outubro 28, 2019

Tesouro Direto Selic: Como funciona + Simulador  

Você sabia que o Tesouro Direto Selic é um dos investimentos mais recomendados para novos investidores?

O Tesouro Direto Selic é um título de dívida emitido pelo governo. Isso significa que ao investir nele, você estará emprestando dinheiro ao poder público.

Essa é a principal função do Tesouro Direto para o emissor.

Para o investidor que busca aplicar com a flexibilidade de poder resgatar o dinheiro quando quiser, sem perda de lucro, o Tesouro Direto tende a ser uma boa opção.

Existem diversos tipos de títulos que são emitidos pelo Tesouro Nacional a fim de captar recursos no mercado. Eles podem ter uma natureza de curto prazo, como o Tesouro Selic, ou de médio e longo prazo, como esses a seguir:

  • Tesouro IPCA+
  • Tesouro Prefixado
  • Tesouro IPCA+ com juros semestrais
  • Tesouro Prefixado com juros semestrais

A diferença entre um investimento com juros semestrais e um comum é que o primeiro paga um cupom de juros a cada seis meses com toda a sua rentabilidade acumulada.

O Tesouro Direto sem esse cupom paga todo o rendimento apenas no vencimento, tornando-o mais rentável devida à ação dos juros compostos (juros sobre juros).

Em setembro de 2019, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), houve um corte no valor da taxa Selic, que alcançou o seu menor patamar histórico desde a sua criação, ficando em 5,5% ao ano.

Apesar dessa decisão afetar o rendimento dos títulos da renda fixa, essa ainda pode ser uma boa opção para os investidores iniciantes, conservadores.

Além disso, esse título é muito indicado para a criação e manutenção de uma reserva de emergência.

Muitos perguntam como funciona o Tesouro Direto Selic e por que ele é tão indicado para investir. Neste texto, vamos explicar:

  • O que é Tesouro Selic
  • Como funciona o Tesouro Direto Selic
  • Quando vale a pena a aplicação no Tesouro Direto Selic?
  • Escolhendo o Melhor Título do Tesouro Direto
  • Tesouro Selic ou CDB
  • Como investir em Tesouro Selic
  • Simulador Tesouro Selic
  • Tesouro Selic – Resgate Antecipado

Se você tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário no final da página.


O Que é Tesouro Direto Selic?

Uma árvore nascendo em formato de seta de gráfico para cima em referência ao tesouro direto selic
O Tesouro Direto Selic é um investimento de perfil conservador.

O Tesouro Selic é um título emitido pelo Tesouro Nacional atrelado à Taxa Selic, a taxa básica de juros, que atualmente vale 5,5% ao ano (outubro de 2019).

O funcionamento do Tesouro Selic é parecido com o do CDB (Certificado de Depósito Bancário). Ou seja, você empresta dinheiro para o governo e recebe juros por isso.

Assim como acontece nos bancos, o Tesouro Direto também possui muitas versões.

As maiores atratividades neste tipo de investimento são a segurança e a lucratividade relativa. Os títulos são capazes de trazer um ganho 7 vezes maior que a poupança, como aconteceu em Abril de 2018.

Como investidor, você já deve saber a relação entre risco e rendimento, certo? Quanto mais arriscado uma aplicação for, maior é a possibilidade de retorno. Assim, quanto mais conservador, menor será a sua rentabilidade.

No caso do Tesouro Selic, o risco de perda é praticamente inexistente, independente do tempo de aplicação e data de resgate.

A taxa Selic é o preço do dinheiro no mercado. Em outras palavras, é o valor mínimo de retorno no mercado financeiro.

Mesmo assim, alguns bancos vendem títulos de capitalização e fundos de investimentos com rendimento histórico muito inferior à taxa Selic. Muito cuidado! Recomendamos que você não invista com o seu banco. 

Existem ainda outros fatores que também podem diminuir a rentabilidade de um investimento. Um deles é a liquidez. Ou seja, a agilidade na qual um investimento pode ser transformado em dinheiro no bolso.

A tendência é que quanto mais liquidez um investimento possuir, menor será a sua rentabilidade. No entanto, você terá a certeza de que o seu dinheiro estará disponível se necessário. O que é perfeito para criar uma reserva de emergência, por exemplo.

Nesse sentido, ninguém vence o Tesouro Selic. É por isso que ele é considerado uma das melhores opções para sair da poupança.

Clique e abra sua conta na Rico

A caderneta da poupança pode ter um rendimento real negativo (descontada a inflação), como já aconteceu algumas vezes, e ainda conta com o aniversário da poupança, que diminui a liquidez do investimento.

Enquanto em outros investimentos é fundamental esperar até a data de vencimento para ter uma boa rentabilidade de acordo com o tempo de aplicação, no Tesouro Selic você pode sacar sempre que quiser, sem perdas.

Em investimentos de longo prazo, é com o passar dos anos que milhares podem se tornar dezenas de milhares (graças aos juros compostos). Assim, ter paciência é um fundamento importantíssimo para ver o seu patrimônio crescer.

Mas antes de aplicar a longo prazo em investimentos mais arriscados e rentáveis, todo investidor precisa ter o básico. O seu primeiro passo nessa jornada deve ser construir uma boa reserva de emergência, para evitar surpresas.

E qual é o investimento seguro e mais rentável que a poupança que permite saques em até 24 horas sem perda de rendimento? Isso mesmo: o Tesouro Selic.

Como Funciona o Investimento em Tesouro Selic

Um notebook, uma caneta e papéis sobre uma mesa em referência ao tesouro direto selic
O Tesouro Direto Selic deve ser uma das primeiras aplicações de todo investidor.

Todos os investimentos possuem alguns fatores que devem ser considerados para avaliar o seu ‘fit’ na carteira de investimentos, no planejamento financeiro e seus objetivos. Esses fatores são:

  • Aplicação mínima
  • Período de aplicação
  • Liquidez do investimento (quanto tempo o dinheiro demora para cair na conta depois de solicitado o resgate)
  • Quais os custos envolvidos? (taxas e tributos)
  • Rentabilidade
  • Riscos envolvidos

Esta análise é muito importante para investir com consciência. Muitas pessoas aplicam sem ter em mente um objetivo. Dessa forma, é muito difícil ter uma direção definida de investimento.

O Tesouro Selic funciona de forma simples. Você empresta dinheiro para recebê-lo de volta com juros. Como ele é emitido pela instituição mais segura do país, que é o Governo Federal, e ainda possui uma ótima liquidez, o seu rendimento sempre será próximo de 100% do CDI.

Características do Tesouro Direto Selic

Todas essas características tornam o Tesouro Selic perfeito para uma função muito importante no planejamento financeiro: a construção de uma reserva de emergência.

Além disso, ele pode ser considerado um investimento:

  • Simples
  • Previsível
  • Prático
  • Lucrativo
  • Versátil
  • Seguro

São ótimos benefícios, principalmente se você está começando a investir agora e não quer errar na primeira escolha.

Imagine que todo o seu dinheiro está aplicado (isso é o recomendado a se fazer), mas de uma hora para outra a sua família precisa dele porque um parente ficou doente e não possui cobertura do plano de saúde. Ou qualquer outra situação de emergência.

Se o dinheiro estiver preso a períodos de aplicação muito longos, você perderá a sua rentabilidade por sacar antes da hora.

Com o Tesouro Selic, você pode utilizar o dinheiro a qualquer momento, garantindo a saúde e segurança da sua família. Assim, o indicado é que a sua reserva de emergência seja equivalente a seis vezes o seu custo familiar.

Por exemplo, se o seu custo é R$ 5.000 ao mês, a sua reserva deve ter ao menos R$ 30.000 aplicados em um título com alta liquidez e que corra menos risco de render abaixo da inflação.

O Tesouro Direto Selic, como você viu no decorrer deste artigo, apresenta ótimas opções para este cenário.

Clique e baixe o ebook sobre reserva de emergência

Quando Vale a Pena Investir em Tesouro Direto Selic

Investir no Tesouro Direto Selic sempre vale a pena, já que ele é indexado pela taxa básica de juros. Além disso, sua emissão é proveniente do emissor mais seguro do mercado: o governo. Assim, é muito difícil que ele quebre, dando ‘calote’ em seus investidores.

Além disso, essa é um ótima opção para montar a sua reserva de emergência, principalmente por conta sua liquidez diária e segurança. Dessa forma, você saca o seu dinheiro no momento que desejar.

Outro ponto positivo do Tesouro Selic é a sua baixa volatilidade. Dessa forma, o sobe e desce dos preços quase não afeta o rendimento desse investimento.

Assim, se você possui o perfil mais conservador e está em busca de segurança e liquidez, esse título é uma ótima opção.

Como Fica Seu Investimento no Tesouro Selic com a Taxa Selic a 5,5%

Com a queda da Taxa Selic para 5,5% ao ano, o rendimento do Tesouro Selic também diminui.

No entanto, apesar de render menos, sua rentabilidade tende a ser positiva e não acarretar perdas aos investidores.

Quando comparada com o patamar de 6,0%, mantida até a metade de setembro de 2019, a Selic apresentou uma queda de 0,5%, fazendo com que os seus investimentos em Tesouro Selic apresentassem essa mesma redução em relação a sua rentabilidade.

Com a inflação estimada em 3,43% ao ano, a rentabilidade real desse título fica em torno de 2,07%, sem o desconto do imposto de renda e da taxa de custódia de 0,25% administrada pela B3.

Simulador do Tesouro Selic – Calcule seu Rendimento

Uma mulher em um escritório mexendo em uma calculadora enquanto segura papéis em referência ao tesouro direto selic
Ao se tornar um investidor da Rico, você terá acesso a uma plataforma completa de simulações.

O mais importante no Tesouro Selic não é a sua rentabilidade, mas sim a sua estabilidade. O rendimento nunca será negativo. Trata-se de um porto seguro na sua carteira de investimentos. 

Além disso, você pode resgatar com agilidade em casos de emergência. A sua taxa de crescimento pode não tão atrativa quanto outros investimentos mais arriscados, mas com certeza é superior à poupança e outros produtos bancários como títulos de capitalização e etc.

Outro ponto a ser levando em consideração: de nada adianta ter uma taxa Selic alta, elevando o rendimento de todos os produtos de renda fixa, se a inflação está acompanhando essa taxa.

Você precisa de uma rentabilidade real, ou seja, levando em conta a inflação.

Atualmente, a taxa Selic vale 5,5% e a inflação acumulada até agosto de 2019 (12 meses) é de 3,43%.

Exemplos de simulação com Tesouro Selic em 2019

Você pode simular quanto o Tesouro Direto Selic vai render utilizando o nosso simulador. Dessa forma, você vai conseguir investir com muito mais tranquilidade.

Veja uma simulação do Tesouro Selic 2025 feita em outubro de 2019 para uma aplicação de R$ 5 mil.

Se você deixar o seu dinheiro aplicado até a data de vencimento, o seu rendimento líquido (com todas as taxas e tributos já descontados) será de R$ 1.336,88.

Exemplos de simulação com Tesouro Selic em 2019 1
Exemplos de simulação com Tesouro Selic em 2019 2
(Dados de 17/10/2019)

Vamos avaliar as principais características do Tesouro Selic para esse exemplo.

Investimento mínimo: R$ 103,59

Rentabilidade líquida: 4,69% a.a.

Prazo de Validade: 1/3/2025 (mas pode ser sacado antes sem perdas)

Risco: quase nulo

Retorno total: R$ 1.336,88

Clique e abra sua conta na Rico

Quanto rende o Tesouro Selic em um ano?

O Tesouro Selic disponível hoje (outubro de 2019) vence no dia 01/03/2025. No entanto, você pode optar por deixar o seu dinheiro investido nele até a sua data de vencimento ou por um período menor.

Por exemplo: Se o seu objetivo for permanecer com esse título público por um ano, investindo um montante de R$ 5 mil, dentro de 365 dias você resgatará R$ 5.232,20, já com as taxas descontadas.

Claro, levando em consideração que a Selic não suba nem caia.

Observe na comparação com outros produtos de renda fixa que o Tesouro Selic oferece a melhor rentabilidade nesse cenário, mesmo com o resgate antecipado.

tesouro direto selic simulação detalhada
(Dados de 17/10/2019)

Escolhendo o Melhor Título do Tesouro Direto

O rendimento dos títulos do Tesouro Direto pode se dar de duas maneiras: pós-fixada ou prefixada (e ainda uma combinação das duas).

O sistema de títulos públicos disponibiliza as seguintes modalidades de para serem negociadas:

  • Prefixados (títulos com juros fixos anual)
  • Tesouro Selic (título que leva o nome da taxa básica de juros da economia)
  • Tesouro IPCA (considera a união do juro fixo anual mais a variação da inflação)

Tesouro Prefixado

O Tesouro Prefixado é ideal para quem busca um rendimento fixo. Assim, a sua rentabilidade é definida no momento da compra. Dessa forma, você fica sabendo quanto precisa investir para resgatar a quantia desejada no futuro.

Ele é um título bastante conservador, sendo indicado para o médio e longo prazo, principalmente quando há a expectativa de queda da taxa de juros básica e da inflação.

Tesouro Selic

Já o Tesouro Direto Selic é indicado para quem quer ter a liberdade de resgatar o seu investimento a qualquer momento. Por ser um título de alta liquidez, você não perde dinheiro quando precisa fazer um resgate antecipado

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA é vinculado à inflação, sendo uma boa opção para quem quer conservar o poder de compra do seu dinheiro com o passar dos anos e possíveis crises econômicas. Então, ele é um título pós-fixado, fazendo com que a sua rentabilidade varie de acordo com o índice. 

O Tesouro IPCA é dividido em duas categorias:

  • IPCA+
  • IPCA+ com juros semestrais

A diferença entre eles é que um paga a rentabilidade total na data de vencimento e o outro dilui o pagamento do rendimento em parcelas semestrais. 

Esse título público é ideal para quem tem objetivos de longo prazo e para quem busca proteger o seu dinheiro da inflação ao longo do tempo. 

Dica para começar a investir

Está começando a investir e tem dúvidas sobre o que fazer? Temos uma dica: o Rico+ Primeiros Passos. Ele é um novo modelo de aprendizado que te ajuda a evoluir de pouquinho em pouquinho.

Aprenda a investir com jogos, trilhas de conteúdos e vídeos de maneira simples e fácil! 

Saiba mais sobre o Rico+ Primeiros Passos.

Dúvida entre Tesouro Selic ou IPCA?

Tudo vai depender dos seus objetivos e do seu perfil de investidor. Mas no geral, levando em consideração que o índice da taxa Selic sofreu uma queda, ficando em 5,5%, as melhores opções de investimentos de títulos públicos hoje são as de juros prefixados e IPCA.

Porém, se o seu objetivo é montar uma reserva de emergência, por exemplo, o Tesouro Direto Selic é a opção mais indicada.

De qualquer forma, independentemente da opção escolhida por você, o Tesouro Direto é uma excelente opção de renda fixa,  principalmente se você quiser e puder diversificar os seus investimentos.

Ainda tem dúvidas sobre qual o melhor título do Tesouro para você? Confira o vídeo abaixo:


Como Investir no Tesouro Direto Selic Passo a Passo

É muito simples e prático aprender como investir no Tesouro Direto Selic com a Rico. Você pode até fazer esse passo a passo pelo seu celular.

#1. Crie uma conta na Rico 

Para começar a investir no Tesouro Direto você precisa criar uma conta na Rico. 

A abertura de uma conta na Rico é 100% gratuita e online. Tudo o que você precisa fazer é inserir alguns dados pessoais, como CPF, data de nascimento, usuário para login e senha. Viu como é simples?

#2. Transfira dinheiro para sua conta

O próximo passo é transferir o valor que você quer investir da sua conta do banco para a sua conta na Rico através de um TED de mesma titularidade.

O Tesouro Direto Selic pode ser comprado a partir de R$ 102,51 (dados de agosto de 2019). 

#3. Defina um valor com recorrência ou não e compre

Depois disso, basta selecionar o valor, a recorrência ou não, e inserir sua assinatura eletrônica para comprar o seu título público e pronto!

Agora você é oficialmente um investidor. Dessa forma você está garantindo o seu futuro, além de estar cada dia mais perto de alcançar os seus objetivos financeiros.


Taxas e Custos do Tesouro Direto Selic

Os títulos públicos não são isentos de taxas e tributos, o que inclui o Tesouro Selic. Porém, esses custos são baixos quando você leva em consideração a rentabilidade desse título.

Então, é importante que você conheça todos os possíveis custos que estarão ligados ao seu investimento no momento da compra.

Incidência de IOF

O IOF (Impostos sobre Operações Financeiras) é cobrado em um único cenário, que pode ser evitado: se você resgatar o título no primeiro mês de aplicação.

Então, mesmo que o Tesouro Selic possua liquidez diária, evite o saque nos primeiros 30 dias.

No entanto, se você resgatar a sua aplicação dentro desse período, a alíquota cobrada será regressiva. Ou seja, ela diminui de acordo com os dias em que o dinheiro permaneceu aplicado.

Veja a relação exata de acordo com o número de dias na tabela a seguir:

Nº DiasAlíquotaNº DiasAlíquotaNº DiasAlíquota
196%1163%2130%
293%1260%2226%
390%1356%2323%
486%1453%2420%
583%1550%2516%
680%1646%2613%
776%1743%2710%
873%1840%286%
970%1936%29 3%
1066%2033%300%

Então, você pode driblar esse custo que acabaria diminuindo o seu rendimento final. Tudo o que você precisa fazer é se programar para não precisar do valor investido nos próximos 30 dias após a sua aplicação.

Imposto de Renda

Já o Imposto de Renda, funciona da mesma forma do que em diversos outros ativos da renda fixa.

Então, quanto mais tempo o seu dinheiro ficar aplicado, menor será a “mordida do leão”.

Além disso, você só é obrigado a realizar a declaração de ajuste anual (IRPF) se estiver enquadrado em um dos seguintes casos:

  • Tenha rendimento de investimentos superior a R$ 40.000 no ano de referência
  • Possua um valor total superior a R$ 300.000 em bens ou direitos (incluindo aplicações) 

A alíquota do IR também é regressiva e é cobrada conforme a tabela a seguir:

AlíquotaTempo de aplicação
22,5%Até 180 dias
20%Até 360 dias
17,5%Até 720 dias
15%Acima de 720 dias

Conclusão

Um homem sentado no sofá mexe no notebook na mesa à sua frente em referência ao tesouro direto selic
Aprendeu tudo sobre o Tesouro Selic?

Como visto, o Tesouro Direto Selic tende a ser um ótimo investimento. A cada dia, mais e mais pessoas saem da poupança e começam a aplicar de verdade com o Tesouro Selic.

Esse investimento garante o mínimo de retorno da renda fixa e é muito seguro. A sua principal característica é a liquidez diária, que proporciona o saque antecipado do dinheiro sem perder rentabilidade.

Continue aprendendo sobre renda fixa com esses outros artigos do blog:

Dessa forma, o Tesouro Selic é indicado para formar um colchão de liquidez para emergência. Mesmo assim, tudo o que você puder programar em sua vida financeira, programe.

Emergências são apenas situações que não poderiam ser previstas. Assim, para todo o resto, você poderá possuir outras aplicações com maior rentabilidade e prazos.

Por exemplo, o pagamento de IPVA não é uma emergência, e sim uma conta anual que pode ser planejada.

Existem muitos ativos com rendimento superior a 100% do CDI e prazo de validade de 1 ano, por exemplo.

Este é o caso do CDBLCLCI e LCADebênturesCRI e CRACOEfundos de investimentos e outros ativo. Por contarem com menor liquidez e/ou segurança, podem pagar uma taxa de juros superior ao Tesouro Selic. Isso acontece mesmo a curto prazo, em um período de 3 a 6 meses.

Lembre-se de que quanto mais seguro for o lucro e mais liquidez um investimento tiver, a tendência é que menor seja a sua rentabilidade. Assim, é muito importante ter uma carteira de investimentos que contemple o curto, médio e longo prazo.

Essa carteira deve ser construída com aplicações de qualidade e preferencialmente utilizando-se da diversificação de investimentos para garantir uma boa rentabilidade enquanto os riscos são mantidos sob controle.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário logo abaixo com elogios ou sugestões!

Obrigado por ler até aqui!

Clique e abra sua conta na rico