• A sua identidade é o seu maior diferencial, se empodere dela.
  • Organização pessoal é o principal elemento para atingir objetivos, e a financeira faz parte disso.
  • Alguns pratos vão cair, e “tá tudo bem”.
  • Essas foram três de cinco lições que aprendi com mulheres incríveis.
  • Vem descobrir todas aqui, e se torne também uma “Mina que Investe”!

Você sabia que, aqui na Rico, mulheres representam 30% do total dos nossos clientes, apesar de se aproximarem da maioria em muitas das nossas plataformas de conteúdo – como Youtube, Instagram e Riconnect?

Essa realidade apenas reforça o que muitas pesquisas feitas globalmente indicam: as mulheres sentem necessidade de saber muito mais sobre um assunto para “se dar ao luxo” de dar o primeiro passo. Contamos muito mais sobre esse tema pra você aqui!

Mas, se você (investidor ou investidora) é um desses que procura entender tudo antes do primeiro passo, fico contente em dizer que você está no lugar certo: a Riconnect. Por aqui, te contamos tudo que você precisa saber sobre o mundo financeiro para investir com consciência, e fazer seu dinheiro trabalhar pra você.

E, pensando nisso, trago aqui cinco ensinamentos que aprendi com mulheres incríveis, ao ter a honra de ser host do evento “Minas que Investem”.

1) Toda mulher pode ser o que você quiser, basta acreditar em si mesma

Isso pode parecer besteira, mas a verdade é que a maioria esmagadora de mulheres reporta ter passado por barreiras e desafios para atingir seus objetivos, incluindo a falta de credibilidade que dão a si mesmas.

“Eu não achava que chegaria tão longe” e “Comecei despretensiosamente, sem acreditar que chegaria longe” foram frases ouvidas repetidas vezes durante o evento, que contou com a presença de oito mulheres extremamente bem-sucedidas em suas áreas.

E o mais importante? Áreas diferentes, muitas das quais até hoje ouvimos que “mulheres não têm perfil ou habilidades requeridas”, como tecnologia e varejo.

2) Corra atrás das suas ideias sem ter vergonha delas

A única forma de realizar seus objetivos é correndo atrás deles. Essa máxima pode parecer óbvia, até você incluir o detalhe de que grande parte das mulheres tem vergonha das próprias ideias.

“Isso não faz sentido, quem irá comprar esse produto ou assistir a esse conteúdo?” foram perguntas que muitas das mulheres presentes se fizeram ao começar seus negócios – fosse esse no ramo de beleza, educação ou literatura.

Assim, para muitas, o primeiro passo dessa jornada foi acreditar que sua ideia não era “maluca”, começando então a desenhar os primeiros passos para tirá-la do papel. Algumas começaram gravando vídeos onde a luz falhava dia sim, dia também. Outras entenderam que seu lugar de fala e defesa de minorias a qual pertencia não tinha espaço apenas em sua vida, e sim pertencia a tantas outras mulheres que valorizariam sua voz.

Correr atrás e não ter vergonha do que passou para chegar até lá – uma das lições desse dia que certamente carregarei comigo.

3) A sua identidade é o seu maior diferencial, empodere-se dele

Descobrir o diagnóstico de uma doença gravíssima, e não compartilhar com seus seguidores? Isso certamente passou pela cabeça de uma das convidadas do evento. Porém, ao pensar por alguns minutos sobre a questão, entendeu que sua jornada e sua identidade apenas a fortaleciam.

Empoderar-se da sua identidade pessoal e religiosa acabou se tornando uma das armas mais poderosas de outra de nossas convidadas presente no evento. Seus conteúdos sobre educação e maternidade, que começaram com a identidade da criadora em segundo plano, ganharam uma verdadeira vida nova quando ela decidiu “aparecer na frente das telas”.

Sua identidade e sua jornada fazem parte de quem você é. Empodere-se, e fortaleça-se dela!

4) Organização pessoal é o principal elemento para atingir objetivos, e a financeira faz parte disso

Confesso que fiquei surpresa quando algumas das convidadas indicavam “não entender muito dessas questões de dinheiro e mercados”.

Isso porque o que ouvia era totalmente o oposto. Essas mulheres valorizaram o dinheiro (a presença e ausência dele) desde crianças; entendiam além do valor do dinheiro, sabendo desde o começo a importância da autonomia financeira para ter liberdade de fazer o que quer, e ir atrás dos sonhos; ensinavam as valiosas lições aos filhos, que querem ver crescendo em um mundo onde a mulher tem o mesmo espaço que o homem, inclusive no dinheiro.

Assim, ficou claro para mim, que muitas dessas mulheres não tinham ideia do caminho que haviam construído até então em termos de gestão, organização e autonomia financeira.

O mundo financeiro está muito mais presenta na vida de todas nós do que podemos imaginar, ou nos damos espaço de aceitar que chegamos lá. Afinal, não é (só) sobre entender o que acontece com o Banco Central dos Estados Unidos a nossa taxa de juros no Brasil. É sobre planejar, fazer acontecer e construir o seu.

Os investimentos são apenas um passo nessa jornada. Ter consciência disso já coloca muito além do que nos damos a credibilidade de ver.

5) Alguns pratos vão cair, e “tá tudo bem”

Mãe, empreendedora, professora, líder, aluna, influencer. Como todas essas mulheres conseguem tudo ao mesmo tempo?

Para uma das convidadas presentes, a verdade é que precisamos aceitar que “alguns pratos vão cair, e tá tudo bem”. Isso porque um elemento certamente comum a todas era o sentimento de culpa, por não ser a mãe mais presente que gostaria, ou não se dedicar o quanto gostaria sempre ao trabalho. Ou quem sabe, não manter o corpo perfeito que gostaria 100% do tempo.

Ao ver aquelas mulheres inspiradoras ao meu lado, não conseguia entender como isso as afetava assim como a mim. “Não é possível”, pensava. Mas a verdade é que mulheres se cobram muito, e o tempo todo.

Assim, a última e valiosa lição que levo do evento “Minas que Investem” é entender que, de fato, não somos super-heroínas. E nem devemos tentar ser! Afinal, a que horas poderiam super-heroínas dedicar seu tempo para cuidar do seu dinheiro?

Por isso, se você também for uma mulher-maravilha no trabalho, na família, com os amigos, e no lar, por que não deixar a capa de lado por algumas horas, e passar a ser uma mulher real no mundo dos investimentos?

Elaborado por:

Paula Zogbi, CNPI 2545

1) Este relatório de análise foi elaborado pela Rico Investimentos, que é uma marca da XP Investimentos CCTVM S.A. (“Rico”) de acordo com todas as exigências previstas na Resolução CVM nº 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A Rico não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório.

2) Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor.

3) O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à Rico e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Rico.

4) O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Resolução CVM nº 20/2021 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório.

5) Os analistas da Rico estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários do Grupo XP.

6) Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor.

7) A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes.

8) Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Rico. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Rico.

9) SAC. 0800 774 0402. A Ouvidoria da Rico tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800-722-3730.

10) O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Rico: https://www.rico.com.vc/custos. 11) A Rico se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. 

12) A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. 

13) Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor.