27/12/2022 19:18:37 • Atualizado em 27/12/2022 19:18:38
18 minuto(s) de leitura


Eletrobras: como investir na empresa com a privatização

Confira como a privatização da Eletrobras afeta as ações da empresa.


Compartilhar:
A imagem mostra 3 pessoas, sendo uma criança, reunidas em torno de uma mesa.

As ações Eletrobras já estão disponíveis no mercado há um tempo para quem deseja se tornar sócio da empresa. 

No entanto, essa é uma empresa estatal, ou seja, controlada pelo Estado.  

O que acontece é que a empresa vai passar por um processo de privatização e isso reflete na forma como suas ações são negociadas. 

A partir deste acontecimento, mais pessoas poderão investir na Eletrobras tanto pelas ações quanto por FMPs, que são os fundos mútuos de privatização

Isso facilita o processo de compra de ações por mais pessoas, inclusive utilizando recursos trabalhistas como o FGTS

Quer entender como tudo isso funciona?  

Abaixo nós vamos discutir diversos pontos sobre a privatização da Eletrobras para que você saiba quais as melhores decisões para se tornar sócio da companhia elétrica que hoje é a maior do Brasil. 

Veja o que vamos discutir neste conteúdo:  

  • Ações Eletrobras: como investir com a privatização?  
  • Privatização da Eletrobras 
  • Como investir nas ações da Eletrobras?  
  • O que é o Fundo Mútuo de Privatização (FMP)?  
  • Como funciona o Fundo Mútuo de Privatização (FMP)?  
  • Como utilizar o FGTS para investir nas ações da Eletrobras através de FMP?  
  • Dúvidas frequentes sobre a privatização da Eletrobras 

Ações Eletrobras: como investir com a privatização? 

 A imagem mostra duas pessoas em frente a seus notebooks, conversando uma com a outra.

Já é possível investir em ações da Eletrobras pela bolsa de valores.  

No entanto, a privatização prevê algumas medidas para potencializar a venda de ações da empresa, como o FMP, o fundo monetário de privatização que aumenta as possibilidades dos investidores. 

A privatização da Eletrobras busca o aumento da eficiência da empresa nos negócios, o que pode refletir em uma alta no preço das ações.  

Por isso, investir antes que isso aconteça pode ser uma forma de comprar ações da Eletrobras a preços mais baixos e ganhar com a sua valorização. 

Portanto, a privatização da Eletrobras é algo visto com muito otimismo no mercado, visto que a empresa é a maior do setor de geração de energia no país e tem alto potencial de lucros.  

Vamos entender um pouco mais sobre como funciona a privatização da Eletrobras logo abaixo. 

Privatização da Eletrobras 

A Eletrobras é uma empresa estatal de capital aberto. Isso significa que ela é controlada pelo Governo, mas divide todos os lucros com os investidores de suas ações.  

No entanto, todas as decisões são tomadas pelos diretores designados pelo estado e a mudança de governo pode refletir também nos resultados da empresa. 

Em maio de 2022, o TCU, Tribunal de contas da União aprovou o processo de privatização da Eletrobas 

Com a privatização da Eletrobras, a empresa passa a ser controlada por órgãos particulares.  

Isso significa que o governo não tem mais poder sobre a companhia que será vendida, ou seja, deixa de ser responsabilidade do Estado.  

A partir daí, as decisões são tomadas por um corpo de diretores particulares, ligados à instituição geralmente por meio da participação societária.  

Essa nova maneira de gerir a empresa não depende mais do estado e, por isso, a mudança do governo pouco interfere nos resultados da empresa ou especulações de preço de suas ações. 

Quando começa o processo de privatização, a empresa pode participar dos chamados FMPs, os fundos mútuos de privatização que são formas de investir na empresa, além da compra direta de ações. 

Para alguns investidores, as empresas privadas parecem mais interessantes justamente por não ter mais essa interferência de órgãos públicos.  

Se você é um deles, vai gostar de saber das formas de investir na Eletrobras. 

Como investir nas ações da Eletrobras?  

As ações Eletrobras são negociadas na bolsa de valores. Você pode criar uma conta em uma corretora e comprar ações para se tornar sócio da empresa.  

Elas podem ser compradas em lotes de 100 unidades ou em frações do lote, bastando que você adicione o “F” no código da ação. 

Para comprar uma ação da Eletrobras é muito simples.  

Depois de abrir a sua conta na corretora, você pode utilizar o home broker ou a ferramenta mais simples que a corretora oferece para digitar o código da ação da empresa, colocar quantas unidades você quiser e efetuar a transação. 

Os códigos das ações Eletrobras são ELET3, ELET5 e ELET6 e você precisa escolher de acordo com o tipo de participação que deseja ter na empresa.  

A negociação é feita assim que você paga o valor de mercado pela ação e, se colocar um valor mais baixo, vai ter que esperar (e torcer) para que a ação abaixe o preço para sua transação ser efetuada. 

Além das ações negociadas na bolsa, a privatização da Eletrobras também prevê a criação de um FMP, um fundo mútuo de privatização que é uma ótima forma de investimento em renda variável.  

Quer entender o que é FMP e como ele se relaciona com a Eletrobras? Nós te explicamos no próximo tópico! 

O que é o Fundo Mútuo de Privatização (FMP)?  

O Fundo Mútuo de Privatização é um fundo de investimentos feito para empresas estatais em processo de privatização.  

Seu diferencial é a permissão de utilização do FGTS para diversificação de investimentos sem que seja necessário sacá-lo. 

Este tipo de fundo dá a oportunidade de trabalhadores utilizarem o seu saldo de FGTS para investir em uma empresa em processo de privatização.  

Dessa forma, o FGTS passa a não ser um recurso garantido e é investido em ações da empresa com maiores potenciais de ganho. 

Portanto, essa é mais uma oportunidade que o trabalhador tem de investir o seu dinheiro do FGTS, além dos financiamentos de casa e possibilidade de saque por demissão.  

Neste caso, é um direito do trabalhador poder escolher investir o seu dinheiro em uma empresa que pode gerar maiores lucros pela valorização da ação. 

Vamos entender mais sobre como funciona o Fundo Mútuo de Privatização? Nós explicamos no próximo tópico. 

Como funciona o Fundo Mútuo de Privatização (FMP)? 

O Fundo Mútuo de Privatização é um fundo de investimentos como outros existentes.  

Sua diferença é que o dinheiro do investidor deve ser exclusivamente aplicado em empresas estatais em processo de privatização.  

Para o fundo acontecer, é preciso a definição de um gestor que vai definir a melhor estratégia de investimento do fundo.  

No entanto, pelo histórico dos FMPs já existentes, é comum que o fundo invista somente em uma empresa e, por isso, existem fundos diferentes para empresas diferentes. 

Com isso, o fundo mútuo de privatização é uma forma do investidor alocar seu dinheiro em uma aplicação de uma empresa estatal em processo de privatização.  

Como geralmente cada fundo investe em uma só, talvez seja interessante pensar na possibilidade de diversificar em outros investimentos e aproveitar essa oportunidade para potencializar os ganhos do FGTS no longo prazo.  

Não sabe ainda como é possível investir em ações Eletrobras pelo FMP?  

Nós te explicamos o processo logo abaixo! 

Como utilizar o FGTS para investir nas ações da Eletrobras através de FMP?  

O primeiro passo para utilizar o FGTS para investimento em ações da Eletrobras é garantir que você possui saldo na sua conta.  

Para isso, consulte o seu saldo do FGTS por meio dos aplicativos da Caixa Econômica Federal. 

No aplicativo do FGTS você também confere qual é o saldo disponível do seu FGTS para investimentos em Fundos Mútuos de Privatização.  

O passo a passo é muito simples:  

  • Acesse o aplicativo do FGTS ao baixar na sua loja de apps; 
  • Clique em “Consulta ao valor do saldo disponível para aplicação em FMP”;   
  • Clique em “Autorização à Instituição Administradora de FMP a consultar o saldo e solicitar reserva/débito de parte do saldo da sua conta FGTS para aplicação em Fundo Mútuo de Privatização”;   
  • Confira o saldo disponível para investimento 

Depois disso, basta que você escolha o FMP referente às ações da Eletrobras e faça a transação de aplicação para ter o seu dinheiro rendendo também em um investimento variável. 

Contudo, é importante que você entenda um pouco do processo de investimentos para saber se tomou a decisão certa.  

Veja algumas dúvidas que podem surgir sobre investir em ações da Eletrobras pelo FMP. 

Dúvidas frequentes sobre a privatização da Eletrobras 

Posso utilizar todo o meu saldo do FGTS para investir na Eletrobras?  

Não. O saldo disponível para investimentos em FMPs é de 50% do valor total do FGTS.  

Você só poderá investir a sua totalidade caso tenha o direito de sacar este dinheiro e fazer o investimento em uma corretora. 

Vale a pena investir em ações da Eletrobras pelo FMP?  

Por ser uma aplicação de renda variável, este é um investimento que não dá garantias, embora tenha potencial de ganhos muito maiores do que o rendimento do FGTS.  

Historicamente, FMPs de empresas como a Vale e a Petrobrás deram muito lucro aos seus investidores. 

Consigo sacar o dinheiro investido no FMP?  

Ao investir em um fundo mútuo de privatização, o trabalhador tem o direito de não querer mais a aplicação, mas neste caso, o dinheiro volta ao saldo do FGTS e pode ser sacado perante as condições determinadas pelo governo. 

Quem não tem FGTS pode investir em FMPs da Eletrobras?  

Sim, é possível fazer o investimento particular por meio de uma corretora de valores. O FMP não é exclusivo para pessoas com saldo do FGTS. 

Vale a pena investir na privatização da Eletrobras?  

A Eletrobras é a maior empresa de energia do país e boa parte da distribuição energética depende dela. 

Com relação a sua renda variável, é preciso analisar diversos fatores antes de decidir se vale a pena, como o seu perfil de investidor, objetivo financeiro e, neste caso, os desdobramentos da privatização.  

Dica: aproveite para pesquisar os resultados de empresas que passaram pelo processo de privatização para entender se tiveram consequências positivas ou negativas nos lucros e preço da ação. 

Conclusão

A imagem mostra duas pessoas olhando para um celular, sentadas em uma superfície, em referência à busca de informações sobre eletrobras.

As ações Eletrobrás já estão sendo negociadas na bolsa de valores. A partir da sua privatização, será possível investir na ação ELET3, ações ELET6 e outras também pelo fundo mútuo de privatização.  

Se você deseja diversificar seus investimentos utilizando também o saldo do FGTS, essa é uma boa hora de conhecer o FMP da Eletrobrás e de outras empresas.  

Aproveite para conhecer mais sobre os nossos conteúdos de investimento em renda variável para saber se este é o investimento certo para você e qual a melhor maneira de trilhar este caminho. 

Para ficar cada vez mais atualizado, conheça as aplicações disponíveis na Rico e não deixe de acompanhar os conteúdos do nosso blog para aprender quais as melhores aplicações para o seu perfil de investidor.  

Além disso, visite o canal da Rico no YouTube para ter as melhores dicas de investimento e de mercado e aprender quais as melhores opções de investimento para você alcançar a tão sonhada liberdade financeira.   

Comece a investir com a Rico   

Quer aproveitar esse momento para se tornar um investidor? Abra sua conta na Rico e confira as vantagens exclusivas de ser nosso cliente!      

Com a Rico, você pode investir em diversos produtos de renda fixa ou variável.  

Além disso, temos um time dedicado a te contar todas as novidades do mercado financeiro. Comece agora mesmo!