março 22, 2019

A Importância de Ser Agnóstico na Bolsa

Até outro dia, sempre que um grande investidor saísse de uma empresa via venda de ações (seja direto na bolsa ou via oferta de ações), a tendência era que a ação derretesse na bolsa pelo que chamamos de “overhang” (ou excesso de liquidez).

Isso porque a quantidade de vendedores seria muito maior do que a quantidade de compradores (se tem mais oferta do que demanda, preço cai – seja na bolsa, seja no mercado de bananas).

Mas recentemente tivemos VÁRIOS casos de empresas que foram alvo de venda e as ações SUBIRAM ao invés de CAÍREM.

Foi o caso das ofertas de ações em Localiza (RENT3) e Locamerica/Unidas (LCAM3) e, agora, com nosso querido BANCO INTER (BIDI4). Segundo fato relevante divulgado ontem (20/03), a Squadra (uma das gestoras que ancorou o IPO do banco) vendeu um caminhão de ações nos últimos dias, reduzindo de 11% para 9,18% sua participação.

A notícia normalmente poderia explicar a queda da ação, mas no caso do Banco Inter o papel ‘explodiu’ nos últimos dias, acumulando ganhos de mais de 20% nos últimos 10 pregões!

Acompanhamos de perto pois ele foi a nossa primeira recomendação no relatório $mall Cap$, que lançamos no começo de março através da InfoMoney e que trará uma recomendação de small cap por mês aos assinantes (importante: aos que tiverem interesse em assinar o relatório, temos menos de 15 vagas disponíveis.

Quem quiser assinar e receber as próximas recomendações, clique aqui e com requintes de pressa)

Por que isso está acontecendo? No caso do BIDI4, a explicação que faz mais sentido é aumento de liquidez.

Como a própria matéria do Brazil Journal diz: “as vendas elevaram a liquidez do papel de R$ 18 milhões/dia para R$ 80 milhões ontem [terça] e R$ 72 milhões hoje [quarta]. Em vez de pesar no preço, a oferta atraiu compradores dispostos a pagar pra cima”.

Esse aumento de liquidez, ao invés de assustar os compradores, na verdade os atraiu ainda mais.

No mercado financeiro, a melhor (e talvez a única) regra que você deve seguir é: SEJA AGNÓSTICO.

Por que Você Precisa ser Agnóstico no Mercado Financeiro

Não existe nada no mercado que você deva acreditar cegamente, toda estratégia, cenário, situação ou contexto que parece que vai funcionar para sempre pode mudar de uma hora para outra.

Não tenha “crenças” no mercado, esteja sempre aberto a descobrir coisas novas.

Até o final de 2015, dizia que jamais investiria numa estatal pensando em longo prazo.

A partir de 2016, tudo mudou e hoje Banco do Brasil e Petrobras são mais de 20% da participação da Carteira Rico Premium.

Independentemente da sua religião, quando abrir o seu home broker, seja agnóstico.

Thiago_SalomaoThiago Salomão

É Analista da Rico, com foco em Análise Fundamentalista, criador da carteira Rico Premium. Possui CNPI Pleno, é formado em Administração de Empresas pelo Mackenzie, com MBA em Mercados Financeiros pela Fipecafi e pela UBS/BM&FBovespa.