*texto originalmente publicado na Revista Vida Simples (17/01/2024)

Você sabia que o estresse financeiro afeta mais de 90% dos brasileiros? Neste texto vamos indicar caminhos para superar esse desafio e construir uma boa relação com o dinheiro.

O Brasil é conhecido por sua atmosfera descontraída e festiva, mas o que muitos não percebem é que somos considerados o país mais ansioso do mundo e o quinto mais depressivo pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Solidão, desigualdade social, salários modestos, falta de segurança pública e relações tóxicas são fatores que elevam os níveis de estresse. Dentro desse aspecto, existe o estresse financeiro.

As diversas causas do estresse financeiro

Estados de ansiedade persistentes não só causam sofrimento psicoemocional, mas também aumentam o risco de condições físicas sérias, como diabete, pressão alta, câncer, infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC). Janeiro, o mês dedicado à campanha Janeiro Branco no Brasil, destaca a importância de cuidar da saúde mental, especialmente prevenindo doenças como ansiedade e depressão.

Doenças mentais têm raízes em diversos fatores, incluindo genética, estresse, abuso de substâncias e traumas. Surpreendentemente, questões financeiras também desempenham um papel significativo.

Estresse financeiro pode afetar qualquer um

A ansiedade financeira aflige cerca de 77% da população brasileira, sendo as dívidas a principal fonte de estresse para 61% dos entrevistados. Questões como despesas inesperadas, desemprego, golpes financeiros, a necessidade de ajudar pessoas próximas e dificuldades em poupar ou investir adicionam camadas a esse complexo cenário.

Estresse e ansiedade financeira não são exclusivos de rendas mais baixas, afetando indivíduos em várias esferas sociais. Esses fenômenos surgem quando a pressão financeira sobrecarrega uma pessoa, resultando em preocupações persistentes que afetam não apenas as finanças, mas também a saúde mental e os relacionamentos interpessoais.

Como equilibrar as preocupações com as finanças

O estresse financeiro é um fenômeno complexo que demanda uma abordagem holística. Ao compreender suas causas e consequências, e promovendo a conscientização sobre a educação financeira, é possível não apenas enfrentar esses desafios, mas também construir um caminho sólido para o bem-estar financeiro e mental.

Por isso, lidar com o estresse e a ansiedade financeira requer estratégias eficazes. Seguem abaixo algumas estratégias que podem te ajudar a lidar com essas questões:

Conscientização emocional

Suas emoções têm um impacto consistente em sua vida financeira. Busque entender quais emoções estão acompanhando você. Para isso, listar preocupações é crucial para priorizar questões e evitar desânimo diante de obstáculos.

Busca por apoio profissional

Encontrar clareza ao falar sobre finanças pode ser crucial. Apesar de serem uma rede de apoio, amigos e família muitas das vezes não conseguem se aprofundar em nos ajudar. Por isso, buscar ajuda profissional, como um consultor financeiro, pode reduzir o estresse e auxiliar na resolução de problemas financeiros.

Revisão do orçamento e planejamento financeiro

Compreender os fluxos de dinheiro, identificar gastos e elaborar um orçamento detalhado oferece clareza para tomar decisões financeiras fundamentadas.

Investimento em educação financeira

Aprender sobre finanças pessoais, investimentos e gestão de dívidas é um investimento valioso para tomar decisões informadas e promover bem-estar financeiro. Dedique tempo a isso.

Prática de técnicas de gerenciamento de estresse

Enfrentar o estresse financeiro envolve o gerenciamento de questões financeiras e emoções associadas. Praticar técnicas de relaxamento, como meditação ou exercícios físicos, pode reduzir o estresse decorrente de desequilíbrios financeiros.

Elaborado por:

Júlia Aquino, CNPI 3607

1) Este relatório de análise foi elaborado pela Rico Investimentos, que é uma marca da XP Investimentos CCTVM S.A. (“Rico”) de acordo com todas as exigências previstas na Resolução CVM nº 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A Rico não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório.

2) Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor.

3) O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à Rico e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Rico.

4) O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Resolução CVM nº 20/2021 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório.

5) Os analistas da Rico estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários do Grupo XP.

6) Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor.

7) A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes.

8) Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Rico. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Rico.

9) SAC. 0800 774 0402. A Ouvidoria da Rico tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800-722-3730.

10) O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Rico: https://www.rico.com.vc/custos. 11) A Rico se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. 

12) A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. 

13) Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor.