Gol de CDB da Rico 250% do CDI: a cada fase que o Brasil avança na competição, você pode investir mais R$ 500 no produto

17/10/2022 15:12:37 • Atualizado em 17/10/2022 15:13:20
17 minuto(s) de leitura


Qual o seu perfil de investidor? Descubra qual é o seu!

Conservador, moderado ou agressivo? Saiba qual seu perfil de investidor em 2019, entenda as diferenças e invista com mais rentabilidade e segurança.


Compartilhar:
Mulher em frente a uma mesa, com cédulas de dinheiro nas mãos e alguns objetos de escritório a sua frente, procurando entender qual o seu perfil de investidora.

O perfil de investidor é o resultado de uma análise das suas características em relação a investimentos, e principalmente ao risco envolvido. 

Simples de ser descoberto através de algumas questões, o perfil de investidor serve para indicar a carteira de investimentos mais adequada para você. 

E você sabia que ser fiel ao seu perfil de investidor (ou suitability) pode fazer a diferença na hora de ter sucesso em suas aplicações financeiras? 

A forma como você lida com os acontecimentos, por exemplo, é o que determina o seu perfil de investidor. É algo ligado à sua personalidade e objetivos.  

Quer entender tudo sobre perfil de investidor e quais as melhores aplicações para você? Então siga com a gente! 

O que é perfil de investidor e quais são eles?

Existem três categorias de perfil de investidor. São elas:  

  • Conservador 
  • Moderado 
  • Arrojado 

Cada categoria é definida, de modo geral, de acordo com sua tolerância a riscos, liquidez e rentabilidade.  

Você será avaliado pela sua situação financeira (renda e patrimônio), idade, conhecimento do mercado e, claro, seus objetivos

Veja as principais características de cada perfil de investidor

Conservador

Esse tipo de investidor prioriza a segurança em suas aplicações. Em sua diversificação de investimentos, o conservador deve manter a maior parte da sua carteira de investimentos em produtos de baixo risco, como por exemplo: tesouro direto, CDB, LC, LCI/LCA e fundos de Renda Fixa. 

E se você quiser adicionar um pouco de renda fixa privada, você pode aplicar em debêntures também. 

A característica principal do perfil conservador é preservar o seu patrimônio. 

Normalmente ele opta por investimentos com baixa oscilação e risco. 

Ou seja, está disposto a abrir mão de rentabilidade em troca de mais segurança e liquidez. 

Logo, produtos de renda fixa, com rentabilidade previsível, são mais adequados para esse tipo de perfil.  

Porém, nada o impede de arriscar em alguns produtos de renda variável, por exemplo, os fundos imobiliários que permitem investimentos no setor imobiliário com pouco dinheiro, promovem diversificação na carteira de investimentos, são isentos de imposto de renda e possuem liquidez.  

Clique aqui e acesse a Carteira Recomendada de Fundos Imobiliários da Rico. É 100% digital e gratuita. 

Moderado

Esse investidor está entre os conservadores e os arrojados. Ele gosta de segurança, mas já possui tolerância a riscos de longo prazo. Assim, opta por investimentos mais arriscados dependendo da situação. 

Esse perfil de investidor possui mais conhecimento do mercado e um patrimônio em crescimento, que já é grande o suficiente para diversificar em diferentes prazos. 

Assim, o perfil moderado procura equilibrar rentabilidade versus risco. 

É um investidor que tem a segurança da Renda Fixa, mas também aplica parte de seus recursos em Renda Variável, buscando retornos acima da média do mercado. 

Embora concentre o maior volume de seus investimentos em investimentos conservadores, admite perdas até certo limite

Assim, é um dos tipos de investidores com expectativa de retorno em médio e longo prazo.  

Arrojado

Esse perfil de investidor entende que as perdas a curto prazo são momentâneas e necessárias para aproveitar lucros mais altos a longo prazo. 

Mesmo sendo arrojado, é muito recomendado que o investidor tenha uma reserva de emergência para situações do cotidiano que demandem dinheiro a curto prazo. 

Essa parcela da sua carteira é mais conservadora para garantir o resgate rápido em cerca de 24 horas, sem perda de rentabilidade

O perfil de investidor arrojado possui conhecimento de mercado, busca sempre boa rentabilidade e aceita exposições medianas ao risco em busca de ganhos maiores que a inflação a médio e longo prazo, mesmo com riscos. 

Assume posições mais concentradas com estratégias a fim de alcançar um maior retorno. 

É o investidor que prefere aplicar seus recursos em ações de empresas que oferecem maior probabilidade de retorno para aumentar seu patrimônio. 

Possui preparo técnico e emocional para acompanhar as oscilações do mercado, pois busca acumular ganhos altos que superam a média. 

Dicas para investir de acordo com o seu perfil de investidor

Mulher em frente a uma mesa, com cédulas de dinheiro nas mãos e alguns objetos de escritório a sua frente, procurando entender qual o seu perfil de investidora.

O investidor de sucesso é aquele que é consciente e conhece a si mesmo. Logo, você precisa aplicar em investimentos com riscos adequados ao seu perfil.  

Esse conhecimento deve começar com um bom planejamento financeiro pessoal. Enquanto você não tiver metas de investimentos de acordo com seus objetivos, dificilmente você conseguirá realizar seus sonhos. 

Acompanhe algumas dicas para evitar investimentos fora do seu perfil de investidor

01. Você está realmente disposto a arriscar?

Você deve se fazer essa pergunta quando estiver cogitando realizar alguma aplicação financeira. 

