• Em momentos de estresse no mercado, alguns ativos costumam servir como verdadeiro porto seguro para investidores.
  • Quando falamos de um cenário de alta de preços, “ativos reais” se destacam: commodities, criptoativos, ativos imobiliários.
  • Esses ativos podem não só proteger sua carteira da inflação, como também trazer boa rentabilidade.
  • Conheça o novo fundo eTrend Ativos Reais disponível na plataforma da Rico!

O ano novo chegou e o investidor da bolsa brasileira, na média, não saiu muito satisfeito com 2021. O índice Ibovespa encerrou o ano com uma queda próxima a 12%, refletindo um ano de preocupações diversas. Temores em relação à pandemia, riscos fiscais e incertezas políticas se aliaram a uma verdadeira onda inflacionária que invadiu o mundo, inclusive por aqui.

Mas isso não significa que o investidor que gosta da renda variável (e sabe da sua importância em uma carteira diversificada de longo prazo) não teve boas opções de investimento.

Aqui, vale lembrar que nem só de ações é feita a Renda Variável.

Geralmente, quando pensamos em investimentos com maior retorno ao longo do tempo, pensamos em renda variável. Nessa classe de ativos, um dos primeiros ativos que vem à mente são as ações. Mas existem muitos outros tipos de investimento que podem ajudar o investidor a ter uma rentabilidade maior do que a inflação no longo prazo, sem que ele precise recorrer apenas à renda fixa.

Entre eles, estão os chamados “Ativos Reais”.

Ativo real? Que bicho é esse?

Os ativos reais, como sugere o nome, são aqueles ligados à economia real. Como por exemplo, imóveis, metais preciosos, commodities agrícolas, e muitos outros.

Esses ativos possuem um valor intrínseco. Ou seja, possuem um valor por si só, independente de ciclos econômico-financeiros.

Explicando em miúdos… Sabe aquele seu “tio do terreno” que você encontrou no Natal, que sempre fala que o melhor investimento é comprar terras e imóveis (e só investe nisso)? Pois bem, imóveis são um bom exemplo de ativo real. O valor percebido por aquele bem é bastante resiliente a crises, pois entende-se se tratar de um bem cujo valor pode ser extraído ao longo do tempo de diferentes maneiras, sempre garantido por ser um bem “necessário” — com uma construção, ou com o aluguel.

Apesar de seu tio não estar 100% correto, já que não está respeitando o fundamento da diversificação, ele tem razão em considerar o investimento imobiliário um bom negócio a longo prazo.

Assim, da mesma forma que os imóveis do seu tio, ativos reais geralmente não seguem as movimentações cíclicas dos mercados mais tradicionais, como o de ações e o de renda fixa.

Portanto, acabam se tornando verdadeiros “portos seguros” em momentos de estresse, especialmente como o atual – em que ativos monetários (como o próprio papel moeda e os títulos públicos) se tornam cada vez menos valorizados. Afinal, o que é a inflação, se não o excesso de dinheiro em circulação?

Pensando nisso, a Rico trouxe uma novidade para a plataforma que é o eTrend Ativos Reais.

Por meio dele, você consegue investir de forma diversificada numa carteira composta por ativos reais, que tem como objetivo proteger seus investimentos da inflação e potencializar ganhos (acima da inflação) no longo prazo.

Quais investimentos estão dentro desse fundo?

O eTrend Ativos Reais investe em 4 tipos de ativos reais:

-Imobiliários: fundos imobiliários (REITs ou FIIs), com propriedades comerciais, residenciais, industriais, centros logísticos, escritórios e outros;

-Infraestrutura: transportes — estradas, aeroportos, ferrovias — e empresas de utilidade pública (saneamento, eletricidade e telecomunicação);

Recursos minerais: metais (ouro, prata, cobre), commodities energéticas (petróleo, carvão, gás), commodities agrícolas (soja, milho, cana), e outros;

-Criptomoedas: ativos escassos com a proposta de reserva de valor, como o Bitcoin por exemplo.

Uma das vantagens desse tipo de aplicação é a baixa correlação com o Ibovespa. Isso significa que, geralmente, esse fundo não deve depender da alta do índice Ibovespa para ir bem ou ser tão afetado por uma queda na bolsa. Isso ocorre justamente por conta baixa correlação da performance de ativos reais com o mercado tradicional.

Diferente dos fundos da família Trend, que buscam seguir um índice (como o fundo “Trend Bovespa”, que busca replicar a rentabilidade do índice Ibovespa), os fundos eTrend buscam superar seu benchmark, utilizando uma metodologia transparente de investimentos.

Metodologia 25% | 25% | 25% | 25%

Se você é um seguidor do Primo Rico deve ter pensado nele nesse momento, não é?! Mas não é exatamente a mesma coisa.

O Fundo eTrend Ativos Reais, divide sua carteira de investimentos em 4 tipos de ativos reais. Porém, ao invés de dividir pelo volume financeiro de cada um deles na carteira, eles são divididos de acordo com o cálculo de risco de seus ativos.

1/4 do risco do fundo é destinado a cada uma das 4 classes de ativos do fundo

Assim, ativos que trazem maior risco possuem posições menores, enquanto aqueles com menor risco podem ocupar mais volume financeiro na carteira. Desta forma, cada um dos 4 tipos de ativos reais devem representar 25% do risco da carteira.

Exemplo da distribuição da carteira ajustada pelo risco dos ativos no fundo eTrend Ativos Reais

E isso dá certo?

Para a criação do fundo foi feito um backtest, que nada mais é que um cálculo de qual seria o desempenho passado de um fundo com essa estratégia nos últimos 20 anos.

O resultado desse estudo foi que o fundo eTrend Ativos Reais teria maior retorno que outros ativos utilizados em momentos de estresse como proteção em relação a inflação, com menor risco (volatilidade) entre esses pares.

Assim, para você que é um leitor ávido dos conteúdos da Riconnect, uma alternativa para proteger seus investimentos da inflação e buscar retornos acima da alta de preços deve certamente ser vista com atenção. Afinal, você sabe que a inflação seguirá sendo um tema central no mundo da economia e dos investimentos em 2022. Detalhamos nossa visão sobre a alta de preços durante a pandemia no Brasil e no mundo, e o que esperar esse ano aqui.

Então, antes de colocar entre suas promessas de ano novo a redução dos seus investimentos em renda variável, vale dar uma olhada nesse novo fundo em nossa plataforma. Assim como os outros fundos da Familia Trend, o fundo eTrend Ativos Reais está disponível para aplicação a partir de R$100,00 na plataforma da Rico.

Elaborado por:

Paula Zogbi, CNPI 2545

1) Este relatório de análise foi elaborado pela Rico Investimentos, que é uma marca da XP Investimentos CCTVM S.A. (“Rico”) de acordo com todas as exigências previstas na Resolução CVM nº 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A Rico não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório.

2) Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor.

3) O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à Rico e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Rico.

4) O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Resolução CVM nº 20/2021 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório.

5) Os analistas da Rico estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários do Grupo XP.

6) Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor.

7) A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes.

8) Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da Rico. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da Rico.

9) SAC. 0800 774 0402. A Ouvidoria da Rico tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800-722-3730.

10) O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Rico: https://www.rico.com.vc/custos. 11) A Rico se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. 

12) A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. 

13) Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor.