.07%
JGP Corporate Feeder III FIC RF CP LP15.05%
Polo Crédito Corporativo Adv FI RF CP LP15.02%
XP Top FI RF CP LP15.02%
Selection FIC RF CP LP15.01%
Trend Pós-Fixado FIC RF Simples9.48%
CDB Realize 129% CDI 2 anos3.00%
CDB GMAC 120%CDI 2 anos3.00%
Tesouro Selic 20259.49%
Inflação9.90%
Tesouro IPCA+ 20269.90%
Renda Fixa Global5.03%
Trend High Yield FIM5.03%

Perfil Defensivo

Já para quem quer se arriscar um pouco mais, para os defensivos, recomendamos investir 58% em títulos pós-fixados, 25% em multimercados, 5% em inflação, 3% em Renda Variável, 2% em Renda Fixa Global e 8% em Renda Variável Global. 

E, dentro dessa porcentagem, recomendamos os produtos da tabela abaixo:

Investidor Defensivo Público Alocação
Pós Fixado57.50%
XP Top FI RF CP LP10.00%
JGP Corporate Feeder III FIC RF CP LP10.00%
Polo Crédito Corporativo Adv FI RF CP LP10.00%
Selection FIC RF CP LP10.00%
CDB Rodobens 135% CDI 2 anos5.00%
CDB Rendimento 115% CDI 1 ano5.00%
Tesouro Selic 20257.50%
Inflação5.00%
XP Debêntures Incentivadas FIC FIM CP2.50%
Tesouro IPCA+ 20262.50%
Renda Fixa Global2.50%
Trend High Yield FIM2.50%
Multimercado25.00%
Kapitalo Kappa Advisory FIC FIM6.00%
Absolute Vertex Advisory FIC Multimercado6.00%
Giant Sigma Advisory FIC Multimercado6.00%
Moat Capital Equity Hedge FIC FIM3.50%
Giant Zarathustra Advisory FIC FIM3.50%
Renda Variável2.50%
Selection Ações FIC FIA2.50%
Renda Variável Global7.50%
Trend ESG Global FIM7,50%

As sugestões são feitas com base nas análises e projeções dos analistas do grupo XP Inc., a qual a Rico pertence, mas não trazem garantia de rentabilidade. 

Se você está começando a investir, ou abaixo do percentual alvo ajustado, nossa recomendação é implementar novas posições ao longo de 3 a 5 meses, para ir pegando o preço médio dos ativos.

Além disso, os ativos e suas taxas estão sujeitos a disponibilidade, podendo um fundo estar fechado ou os ativos de renda fixa não estarem mais disponíveis no momento em que você for aplicar. 

Sugestões para outros perfis de investidor

Você pode também conhecer as sugestões para outros perfis de investidores. 

Sugestão de alocação para perfil moderado. 

Sugestão de alocação para perfil agressivo.