Por exemplo, se você se identifica com um perfil mais conservador e aplica em um ativo de renda variável com alto risco, sem planejamento e uma gestão de risco bem estruturada, irá acabar se expondo a um risco que talvez não consiga comportar.  

Um fundo multimercado de investimento mínimo de R$ 10.000, por exemplo, pode ter oscilações negativas de 5% em um mês, então você pode aplicar, mas consciente de que poderia perder cerca de R$ 500 em um mês. 

Se o resgate do investimento acontecer em 1 ano, mesmo que esse tipo de situação (de oscilações negativas) aconteça apenas uma vez a cada 12 meses, você precisa estar preparado para perder um pouco de dinheiro em um mês, para poder ganhar nos outros 11 meses. 

Portanto, não vale a pena arriscar um dinheiro que você precisará no curto prazo em investimentos desse tipo, por exemplo.  

 02. Não concentre os seus investimentos

Concentrar todos os seus investimentos em uma mesma categoria de risco não é recomendado para nenhum perfil de investidor.  

Logo, é válido estudar as categorias de cada mercado e analisar as oportunidades de acordo com o seu perfil, para montar uma carteira de investimento segura e lucrativa que corresponda aos seus objetivos de curto, médio e longo prazo.  

Outra dica importante para montar a carteira ideal para o seu perfil de investidor é utilizar simuladores de investimentos para descobrir o rendimento das aplicações que podem compor sua carteira.  

Clique aqui e acesse o Simulador de Investimentos da Rico. Descubra o rendimento das suas aplicações e invista do seu jeito. É 100% digital e gratuito. 

 03. Invista com frequência

Defina um valor, de acordo com o seu planejamento financeiro, para investir todos os meses.   

Ter um aporte recorrente é uma estratégia essencial para impulsionar seu patrimônio ao longo do tempo e construí-lo de modo consciente. Assim será possível alcançar seus objetivos com o aumento do seu capital.  

Descubra se o seu perfil é conservador, moderado ou arrojado <h2>  

Por mais que você faça diversos testes e análises, o seu perfil de investidor será definido no dia a dia. E ele pode mudar ao longo do tempo. 

Se você acha que é super arrojado, por exemplo, e leva um prejuízo de 50%, pode ser que você descubra que talvez não é tão suscetível ao risco como imaginava.  

E o inverso é proporcional, se você acredita ser muito conservador, mas se incomoda com seu dinheiro crescendo lentamente, pode ser que você seja mais moderado do que imagina. 

Assim, a sua carteira de investimentos deve ser gerida conforme você evolui o seu autoconhecimento como investidor.  

Definindo seu perfil de investidor na Rico

Ao criar a sua conta na Rico, você encontrará algumas perguntas para conhecer o seu perfil de investidor.  

Como o seu perfil pode mudar ao longo do tempo é possível rever as suas respostas e responder essas perguntas de novo quantas vezes você quiser.  

Basta clicar abaixo do seu nome, no canto inferior direito e clicar novamente em “Perfil de Investidor”. 

Imagem capturada da tela de acesso dos usuários da Rico. Perfil de investidor

Recomendamos responder a essas questões de tempos em tempos. Assim, você pode acompanhar sua evolução de perfil de investidor. 

Com a Rico você investe de um jeito simples, rápido e descomplicado. Abra sua conta e tenha acesso a todas as vantagens de ser Rico. 

Conheça os melhores tipos de investimentos para cada tipo de investidor

Mulher segurando e olhando para algumas cédulas de dinheiro, procurando entender qual o seu perfil de investidora.

Tão importante quanto conhecer a si mesmo é conhecer os produtos financeiros. 

Assim como os investidores, cada investimento possui um comportamento. Estude como o investimento se comporta sob diferentes aspectos e situações. Conhecimento é o maior aliado do investidor – dos iniciantes aos mais experientes! 

Renda variável

A renda variável não oferece ao investidor uma rentabilidade garantida, previamente conhecida, mas pode dar bons retornos a longo prazo e, por não oferecer uma garantia de retorno ao investimento, este é um investimento considerado de alto risco. 

O retorno do investimento dependerá de uma série de fatores, tais como desempenho da empresa, comportamento da economia brasileira e internacional e etc.  

Por esse motivo, é aconselhável que o investidor não dependa do recurso aplicado para gastos imediatos. São eles:  

Renda Fixa

As operações de Renda Fixa são aquelas cuja remuneração é fixa, podendo acontecer de duas formas: prefixada e pós-fixada

A prefixada pode ser dimensionada no momento da aplicação, e na pós-fixada a rentabilidade dependerá do indexador no vencimento. 

Os títulos de Renda Fixa são públicos ou privados. 

Possivelmente você já ouviu falar deles: 

Como vimos, é importante descobrir qual é o seu perfil de investidor para então traçar um plano de investimentos de acordo com a sua tolerância ao risco. 

O mercado possui muitas opções de aplicações e nem todas são recomendadas para você. 

Tudo depende do seu perfil de investidor, carteira de investimentos e objetivos. 

O perfil de investidor não deve ser um limitador que impede a sua escolha de novos investimentos, mas sim um guia que o levará a diversificar no momento certo. 

Além disso, o seu perfil pode mudar com o seu crescimento e do seu patrimônio. As pessoas e seus objetivos mudam

Então, é importante sempre entender quem você é e aonde quer chegar daqui a 1 ano, 2 anos e assim por diante. 

Abra sua conta, acesse nosso simulador e descubra a rentabilidade dos seus investimentos.